Outra mancada da Nokia – Baniu do Nokia Dev o criador do Gravity

Pois é moçada, parece mesmo que a Nokia não consegue ficar muito tempo sem soltar um “fogo amigo“.

O último a receber uma bordoada da Finlandesa foi o alemão Jan Ole Suhr, mais conhecido como o desenvolvedor do Gravity, o melhor cliente de Twitter feito para Symbian. Na minha opinião, ele é melhor do que qualquer outro por aí.

Contatado pela Nokia sobre sua intenção de portar o Gravity para Windows Phone, o rapaz disse que não tinha intenção de portar, uma vez que não via um retorno financeiro razoável que justificasse o trabalho de portar e manter o aplicativo para Windows Phone.

Por causa dessa negativa, a Nokia baniu o sujeito do programa Nokia Dev, mesmo ele sendo um campeão de vendas na Ovi Store com o Gravity.

Quem já usou o Gravity pelo menos por um tempo, sabe que ele é um excelente cliente para Twitter e que ele é continuamente atualizado com correções de bugs e novas funções. O programa é muito bem cuidado, mas também é muito bem pago. Uma licença do Gravity custa a “bagatela” de R$ 18,00 (segundo minha pesquisa na Ovi Store). E você reclamando em pagar US$ 0,99 por um Angry Birds…

Enfim, o desenvolvedor achou que não teria condições de manter uma versão no Windows Phone da mesma forma que ele mantém a do Symbian e, por causa disso, tomou um “ban” da Nokia.

O negócio pegou mal e a Nokia, reparando na besteira que havia feito, tentou chamar o sujeito de volta oferecendo a ele um Lumia de graça e um e-mail de desculpas tosco assim: “Desculpe, você pode voltar quando aprender a desenvolver para Windows Phone 7”. O resultado dessa lambança é que ele agora está pensando em portar o Gravity para iPhone e Android.

Deixo abaixo uma conversa do Jan Ole sobre o assunto no Twitter.


Quem ganha com isso? Os usuários de Android e iPhone, que poderão ter um cliente decente de Twitter. Só perdeu com isso a Nokia, que teve mais uma vez a imagem arranhada por um fogo amigo.

Waze – Rede social para evitar engarrafamentos

Imagine que você pudesse saber qual caminho está menos engarrafado na hora do rush? Já é possível ter uma ideia disso com o Google Maps, mas nem sempre ele acerta.

A ideia do Waze é capturar pessoas se movimentando pelas ruas em tempo real e deixar essa informação disponível para todo mundo.

Além disso, os usuários podem reportar radares fixos e móveis, blitz, acidentes, buracos, dentre outras coisas que podem atrapalhar o trânsito.

O programa é muito bem feito e está disponível para iOS, Android, Blackberry, Windows Mobile e até Symbian! 🙂 Basta deixar o programa ligado enquanto estiver dirigindo, para fornecer os dados de trânsito para toda a comunidade.

Além disso ele também mistura essa função de informação de trânsito com um jogo, onde você precisa passar por certos caminhos para coletar pontos e “doces virtuais”.

Deixo o vídeo abaixo, infelizmente só em inglês, que dá uma demonstração de uso do programa.

Sobre a sua privacidade, existe a possibilidade de usar o programa de forma anônima. Para isso, clique no menu, depois em “Meu Waze”, “Meu Perfil” e “Config. Privacidade”. Depois escolha a opção “Mostrar-me como anônimo”.

Para baixar o programa, procure por “Waze” na loja de Apps do seu celular ou visite o endereço:

http://world.waze.com/

Nokia World 2011 chegando

Para quem achava que outubro só servia para festinha de Halloween, podemos dizer que este anda bem movimentado.

Depois do iPhone 4S, iOS5, das mortes do Steve Jobs e Dennis Ritchie, ainda teremos hoje, 23h, horário de Brasília, o lançamento do Ice Cream Sandwich (Android 4) e do Nexus Prime. O Pinguins Móveis vai acompanhar o lançamento, caso queira entrar nessa, não sei se teremos alguém aqui do blog acompanhado.

