Tim, Claro e Oi proibidas de vender chips – Faltou a Vivo …

Já falamos inúmeras vezes da situação das Telecomunicações no Brasil. Inclusive fornecemos um método de resolver o problema.

Hoje 3 operadoras foram suspensas. Faltou a Vivo, que anda um lixo também. Mas no fundo a pergunta que não quer calar é: não seriam os verdadeiros culpados a Anatel e os habitantes do Palácio do Planalto desde 2003?

Quer uma sugestão? Inspire-se aqui:Um Dia de Fúria

Situação das Telecomunicações no Brasil – Parte 2 de Infinito

Vamos analisar hoje a questão de preço e velocidade de comunicação nas operadoras móveis. Não falo muito a fundo na qualidade porque dá um tratado de incompetencia:

ATT (EUA) – 3GB – R$ 54,00 – Velocidade 10 Mbps
Movistar (Espanha) – 2GB – R$ 61,00 – Velocidade 7,2 Mbps
Vodafone (UK) – 5GB – R$ 46,00 – Velocidade 7,2 Mbps
TIM (Itália) – 5GB – R$ 31,40 – Velocidade 7,2 Mbps

Agora vejamos o caso do Brasil

Preço médio 2GB – R$ 89,00 – Velocidade 1 Mbps (Tim, Vivo, Claro, Oi)

Se o problema fosse apenas ser mais caro tudo bem. Só que não é assim que a banda toca por aqui. Aqui você compra um plano de dados e concorre ao direito de acessar.

Veja as telas abaixo capturadas em vários, dias, horários e locais da maior cidade do Brasil

E aí? Vai reclamar para Anatel?

Situação das Telecomunicações no Brasil – Parte 1 de Infinito

Já não é a primeira nem segunda vez que comentamos da situação dramática em que se encontram as telecomunicações no Brasil. São já quase 10 anos de destruição do sistema de telecomunicações brasileiro e nesta série vamos mostrar os danos que este tipo de atraso causam.

Desde ontem a noite, a empresa em que trabalho está com o sistema de fibra ótica provido pela Telefonica inoperante. Hoje o dia inteiro ficou desligado após prometerem resolver o problema até as 14:00 e depois até as 15:31. Agora a previsão é resolver até amanhã às 14:00. Considerando que temos uma conexão de fibra ótica com 30 mbps de download e 5 mbps de upload e que a empresa é de tecnologia não é difícil entender que esta situação é inaceitável.

Pior que isso é o desgaste com call centers demenciados que a título de consolo dizem: “não se preocupe senhor que a Telefonica não irá cobrar este dia que ficou parado“. Ou então: “o senhor precisa entender que o problema não é na sua fibra, é na central“.

A culpa é da Telefonica? Ela deve ser processada por nós pedindo reparação de danos e lucro cessante? Sim, é a resposta para ambas as questões. A culpa é da Telefonica e ela será processada por nós (se a justiça no Brasil funcionasse …) no entanto é preciso notar que há outros responsáveis que dificilmente vão sofrer algo.

E quem são estes responsáveis? Além dos óbvios que moram ou já moraram no palácio do Planalto nos últimos 10 anos, há a impotência (ou talvez fosse melhor dizer incompetencia) da Anatel. Dizer que a Anatel é fraca é algo que superestima a agência, uma breve olhada no curriculum dos cinco conselheiros faz termos vontade de sentar no meio fio e chorar.

Também é digno de nota o silêncio sepulcral da imprensa brasileira que talvez tenha já morrido e esqueceu de nos avisar.

Continuará.

Telecomica, Telefonica

Em tempo: o lucro líquido da Telefonica Brasil até o terceiro trimestre de 2011 era 28% maior que o de 2010 que por sua vez era 9% maior que 2009.

E agora quem poderá me defender?

Quando as Telecomunicações no Brasil foram privatizadas as coisas melhoraram muito, mas era necessário que houvesse uma agência de Telecomunicações que regulamentasse e controlasse o setor. Durante os oito anos do governo Lula e agora no governo Dilma vemos uma favelização da Anatel que resulta em situações como a que vai abaixo:

Cliente tem um Virtua e contrata um link de redundância com a Embratel. A Net e a Embratel passam, sem avisar o cliente, a compartilhar a infra-estrutura, assim quando cai o Virtua, cai a Embratel e a redundância vai para o brejo.

Vendo o Vírtua cair 20 vezes por dia nos últimos 10 dias, o cliente decide cancelar o link da Embratel. Como tem número telefonico com a Embratel, pede a Net a portabilidade, eis o relato do infeliz.

Solicitei portabilidade do número (11) nnnn-nnnn da Embratel para a Net
A Atendente (Cristiane) disse não ser possível já que a Net é a Embratel. Depois de argumentar por 30 minutos dizendo que a Net não é a Embratel e portanto a portabilidade é uma norma da Anatel a atendente transferiu-me para outra atendente.
A segunda atendente que não se identificou, disse que não era possível, mas diante dos argumentos de que estaria descumprindo a lei ao não fazer a portabilidade disse que daria início ao processo.
Depois de mais quinze minutos de espera a atendente disse que ia concluir o processo e deixou-me em espera.
Sem nenhum aviso cortou a ligação.
Solicito:
1) A portabilidade imediata do número em questão para o Net Fone
2) Cópia da gravação da chamada, de acordo com a lei dos Call Centers, para que possamos tomar as devidas medidas legais.
Atenciosamente
nnnnnnnn

Aí o que faz o cliente? Reclama com a Anatel. Após preencher inúmeros formulários, digitar senhas e ter que usar o IE8 para navegar no site da Anatel ao submeter sua reclamação ele ganha:

Microsoft OLE DB Provider for SQL Server error ‘80040e14’

Incorrect syntax near ‘,’.

/focus/faleconosco/RealizarAtendimento.asp, line 44

Deseperado, pensa em pedir auxílio ao Chapolim Colorado.

Deixando de lado o humor, Lula, Dilma e o PT estão destruindo o Brasil. Estamos em processo de Zimbabuização rápida.