Faça sua própria Stylus para telas capacitivas

Telas capacitivas estão cada vez mais presentes no nosso cotidiano nos celulares e aparelhos com telas sensíveis ao toque. (iPod Touch, iPhone, iPad, Nokia X6, Samsung Omnia HD, HTC Magic, LG Arena, Motorola Milestone, etc.)

Se, por um lado, a tela é bastante sensível (mais do que as telas resistivas, que precisam de alguma pressão para funcionar), ela precisa da resistência da nossa pele para funcionar (uma salsicha também faz o mesmo trabalho de forma decente).

O grande problema é que, às vezes, não queremos ficar apertando a tela com o dedo (seja porque está frio e estamos de luvas, seja porque estamos desenhando). Às vezes precisamos mesmo usar uma “caneta”.

Neste caso, ou se compra uma caneta especial, ou se faz a sua própria stylus com essas esponjas condutoras que vêm junto com chips (muito comuns e baratas – às vezes de graça – em lojas de eletrônicos).

Vejam abaixo como fazer a sua stylus.

Como usar o iPhone no frio?

De que as telas capacitivas são muito mais sensíveis e precisas do que as resistivas, todo mundo já sabe. O que não se sabia era como se usar um telefone com tela capacitiva no inverno (agora no hemisfério norte), quando se está de luvas.

Na Coréia, um fabricante de salsichas tipo lanche experimentou um “boom” de vendas do seu produto neste inverno. O porquê de tal aumento nas vendas do petisco? Ele é quase do tamanho de um dedo e conduz eletricidade como a nossa pele. Com isso, os proprietários de iPhone podem usar seus telefones no frio, mesmo estando de luvas.

Vejam abaixo a foto tirada no trem/metrô da Coréia onde dois sujeitos estão usando seus telefones com uma salsicha.

Foto de um usuário da comunidade Bike Hugger. Reparem na delicadeza do dedo mínimo do sujeito que está ao fundo 🙂

Agora imagina como a tela não fica engordurada depois de usar o telefone. E quando o sujeito coloca o aparelho no rosto para falar deve ficar cheirando a salsicha, com certeza. 😀