E, semana que vem, teremos o Nokia World 2011, dia 26 e 27. Eu estarei no evento, a menos que a imigração me mande voltar. Devo postar aqui ou, mais provável, twittar da minha conta @marcelobarros com o hash tag #nokiaworld.

O esporte mundial atual da área de mobilidade é ignorar ou falar mal do Symbian e Windows Phone 7 (se bem que a RIM andou querendo esta fatia), mas ando vendo uma boa empolgação para termos neste evento, em primeira mão, um excelente telefone Nokia com WP7. Aliás, desde o primeiro semestre temos acompanhado alguns supostos vazamentos (nenhum me pareceu verdadeiro) e o vídeo do próprio Elop, falando sobre o novo telefone. Mas o silêncio das minhas fontes indicam que andam trabalhando muito para este objetivo.

Além disso, como usuário de um Nokia E7 (Symbian^3), confesso estar alegre com a quantidade de updates e melhorias que foram feitas este ano na versão Symbian Anna, depois da famosa declaração de Elop. E ainda teremos mais updates com a próxima versão, chamada Belle, para o N8, E7, C6 e C7, com melhorias e integração de ferramentas Microsoft.

Nos resta esperar !

Depois alguém me explica o significado desta imagem de fundo na página do Nokia World 2011 ? O evento é em Londres, não é ?

A Nokia e os seus defuntos

Há uma hora, no evento Nokia Connection 2011, em Singapura, houve o lançamento oficial do N9, o futuro topo de linha da Nokia.

O aparelho tem um Hardware de tirar o chapéu. Vejamos:

* Tela AMOLED de 3,9″ de vidro resistente a riscos
* Resolução de 800×480
* Câmera de 8MP com foco automático e lentes Carl Zeiss
* Captura de vídeos em HD
* Som com tecnologia Dolby Digital Plus e Dolby Headphone
* NFC (maneiro!)
* Processador 1GHz (gostaria de saber qual é)
* 1GB de RAM
* Armazenamentos de 16 e 64 GB

E aquelas outras coisas que a gente nem presta atenção:

Bluetooth, aplicativos Qt, vídeo player em 16:9, bateria interna (bate na madeira para ser melhor do que a do N8), Sistema MeeGo…

Peraí!!! MeeGo? Eles disseram MeeGo???

Isso mesmo. A Nokia parece que tem pena de enterrar seus defuntos.

20110621-015307.jpg
Montagem com a tela do jogo Plants vs. Zombies

Neste evento de hoje, além do N9 com MeeGo, anunciaram o Nokia Maps para S40 (não escrevi errado) e que o Symbian Anna será lançado até Julho. Conseguiram falar de todos os Zumbis num evento só.

E os aparelhos com Windows Phone 7? Bom esses não participaram da festa para os Zumbis.

Pode parecer implicância minha esses comentários, mas eu estava torcendo para ver um WP7 neste evento ou até um celular com Symbian Anna. Confesso que fiquei decepcionado com o MeeGo.

Minha única esperança desse N9 não virar o mico que o N900 foi, é o Qt. Talvez, com a facilidade de se portar programas, o sistema tenha bons aplicativos.

Mas será que os consumidores, vacinados por causa do N900, vão acreditar que dessa vez “tudo vai ser diferente”?

Outra pedra no caminho da Nokia – Os N8 mortos

Depois de todos os problemas que o N97 trouxe para a Nokia em 2009, parecia que, finalmente, eles tinham acertado a mão no lançamento de um aparelho topo de linha impecável, o N8.

Um aparelho sólido, com sistema novo (Symbian^3), câmera de 12MPx com flash de Xenon, tela capacitiva com alta resolução, hardware decente e uma experiência de uso excelente. Isso tem tudo para dar certo, correto? Correto. Mas… Apareceu outra pedra no caminho da Nokia.

No meio do mês passado, começaram a aparecer usuários reclamando que seus aparelhos haviam “morrido” sem motivo. Simplesmente não ligavam mais. Alguns reclamavam que o aparelho já havia chegado “morto” da loja. Outros ainda começaram a reclamar que o celular reiniciava muito e que depois morria. Outros reclamavam que o aparelho estava sendo usado e desligava sozinho e nunca mais ligava.

A Nokia informou oficialmente que um “número limitado” (mais vago impossível) de aparelhos estava apresentando defeitos e que a garantia cobriria esse defeito, bastando enviar o aparelho a um assistência da Nokia ou na loja onde ele foi comprado. Menos mal.

Ainda não se sabe quanto é esse “número limitado” (imagina se fosse infinito!) de aparelhos.

Só sei que há um tópico de 11 páginas no Forum de suporte da Nokia Europa e lá pude ver consumidores dos quatro cantos do mundo. Para citar alguns: Malásia, Tailândia, Inglaterra, Canadá, Paquistão, Índia, Alemanha, Estados Unidos, Brasil, Dinamarca, Austrália, Holanda, Suíça, Egito… E por aí vai. Parei de ler na sexta página.

No Orkut encontrei diversos relatos de aparelhos nacionais, fabricados aqui no nosso país. Um exemplo de aparelho brasileiro com o defeito é o do meu amigo Ricardo “Belinex”, que já recebeu o aparelho dele mortinho da silva. Vejam aqui o post dele com o vídeo de unboxing.

O que parecia um probleminha está começando a virar um problemão, tal como o defeito das câmeras do N97 e muitos outros. O aparelho que tinha tudo para ser um campeão de vendas está agora começando a se mostrar não tão perfeito assim. Não acho que isso deva ser motivo para pânico, mas é bom alertar que isso não é um fato isolado e, muito menos, está restrito a uma série de aparelhos.

E você? Comprou um N8 e ele morreu? Conte-nos o que houve com seu aparelho.

A briga agora é pelo software

Antes de mais nada, por mais que a princípio pareça, este não é um post off-topic. 🙂

Nos idos de 1998, me lembro perfeitamente de uma reunião que tive com vendedor da empresa canadense Nortel, que estava tentando vender uma central de grande porte para um empreendimento imobiliário que havia contratado nossa consultoria para a área de telecomunicações.

As centrais da Nortel sempre foram muito mais caras que as demais, e na época era a mais cara mesmo. Para tentar justificar o valor elevado da central telefônica que estava vendendo, ele mostrava uma lista quase interminável de funções que ela era capaz de executar.

Ao ser questionado sobre algum item de hardware, ele soltou a seguinte frase: “Hoje em dia, em PABX desse porte, o hardware é equivalente em todas as centrais. Quase todas são iguais em características de hardware. O que faz diferença mesmo, é o software que colocam lá dentro. Daqui a alguns anos, se bobear, o hardware vai ser idêntico, mas o software não.”

Na época duvidei que isso pudesse ser verdade, mas pouco mais para frente, em 1999, quando tive contato com um PABX de grande porte da NEC, vimos que o hardware não só era equivalente, como tinha componentes de outras marcas, como SIEMENS e Ericsson em suas placas. A diferença mesmo se notava no software que coordenava aquele elefante.

Ultimamente tenho me lembrado muito daquela frase desse vendedor da Nortel. A diferença agora, é que o item em questão é o celular.

Há uns 3 ou 4 anos atrás, o diferencial de um celular para o outro era basicamente o hardware. Em outras palavras, a diferença era se ele tinha ou não câmera, se a câmera era VGA ou de 1MPx, se tinha câmera frontal, se era Dualband ou triband ou quadriband, se tinha WiFi, se tinha rádio 3G, se tinha bluetooth, se tinha GPS etc. Um celular com todos esses itens de hardware, já tinha um diferencial na hora da venda.

