Cinco filmes sobre matemática que você deve ver.

Um dos posts mais populares do Zeletron é o dos cinco filmes que os amantes da tecnologia devem ver, e agora faço uma compilação pessoal do top5 em termos de matemática para você ter algo para ver hoje a noite 🙂

5) Moneyball (2011) – O homem que mudou o jogo
Usar estatística para vencer uma campeonato de Baseball? Não qualquer campeonato de baseball, mas a MLB. O treinador Billy Beane assume um risco ao contratar o matemático Peter Brand como seu assistente e aplicar um método matemático num esporte que sempre foi dominado por olheiros e pessoas com intuição. Será que o Oaklands A vai se sair bem com isto?

Grande filme e ótimo elenco.

4) I.Q. (1994) – A fórmula do amor

Um filme com Albert Einstein, Kurt Gödel e Boris Podolski, três gênios, que não conseguem trocar uma lâmpada. Este pode ser um breve descritivo para esta bela comédia romântica com Tim Hobbins e Meg Ryan. Não é 100% sobre matemática, mas vai fazer você se divertir.

3) 21 (2008) – Quebrando a banca
Baseado na história real de alguns estudantes do MIT que usando técnicas estatísticas, encontraram uma maneira de ganhar dinheiro no único jogo que apresenta uma fragilidade para os cassinos, o Black Jack ou 21. Baseado no livro “Bringing down the house”.

Eu conheci uma pessoa do MIT que disse que este esquema segue até hoje e que ele tinha participado dele durante algum tempo e que o filme é bem realista.

2) A Beautiful Mind (2001) – Uma mente brilhante

A vida do matemático, prêmio nobel de economia e desequilibrado mentalmente por uma grave doença, John Nash. Ganhador de Oscars e espetacularmente produzido é além disso uma história real.

A idéia de escrever no vidro com caneta de retroprojetor eu adotei desde aquela época para o desespero do pessoal da limpeza do trabalho.

1) Good Will Hunting (1997) – Gênio indomável

Matt Damon e Robin Williams fazem desta história, que mostra um rapaz genial que trabalhava como faxineiro no MIT, um dos grandes vencedores do Oscar. