Atualizando as miniaturas de sites no Chrome

Há alguns dias meu Chrome parou de atualizar as miniaturas dos sites na aba “Nova guia”. Isso não seria nenhum problema se o site que travou tivesse uma imagem agradável.

O problema é que o site de notícias que ficou com a miniatura congelada estava sempre mostrando uma manchete desagradável.

Hoje tive uns minutos para procurar a solução no Google e encontrei a seguinte dica:

Feche o Chrome, entre na pasta de configurações do Chrome e apague o arquivo “Thumbnails”. Não se preocupe, o Chrome vai recarregar as miniaturas na próxima vez que você visitar os sites que estão na aba “Nova guia”.

A pasta de configurações do Chrome varia no Windows XP e no Vista/Windows 7.

No Windows 7 ou Vista, o endereço é o seguinte:
%LOCALAPPDATA%\Google\Chrome\User Data\Default

No Windows XP o endereço é:
“%USERPROFILE%\Local Settings\Application Data\Google\Chrome\User Data\Default”
(Não se esqueça das aspas porque há espaços no caminho da pasta)

Depois basta abrir o Chrome e visitar os N sites da sua aba “Nova guia” para que eles sejam atualizados.

Fonte: Forum Google Chrome

Chromey Calculator extensão do Chrome

Uma das coisas legais do Chrome na sua versão atual é o suporte a extensões. Algumas são muito úteis: Chromed Bird, Google Mail Checker Plus, Google Reader Notifier (by Google). Hoje no entanto queria falar de uma que me chamou a atenção de maneira especial: Chromey Calculator.

A Chromey Calculator é uma calculadora para o Chrome que faz as contas no Google ou no WolframAlpha, isto quer dizer que você pode fazer contas desde 2+2 até integrais e derivadas.

Veja o exemplo que fiz:

É uma extensão que eu recomendo e que deve ajudar muito alunos de engenharia. Lembrei, nostalgicamente, dos meus tempos de engenharia, quando não tinha dinheiro para comprar uma calculadora científica e possuindo somente uma calculadora igual a da foto abaixo, fazia senos e cossenos com séries de Taylor usando somente as 4 operações…

Lançamento do Google Chrome OS

Há pouco terminou o evento de lançamento do Google Chrome OS, o sistema operacional do Google, que deverá ser totalmente baseado na Web.

google-chrome-logo

Acho que todos sabem o que é o Chrome, aquele browser rápido que o Google lançou há um ano atrás e que vem tendo um aumento de popularidade grande ultimamente, justamente pelo fato de ser rápido.

Pois então, a idéia do Chrome OS é a mesma, entregar ao usuário um sistema rápido e que funcione.

A arquitetura do Chrome OS será rápida o suficiente para que, ao ligar o computador você já tenha em poucos segundos a tela do browser, o próprio Chrome, para rodar aplicativos Web.

ChromeOSspeed
Comparação dos S.O. tradicionais com o Chrome OS

O conceito é simples. Atualmente, de 80 a 90% do nosso tempo no computador estamos usando a Internet, quer seja pelo browser ou pelo e-mail ou outro programa que acesse conteúdo na rede. O Chrome OS assume que tudo que precisaremos, inclusive nossos arquivos, estará na “nuvem” da internet, e partindo desse princípio você só precisará de um browser para executar as aplicações Web.

O vídeo abaixo ilustra exatamente esse conceito de uma forma muito bem-humorada. Está em inglês, infelizmente.

O foco do Google Chrome OS será, nesse primeiro momento, o mercado de Netbooks. Geralmente as pessoas que compram um netbook estão interessadas basicamente em acessar seus e-mails, ler notícias, abrir um documento, fazer uma apresentação e, quando muito, fazer alguma compra pela Internet.

Para essas pessoas o Chrome OS se propõe a ser a melhor e mais rápida solução. Com apenas 7 segundos você liga o computador e já está pronto para colocar sua senha e sair usando o sistema.

Esse foi o tempo que demorou para dar boot no Asus Eee da demonstração do Google Chrome OS que segue abaixo:

Para conseguir essa proeza, eles tiveram que fazer uma BIOS especial para o Asus Eee, conforme explicado na figura anterior. Depois de completar o boot, o sistema pede um login e senha e vai direto para o browser, o Chrome.

O sistema será totalmente open source (código aberto) e qualquer um poderá fazer download do Chrome OS ou modificar o código para atender suas necessidades.

O Chrome OS deverá estar disponível para o público no meio de 2010.

Fiquei com uma curiosidade a respeito do Chrome OS:

Como será que eles vão se virar com os outros desenvolvedores de browsers? Em outras palavras, como eles resolveriam o problema, por exemplo, de um processo semelhante ao que a Mozilla moveu contra a Microsoft pelo fato de a Microsoft embarcar o Internet Explorer no Windows. Já que o Chrome OS é um sistema baseado exclusivamente no Chrome, não tem sentido, por exemplo instalar um Firefox ou outro browser qualquer (nem tem como).

Fonte: TechCrunch