Google vende Motorola para a Lenovo: e o preju?

O Google resolveu que não vale a pena brincar de fazer celular e decidiu vender a Motorola para os chineses da Lenovo. No comunicado oficial tem toda aquela lenga-lenga de que é uma nova posição estratégica, que a Lenovo consegue fazer a Motorola render mais, blá, blá, blá.

Mas até o mais mané dos investidores sabe que eles compraram a Motorola por USD 12.5 Bi e estão vendendo por USD 2.8 Bi. Por mais que tenham já vendido antes uma parte da Motorola por USD 3 Bi fica um preju que foi para a conta do Abreu.

O que mais me irrita no Google é esta cultura de não sabe para onde vai. Uma hora o Google Buzz vai ser o máximo, o Google Wave vai revolucionar o e-mail, outra hora os dois morrem, o Google Reader morre sem saber a doença e o Orkut sobrevive por aparelhos.

E o que chama mais atenção é olhar o índice P/E (Price-Earnings Ratio) das ações do Google e ver que está valendo 31.80 enquanto da Apple e Microsoft estão na casa dos 12.

Moto rola

Boatos da venda da Nokia vêm com força total

As ações da Motorola se valorizaram 56.4% hoje. Até aí nada de novo. O Google está pagando um ágio de cerca de 60% no valor de mercado de sexta-feira da Motorola.

O que é novidade é a hipervalorização das ações da Nokia. Até começar escrever este texto estavam valorizadas em 12,69%!

O que quer dizer isto? Quer dizer que há fortíssimos boatos de que a empresa finlandesa vai passar a ter um novo dono em breve. E este dono, com 99,9% de probabilidade, vai ser aquele que é conhecido como William Gates III.

Melhor a Nokia ser sucursal da Microsoft que desaparecer (a RIM que perdeu 55,95% este ano que o diga)

Nos EUA, Apple e Motorola encabeçam a lista de satisfação

Uma notícia interessante. Mesmo com todos os problemas apontados de antena, algumas fragilidades no vidro e o display amarelado das primeiras unidades do iPhone 4, a Apple consegue ser a campeã de satisfação entre seus consumidores de smartphones, seguida logo de perto pela, pasmem, Motorola.

Uma pesquisa feita nos Estados Unidos pela ChangeWave Research, revela que o reinado dos aparelhos Blackberry está chegando ao fim, ou, pelo menos, sofreu várias baixas. De acordo com essa pesquisa, os usuários de smartphones que estão mais satisfeitos têm aparelhos da Apple e da Motorola.

A surpresa nem foi ver a liderança da Apple. Fiquei surpreso com a segunda colocada.

A Motorola, que há um par de anos estava carimbada como “morta”, ressurgiu das cinzas e aparece bem perto da Apple no quesito satisfação dos seus clientes. Outra surpresa foi ver a RIM, a ex-queridinha dos norte-americanos, ficar em último lugar, amargando apenas 44% de satisfação de seus consumidores.

Quem também não está agradando muito aos seus clientes parece ser a Samsung. Vamos ver se agora, com o Galaxy S, essa avaliação melhora.

A HTC não ficou nada mal. Com 63% de aprovação dos seus consumidores, ela vem em terceiro lugar.

A Nokia nem apareceu na pesquisa, talvez pelo fato dela não ter muita penetração no mercado de smartphones nos Estados Unidos.

A pesquisa foi feita nesse mês e levou em consideração 1212 consumidores que compraram smartphones nos últimos seis meses.

Fonte: IntoMobile

Motorola Backflip Android – desconfie de promoções

Em um post na semana passada dizia que minha regra numero um ao escolher um produto é não comprar coisas feitas na China e se não for possível pelo menos garantir que não compre coisa feita na China por empresa Chinesa.

A regra numero dois é desconfiar das promoções de lojas e de operadoras. Por exemplo há um tempo atrás venderam o Nokia N800 por R$ 399,00 no Submarino. Muita gente comprou. Muita gente se arrependeu.

Promoções como estas acontecem quando o produto encalhou. E em geral o produto encalha porque é ruim.

Ontem recebi uma promoção da Vivo para compra via telefone do Motorola Backflip com o Android por apenas R$ 499,00 no Plano Vivo 200. R$ 499,00 por um Android no Brasil colocou uma pulga atrás da minha orelha e fui conferir o bichinho ao vivo.

Pontos Fortes:

Android que pode ser atualizado

Teclado QWERTY

Tela Capacitiva 3.1″

GPS, WiFi, etc.

Pontos Fracos:

Parece frágil. Isto é uma impressão minha, mas…

Android 1.5 – Muito velho para um lançamento.

Interface leeeeeerrrrrrdddaaaaa demais. Pode ser bug do celular da Loja, mas foi péssima a impressão.

Resumo: Eu não compraria o Motorola Backflip. Pelo menos não antes de conhecer alguém que tenha comprado e usado por uns dois meses.

Motorola Milestone eleito o gadget do ano de 2009

Acabei de ler essa novidade no blog do Rodrigo Toledo.

Depois de ganhar o prêmio de Gadget do Ano pela revista Time, o Milestone (ou Droid) também foi o aparelho mais votado pelos leitores do Engadget, sendo escolhido como o Gadget do Ano de 2009 e o Smartphone do Ano. O Milestone também foi escolhido pelos editores como o Gadget do Ano e o GPS do Ano.

Um bom resultado para uma empresa que até pouco tempo passava por dificuldades e para um sistema operacional relativamente novo.