O último lugar do mundo onde se vende iPhone 4? O país de otários

Acertou se você disse que é no mesmo país em que se cobra R$ 4000 por um Playstation 4.

Veja a figura abaixo, são todos os lugares do mundo onde tem Apple Store eCommerce. Neles há um ou outro em que não saiu ainda o iPhone 5S, o Vietnã, por exemplo. Mas lá, os Vietnamitas não engolem o iPhone 4, e por isso a Apple vende apenas o iPhone 4S. Já aqui em Banânia, nós aceitamos ser tapeados e as empresas deitam e rolam.

Mas você pode ficar tranquilo. Dia 05/10/2014 o povo, que sai para quebrar lojas em 2013, já esqueceu destas coisas…

Captura de Tela 2013-11-12 às 10.23.44

 

P.S. – Na China, acabei de descobrir, também estão vendendo o iPhone 4, junto com o 4S, 5S e 5C. No entanto só o Brasil segue com o 4, 4S e 5.

Tremei EUA: Dilma disse que vai fazer um e-mail nacional

Há coisas que seriam cômicas nao fossem muito trágicas.

A péssima gestao do dinheiro público protagonizada nos últimos 11 anos é tao grotesca que em alguns casos chega a provocar o riso. Leio agora no G1: “Contra espionagem, governo quer sistema de e-mail nacional” e o subtítulo: “Ministério das Comunicações fez o pedido para os Correios. Ideia surgiu depois de primeiras denúncias sobre espionagem dos EUA.”

Depois de trazer escravos cubanos nos navios negreiros dos genocidas Fidel e Raul a presidente agora decide que precisa de um e-mail nacional, algo como um FulecoMail, e decide encomendar esta tarefa a quem? Aos Correios.

Para quem tem a memória fraca foi nos Correios que rolou boa parte do Mensalão e já conhecemos a famosa eficiencia dos Correios. Tendo isto em conta imagino o Obama rolando no chão de rir ao pensar no Frankstein Brasuca que será este correio eletrônico.

Outra pergunta que fica é: porque o estado brasileiro precisa ser babá? Não tem empresas neste país? Nenhuma delas tem capacidade de fazer um sistema de e-mail caso isto seja necessário?

dilma facepalm

O portal da Anatel: piada macabra

Já comentamos aqui como é triste a situação das Telecomunicações no Brasil. Este post pretende ser uma continuação daquele.

Desesperado com minha operadora resolvi recorrer a Anatel. Entrei no site deles, descobri que não funciona no Chrome, só no IE, e lá fiz minha reclamação que vai abaixo:

Como não encontrei como fazer reclamação via CNPJ aqui vai a reclamação em meu nome.

Nós últimos 30 dias houve mais de 80 horas de interrupção do serviço Speedy Fibra Optica. Num dia foram 48 horas de interrupção e no outro perto de 40 horas de interrupção.

Segundo técnicos da Telefônica o problema era conhecido pela operadora que estava enviando técnicos ao local apenas para “ganhar tempo”.

O serviço de Internet é fundamental para a execução do nosso trabalho e nos gerou enormes prejuízos. A operadora se recusou a fornecer cópia das gravações, descumprindo a lei dos Call Centers, e não respeitou os prazos fornecidos por ela mesma para o reparo (prazos que já eram abusivos).

Nós solicitamos:

1) Que a operadora reembolse o cliente das horas paradas.
2) Que a operadora forneça cópias de TODAS as chamadas ao call center feitas por nós nos últimos 45 dias.
3) Que a operadora envie um relatório do problema e da razão da demora na solução.

O que a ANATEL fala para você:

Microsoft OLE DB Provider for SQL Server error ‘80040e14’

Incorrect syntax near ‘,’.

/FOCUS/CLASSES/cAtendimento.asp, line 556

Nem reclamar podemos mais. Vai dizer que não somos um país de tolos?

Atualização (09/04/2012): O problema continua. Eu acabei de notar que tinha postado algo semelhante no Zeletron há um ano atrás: http://www.zeletron.com.br/2011/05/e-agora-quem-podera-me-defender.html

Situação das Telecomunicações no Brasil – Parte 1 de Infinito

Já não é a primeira nem segunda vez que comentamos da situação dramática em que se encontram as telecomunicações no Brasil. São já quase 10 anos de destruição do sistema de telecomunicações brasileiro e nesta série vamos mostrar os danos que este tipo de atraso causam.

Desde ontem a noite, a empresa em que trabalho está com o sistema de fibra ótica provido pela Telefonica inoperante. Hoje o dia inteiro ficou desligado após prometerem resolver o problema até as 14:00 e depois até as 15:31. Agora a previsão é resolver até amanhã às 14:00. Considerando que temos uma conexão de fibra ótica com 30 mbps de download e 5 mbps de upload e que a empresa é de tecnologia não é difícil entender que esta situação é inaceitável.

Pior que isso é o desgaste com call centers demenciados que a título de consolo dizem: “não se preocupe senhor que a Telefonica não irá cobrar este dia que ficou parado“. Ou então: “o senhor precisa entender que o problema não é na sua fibra, é na central“.

A culpa é da Telefonica? Ela deve ser processada por nós pedindo reparação de danos e lucro cessante? Sim, é a resposta para ambas as questões. A culpa é da Telefonica e ela será processada por nós (se a justiça no Brasil funcionasse …) no entanto é preciso notar que há outros responsáveis que dificilmente vão sofrer algo.