Atualmente, o hardware dos celulares ainda não é 100% igual em todos os aparelhos, mas há alguns itens que viraram padrão, como câmera, bluetooth, 3G, etc. Os itens que ainda não existem em todos os celulares, vão acabar aparecendo, e o hardware vai acabar sendo homogeneizado, guardadas as diferenças de nichos de mercado que sempre deverão existir.

Se o hardware vai ficar homogêneo em celulares da mesma classe, é justamente nessa hora que o software de cada aparelho faz diferença, e aqui não estou falando só de sistema operacional (Symbian, Meego, Android, iOS, BADA, Windows Mobile e WebOS), estou falando principalmente dos softwares de terceiros, que fazem toda diferença.

Vejamos o caso do Nokia N8, comparado com o Motorla Milestone. Em termos de hardware, o N8 parece dar um banho no Motorola, mas na hora em que comparamos a quantidade de programas para um e para outro, podemos nos surpreender com um empate técnico ou com uma vitória para o Milestone.

A câmera do N8 é imbatível (dizem), mas será que teremos tanto software disponível para Symbian^3 quanto temos para Android?

O desenvolvedor do Symbian está cada vez mais desestimulado a criar programas novos por causa da política austera de aprovação de programas na Ovi Store (parece que isso tem mudado, mas eu duvido) e os problemas de distribuição de programas. Já no caso do Android, mesmo com os problemas de pirataria, a Android Market consegue ter quase 3,5 vezes mais programas que a Ovi Store e tem um crescimento mensal (em número de aplicativos) 4 vezes maior que o da Ovi Store.

Se trouxermos para a comparação a loja de aplicativos da Apple, a diferença é muitíssimo maior. A AppStore tem quase 25 vezes mais aplicativos que a Ovi Store e cresce quase 20 vezes mais rápido que a loja da Nokia. Em compensação, há quem diga que o hardware do iPhone 4 pode ser considerado pior do que o do N8 (eu discordo, mas isso não vem ao caso).

Por outro lado o grau de dificuldade de se desenvolver programas para iPhone, não é nada desprezível, apesar de não ser nenhum bicho de sete cabeças. Neste quesito, o Android sai na frente com o Java e a Nokia, com o seu Qt, já está chegando perto.

O ponto aonde eu quero chegar é esse: Cada vez mais o hardware dos aparelhos, pelo menos os topo de linha, vai convergindo para uma configuração única. Por causa disso, a quantidade de programas desenvolvidos para cada uma dessas plataformas faz toda diferença para o usuário.

A meu ver, já não interessa tanto ter um celular com processador dual core de 3GHz, câmera de 25Mpx, Bússola, GPS, Canivete, lenço de papel, café expresso e não se ter programas de terceiros disponíveis ou ter poucos programas disponíveis.

O grande desafio para os fabricantes de celulares, e o mesmo serve para os tablets, é cativar os desenvolvedores, para que eles possam desenvolver e distribuir seus programas de forma melhor e mais barata. O usuário será cativado por tabela, pela quantidade de programas disponíveis e pelo baixo preço dos aplicativos. É no volume que se fará dinheiro e se cativará o usuário.

A Apple aposta numa loja de aplicativos com milhões de usuários e desenvolvedores, mesmo com uma plataforma de desenvolvimento mais complicada. A Nokia aposta numa plataforma de desenvolvimento única para Meego e Symbian, mesmo tendo uma loja de aplicativos bagunçada e burocrática. Os outros vão fazendo uma mistura dessas duas soluções.

Quem vai vencer essa briga? Não sei. Só sei que agora a briga é pelo melhor software.

Roadmap para a plataforma Symbian atualizado

Alguns dias atrás, enquanto o profético Javsmo pregrava o “Nokia WinMo”, eu defendia o Symbian como sistema operacional, tentando deixar claro que se a interface gráfica pode não agradar mais a maioria, o kernel é bastante interessante. Chamei a atenção também para o fato de que uma nova interface só iria surgir no Symbian^4.

