TK85, meu amigo Yossef e uma sugestão

Mil desculpas por fazer outro post com evocações de memórias pessoais, mas acontece que os comentários que escreveram no post de ontem sobre o Hello World fizeram com que eu resgatasse um monte de lembranças de infância e o motivo deste post é para contar uma história e fazer uma sugestão.

Em 1985, então um pirralho de 10 anos, ganhamos o nosso primeiro computador. Era um TK85 da Microdigital como o da foto deste post, ele possuia um processador Z80, 16kB de RAM, 10kB de ROM, Display de 22×32 em modo texto e 64×44 em modo gráfico e pesava menos de meio quilo. A maior parte dos celulares atuais tem mais de 1.000.000 mais poder de processamento e armazenamento que o pequeno TK85 mas para nós aquilo era muito legal.

Uns anos depois conheci um cara chamado Yossef (que aliás tem histórias inacreditáveis, especialmente com o motorista que ele tinha em seus anos de DJ), ficamos muito amigos e sei que ele vem montando um museu de computadores. Quase consegui para ele um DEC PDP-11 que o InCor estava descartando. Sei que ele tem no Rio de Janeiro atualmente uma bela coleção de peças desta época inesquecível da computação e vou tentar que ele escreva um post para o Zeletron contando a história das raridades que há no acervo dele.

Agora a sugestão: cada um dos leitores do Zeletron tem a sua história com relação a tecnologia. Quer tenham começado com um LINC ou com um Core i7 esta história pode ser interessante. Escrevam sua história nos comentários deste post, vamos escolher as melhores e caso os autores concordem podemos transformá-las num post para a leitura de fim de semana para a próxima semana. Que tal?

Aguardo vossos comentários.

3 comentários em “TK85, meu amigo Yossef e uma sugestão”