E quem são estes responsáveis? Além dos óbvios que moram ou já moraram no palácio do Planalto nos últimos 10 anos, há a impotência (ou talvez fosse melhor dizer incompetencia) da Anatel. Dizer que a Anatel é fraca é algo que superestima a agência, uma breve olhada no curriculum dos cinco conselheiros faz termos vontade de sentar no meio fio e chorar.

Também é digno de nota o silêncio sepulcral da imprensa brasileira que talvez tenha já morrido e esqueceu de nos avisar.

Continuará.

Telecomica, Telefonica

Em tempo: o lucro líquido da Telefonica Brasil até o terceiro trimestre de 2011 era 28% maior que o de 2010 que por sua vez era 9% maior que 2009.

O Mercado Livre acabou! Para mim.

Sou usuário do Mercado Livre há 12 anos. Eu era usuário de um site de leilões que foi comprado em 2000 pelo Mercado Livre. Há vários meses não consigo vender nada por lá por um simples motivo. Eles não têm mais controle nenhum sobre a veracidade dos dados de contato dos usuários.

Você coloca um anúncio e logo em seguida vai um gaiato com perfil falso e compra o produto. Você tenta contato com o sujeito, que nunca responde. Geralmente com e-mails do Hotmail e do Bol e telefones falsos. Dois dias depois você qualifica negativamente o infeliz e depois de N dias eles devolvem só o valor da comissão. NÃO DEVOLVEM O VALOR DO ANÚNCIO!

Além de ficarem com o dinheiro do anúncio, você perde a venda. Nas últimas três vendas que tentei no Mercado Livre, estava quase para fechar com uma pessoa que estava ativamente perguntando, e outro safado foi lá e fechou a compra com dados falsos.

E acho até que não adianta tentar contato com o Mercado Livre. Eles fazem de tudo para você não falar com eles. Até chegar no formulário de contato, você tem que percorrer um longo caminho de FAQs e perguntas. Aí você preenche o formulário, depois de passar por várias etapas e ele dá erro e não manda a mensagem. Aí você insiste, repete tudo de novo e dá o mesmo erro. Aí você tenta com uma mensagem idiota de 3 ou 4 palavras e o formulário funciona.

Vamos ver se respondem o e-mail. Estou aguardando um retorno deles, mas tenho minhas dúvidas se vão me responder. E se responderem, tenho mais dúvidas ainda se vão devolver os valores gastos em anúncios perdidos por falta de controle deles.

É uma pena um site do porte do Mercado Livre ficar entregue a gangues de usuários falsos que saem comprando seus produtos e atrapalhando suas vendas.

Novo golpe – Software OEM para roubar dados de cartão

As pessoas que não topam pirataria, gastam um bom dinheiro comprando software e geralmente estão atrás de soluções alternativas gratuitas, open source ou mais baratas, para os softwares que precisam usar.

Há soluções open source e gratuitas que atendem bem, mas há outros programas que não têm alternativas nem baratas.

Outro dia me deparei com a propaganda de um site chamado OEM Buzz que dizia vender licenças originais de softwares das mais diversas empresas com um preço muito mais baixo. Resolvi dar uma olhada. O site é extremamente bem-feito e dizia que vendia mais barato porque não enviava mídia (CD ou DVD), caixa e manuais em papel. Só a licença do software e o link para baixá-lo. Além disso, exibiam os logos de “certificados” da Microsoft, Adobe, Autodesk e cia.

Dizem por aí que quando a esmola é demais o pobre desconfia. Por isso já cheguei no site com um pé atrás. No site, programas como Flash CS5 estavam custando a metade do preço ou menos.

Resolvi colocar um software baratinho no carrinho de compras e ir para a página de pagamento, para ver se aceitavam PayPal. Se aceitassem ia comprar para testar.

Ao entrar na página de compras, primeiro não aceitavam Pay Pal. Segundo, o mais grave, a página não era HTTPS.

Fui verificar o Whois do site e vi que ele estava hospedado na Ucrânia e o dono é um Russo de São Petersburgo. Além disso, ao contrário do que o site dizia, ele não estava no ar há mais de cinco anos. Havia sido criado em janeiro de 2011.

Parei por aí e fui pesquisar se havia alguém falando mal ou bem desse site e descobri que agora existe uma febre de sites de “Software OEM” que existem pura e simplesmente para roubar dados de cartão de crédito dos incautos.

Quase todos esses usam o mesmo sistema e curiosamente usam sempre o mesmo telefone de atendimento ao cliente e suporte: +1 800 705 7180, apesar de estarem registrados em nome de pessoas diferentes.

Deixo abaixo alguns exemplos desses sites safados que roubam dados de cartão:

http://oembuzz.com/
http://buyoemsoftwareonline.com/
http://oemsoftworld.net/
http://softbuycatalog.com/
http://softdealonline.com/
http://softsupreme.com/
http://softwarecomputer.org/
http://software-customers.com/

Na dúvida, na hora de comprar um software comercial, a dica é comprá-lo diretamente do fabricante ou numa loja de varejo conhecida. Não existe mágica de preço… A menos que o software esteja numa dessas compras coletivas, não há como ele estar mais barato que no site do fabricante.