Pois bem, na semana passada, a Symbian atualizou o roadmap do sistema. Principais pontos, traduzidos e resumidos por mim:

  • A versão Symbian^2 está completa, estável e fechada. Não devemos ver produtos com ela.
  • A versão Symbian^3 (N8, E7, C6, C7), como todos viram, está disponível e já temos aparelhos chegando ao mercado este semestre.
  • A versão Symbian^4, que promete uma nova interface de usuário, estará disponível ainda este semestre, com Qt como ferramenta nativa de desenvolvimento e aparelhos e kits de desenvolvimento chegando no próximo ano.

Alguns destaques do Symbian^4 (veja uma lista completa de requisitos neste link):

  • Novo layout de tela  e experiência de usuário mais simples e fluídica (Orbit UI).
  • Reprojeto e reorganização das principais aplicações do sistema.
  • Efeitos e transições mais refinados com o ScreenPlay (usado já no Symbian^3).
  • Integração transparente com redes sociais e serviços web importantes através da nova “Social Mobile Integration”.

Especificamente falando da plataforma de desenvolvimento, o ganho foi enorme. O Qt é muito produtivo e os custos de desenvolvimento podem cair bastante ao gerar um código que sirva tanto para Meego e Symbian (e até para o destop), com poucas mudanças. Sem falar que WRT, Java, Python, Flashlight e Silverlight estão disponíveis também. Tem para todos os gostos.

Para os curiosos, recomendo baixar o Nokia Qt SDK e avaliar o QtCreator. Tenho gostado bastante dele e fico pensando que precisamos gerar um curso de Qt, de preferência com o “selo” Forum Nokia, nhein ? Interessados ?



Symbian^3 será que vai?

A Nokia após mandar embora o seu técnico Silas, quer dizer, o seu presidente e colocar outro em seu lugar, lançou na Nokia World 2010 alguns modelos de celular com o futuro sistema operacional Symbian S^3.

Vamos aos modelos e depois um comentário:

Nokia C6-01

Nokia C7-00

Nokia E7-00

Um comparativo dos três:

Comentário:

O Hardware é legal? Sem dúvida. Em geral este não é o problema da Nokia. O problema da Nokia é o estado atual do Symbian e sua loja de aplicativos além das falhas em consertar celulares micados.

Mas estes três pontos eu penso que só saberemos depois dos primeiros reviews. Eu não vejo como uma boa ser early adopter de algum dos três.

Piada do dia do Twitter do cumpanheiro @marcelobarros: Como transformar o E72 em E7? E7 = (int)E72/10 🙂

Só vão sobreviver 3!

Este é meu primeiro post no Zeletron e procurarei escrever de vez em quando aqui analisando a indústria de celulares.

O título indica que só sobreviverão 3 sistemas operacionais, esta é a minha opinião. Pode ser que venha um troll e diga: Acabou de chegar no Blog e já está falando assim. Questão justa. É minha opinião e vou tentar explica-la neste post e nos seguintes.

1) Só sobreviverão 3 – É uma afirmativa que se baseia na questão desenvolvedores. Cada plataforma hoje tem um sistema de desenvolvimento, vendas e monetização distinto. Um código escrito para o iOS tem que ser muito mexido para rodar num Android. Há diferentes níveis de suporte a HTML5 nas diversas plataformas. Isto leva a creer que as fábricas de software vão escolher uma plataforma ou duas e sem software não há OS no mundo que sobreviva. Se olharmos para o mercado de videogames algo semelhante aconteceu com Microsoft, Nintendo e Sony.

