Maploader ou Dumb2Go???

Depois de esvaziar o meu cartão de 1.0 GB e esperar mais 4h, consegui finalmente baixar o arquivo de mapas das cidades brasileiras.

Realmente a minha previsão era certa, porque os “gênios” da Gate5 ao invés de criar um arquivo só de 25.6Mbytes, e indexar esse arquivo internamente, fizeram o favor de fazer 18.809 arquivos sendo 99% deles menor do que 3 Kbytes!!!

Como a FAT usa unidades de 16Kbytes para guardar os arquivos, cada um desses arquivos que tem em média 2Kbytes ocupa oito ou nove vezes o tamanho necessário para eles. Daí vem esse estouro de memória e por isso eu não consegui baixar os mapas com 200Mbytes livres no cartão.

Com isso não é nenhuma surpresa a imagem abaixo:

Esse post e o outro sobre o Maploader eram para elogiar o Smart2Go, mas infelizmente não tenho como elogiar tanto, já que ele ocupou 30% do meu SD Card e me fez perder um tempo enorme.

Fora esse problema, o arquivo realmente serve para você economizar no GPRS, já que você não vai precisar ficar acessando a Internet da sua operadora via GPRS para baixar os mapas sob demanda.

Bom, acho que já chega de falar sobre o Smart2Go. Ou será “Dumb2Go”???

13 comentários em “Maploader ou Dumb2Go???”