2) Só sobreviverão iOS, Windows 7 e BlackBerry – As razões para esta afirmação são mais uma intuição, no entanto fazendo esforço é possível explicar algumas razões. O iOS está consolidado, tem uma loja com 250K apps, muitas de qualidade e mais de 5 bilhões de downloads. O BlackBerry é lider absoluto no mercado corporativo e parece muito pouco ameaçado neste setor, além disso o Blackberry OS6 com suporte a HTML5 vai vedar uma das atuais fragilidades da plataforma. E o Windows Mobile 7 é da Microsoft que tem na minha opinião a melhor IDE existente no mercado, que responde pelo nome de Visual Studio, e está com apetite para mobilizar os milhões de desenvolvedores de plataforma Microsoft ao redor do mundo.

3) Android, Symbian e outros vão morrer – O Android tomou dois golpes mortais recentemente, um deles diz respeito ao processo da Oracle e o outro a heterogeneidade das versões de Android. Some-se a isto o fato da Motorola ter anunciado que não irá oferecer upgrade para Android 2.1 e 2.2 nos aparelhos vendidos na América Latina e você tem um belo problema. Com uma loja (a Android Marketplace) lotada de aplicativos pornográficos e com uma plataforma que não vem remunerando bem desenvolvedores fora dos EUA e mais meia dúzia de países, o Android deve começar a definhar em breve. Eu vejo o Android se juntando ao defunto Wave e ao moribundo Buzz.

Opa, você não falou do Symbian. Pois é. Este só falta enterrar. Uma interface bem antiquada, um modelo de negócios da Ovi Store muito pouco atraente e um tiro atrás do outro que a gigante finlandesa vai dando no pé (N97, N900, fechamento de blogs, etc.) e com isso o que outrora foi um grande sistema operacional virou um espectro.

Puxa, mas eu não gostei da sua opinião e penso diferente. Beleza, a área dos comentários serve para isto.

Boa semana a todos e até a próxima.

UPDATE: Olha minha profecia se concretizando aí pessoal: http://www.zeletron.com.br/2011/02/a-nova-estrategia-da-nokia.html

Transfira seus contatos e compromissos do Symbian para o iPhone

Você se encheu do Symbian, e resolveu abandonar de vez a Nokia, comprando seu primeiro iPhone. E agora? Como transferir seus 453456 contatos do seu celular Symbian para o iPhone?

Não sei se existem outras formas de fazer isso, mas a que eu encontrei, e que funcionou comigo, foi usar o Google Sync para fazer o trabalho de conversar com os dois aparelhos. Ele funciona tanto no Nokia quanto no iPhone.

A maior parte do que vai ser escrito neste post serve para o caso de migrar para o Android também, só que no caso do Android isso é transparente e não há necessidade de fazer um post exclusivo para ele.

  • Faça um backup do seu Nokia com o Ovi Suite ou Nokia PC Suite. Vai que alguma coisa dá errado, né? 😉
  • Instale a última versão do Mail for Exchange no seu Nokia (Baixe na Ovi Store clicando aqui)
  • Logo após instalar o programa e execute-o. Ele vai pedir para criar um perfil para sincronizar.

Crie o seu perfil inicial com os dados da sua conta do GMail, conforme a imagem abaixo, não se esqueça de colocar o @gmail.com no nome de usuário:

Pressione OK. Vai dar um erro de certificado. Aceite o certificado. Vai dar um erro de novo. Preencha com os dados a seguir:

No campo do ponto de acesso, use o seu preferido, (3G, WiFi, etc).

Continue nas abas seguintes para configurar a sincronização do calendário e contatos. Não sincronize e-mails nem tarefas. O e-mail você não precisará mais, as tarefas não sincronizam com o Google Tasks.

Depois de configurar, salve as configurações e sincronize seu celular com o Google Sync, clicando em Opções, Sincronizar. Pode ser que ele reclame de novo do certificado. Aceite o certificado e siga em frente.

Depois de sincronizar o celular Nokia com o Google Sync, você precisa configurar seu iPhone para sincronizar também com o Google Sync.

Vá em Ajustes (Settings) e depois em Mail, Contatos, Calendários.

Adicione uma conta nova e escolha o tipo Exchange.

Preencha com os dados da sua conta do GMail e pressione “Seguinte”.

Ele vai reclamar do servidor. Preencha com “m.google.com”

Escolha os serviços a sincronizar (desmarcando e-mail) e, a menos que você queira apagar os dados que já colocou no iPhone, escolha a opção “Manter no meu iPhone”.

Pronto! Feche os Ajustes e aguarde algus segundos para ver seus contatos e compromissos todos no iPhone.

Agora você já pode aposentar seu velho Nokia e passar a usar seu iPhone com todos os contatos e compromissos da agenda. Como vocês viram pelos screenshots, o mesmo processo funciona para iPod Touch.

Outra baixa no exército de Fãs da Nokia

Que a Nokia não está agradando muito, já não é notícia nova, mas daí a começar a perder fãs, isso é um sinal de que as coisas estão ladeira a baixo.

Vocês bem sabem que já faz algum tempo que não falo nada sobre Nokia, por culpa deles mesmos, mas hoje recebi pelo twitter a notícia de que o famoso blogueiro Symbian Guru, Rick Cadden, fechou as atividades no blog Symbian Guru, e virou fã do Android e resolvi falar sobre o assunto.

O post que ele escreveu no seu blog informando o fim do Symbian Guru é bastante forte e contundente. Deixo abaixo uns trechos em inglês com uma tradução minha. No final deixarei o link do post original.

“I can’t continue to support a manufacturer who puts out such craptastic ‘flagships’ as the N97, and who expects me to use services that even most of Nokia’s own employees don’t use. I also can’t continue to support a mobile operating system platform that continually buries itself into oblivion by focusing on ‘openness’ while keeping a blind eye towards the obvious improvements that other open platforms have had for several iterations.”

Traduzindo:

“Não posso continuar a apoiar um fabricante que lança aparelhos “topo de linha” tão ruins como o N97, e espera que eu uese serviços que nem a maioria dos funcionários da Nokia utiliza. Também não posso continuar a apoiar um sistema operacional móvel que continuamente se enterra no esquecimento ao se focar em ser aberto, enquanto se finge de cego às óbvias melhorias que as outras plataformas vêm apresentando.”

E depois de dizer tudo que acha sobre os atuais aparelhos da empresa, ele manda um recado ainda mais doloroso para a Nokia:

To Nokia, you guys are losing. Hard. Wake the hell up. Doing the same thing repeatedly while expecting different results is the definition of insanity.  I’ve been a huge Nokia fan since my 2nd cellphone, and I just can’t do it any longer. You guys aren’t competing like you once were, and everyone but you seems to see that. You used to build the world’s best smartphones, the world’s best cameras, the world’s best GPS units – you’ve lost pretty much all of that, and with nothing to show for it. You unveiled your Ovi vision over 2 years ago – I was there. Today, it’s still a complete mess. I have to log in every single time I visit the site – regardless of how many times I check the ‘remember me’ box. I spent 6 months (and about 3 hours at Nokia World 2009) trying to find someone to help me with Ovi Contacts on the web – no one knew who to point me to. You spent millions of dollars purchasing your Ovi pieces – Ovi Files, Ovi Share, and a host of other little companies – are you proud of what you ‘built’ with them? Most of your own employees (that I’ve talked to) don’t even use them, so why should I?

Que traduzo assim:

“Para a Nokia: Vocês estão perdendo. De forma dura. Acordem! Fazer a mesma coisa repetidamente, esperando resultados diferentes é a definição de insanidade. Eu fui um enorme fã da Nokia desde o meu segundo celular, mas não consigo ser mais fã. Vocês não estão mais competindo como faziam antes, e todo mundo está vendo isso, menos vocês. Vocês faziam os melhores smartphones do mundo, as melhores câmeras, os melhores GPS – vocês perderam quase isso tudo, e com nada que justifique isso. Vocês lançaram o Ovi há dois anos atrás – Eu estava lá. Hoje, ele (o Ovi) continua sendo uma completa bagunça. Eu tenho que me autenticar todas as vezes que eu visito o site, independente de quantas vezes eu marque a opção “lembre-se de mim”. Eu gastei seis meses (e três horas no Nokia World 2009) tentando encontrar alguém que me ajudasse com o Ovi Contacts na web – ninguém sabia quem indicar. Vocês gastaram milhões de dólares comprando as peças do Ovi – Ovi Files, Ovi Share, e um punhado de pequenas empresas – vocês estão orgulhosos com o que vocês ‘construíram’ com elas? Muitos funcionários de vocês (que eu conversei) nem os usam (os serviços Ovi), então, porque eu deveria usá-los?”

O post completo em inglês pode ser lido no link abaixo:

http://www.symbian-guru.com/welcome/2010/07/symbian-guru-com-is-over.html

A minha pobre opinião é que a Nokia está cada vez mais cavando a própria cova com aparelhos que não acompanham o mercado, e serviços que realmente funcionam de forma abaixo da aceitável.

Quem nunca teve que ficar reativando as licenças das músicas que baixou com o Comes With Music porque o celular esqueceu as licenças? Quem tem um N97 e nunca teve problemas com o sistema capenga que ele carrega? Quem consegue usar o Nokia Mail no E71 sem perder a paciência com a lerdeza do serviço? Quem é que nunca se irritou com a falta de atualizações de firmware do N78, E62 e dezenas de outros aparelhos?

E mais, porque os aparelhos só chegam aqui no Brasil depois que o mundo já está cheio de vê-los? Vejam o caso do N900, ontem foi a festa de lançamento do aparelho que só chegará às lojas do Brasil em AGOSTO! Isso porque ele já está à venda lá fora desde Dezembro de 2009.

Eu, que já fui fã incondicional da Nokia, devo admitir que não é mais possível ser fã dessa Nokia. Essa não é a mesma Nokia que eu conheci e que foi a melhor fabricante de celulares do mundo até pouquíssimo tempo atrás. É de se lastimar.

Primeiro Symbian^3 pode não ser da Nokia

O diretor executivo da Symbian Foundation, Lee Williams, afirmou numa entrevista nesta semana que um fabricante asiático não vai esperar o início das vendas do N8 para começar a comercializar seu primeiro aparelho baseado no sistema Symbian^3. Se isto for verdade, a Nokia não será a primeira a vender aparelhos com o novo sistema do qual ela mesma abriu o código.

Lee Williams não quis dizer qual fabricante asiático estaria preparando essa rasteira cartada, mas dizer o aparelho seria lançado por uma empresa asiática já reduz a poucas empresas que fazem parte da Symbian Foundation (apesar de que agora qualquer uma poderia usar o sistema). Isso, na minha humilde opinião, reduz o leque de empresas a quatro ou cinco, a saber: Samsung, LG, HTC (?), ZTE e Sharp. Meu faro aponta para a Samsung, mas se o aparelho viesse da LG, seria uma jogada de mestre dela, já que ela ainda engatinha no mercado de Smartphones.

E você? Aposta em qual?

Aplicação publicada na Ovi Store

Para não dizer que esquecemos dos aparelhos Nokia fiz um port da aplicação que está tendo um bom número de downloads na Apple Store (http://www.zeletron.com.br/2010/04/zeletron-app-01-em-3o-lugar.html) para Symbian 9.4

Já foi submetido para a Ovi Store há alguns dias e estou aguardando a aprovação, parece que o pessoal da Apple Store faz esta análise em menos dias.

Falando em aplicação, eu havia prometido um tutorial de como desenvolver uma aplicação para a loja da Apple sem ter que ficar maluco e aprender Objective-C. A boa notícia é que o tutorial está pronto, a aplicação que vai servir de cobaia foi submetida ontem para a App Store e assim que receber o sinal verde publicarei aqui todo o processo de desenvolvimento.

Adianto que é um jogo de estratégia combinatória. Aguardem…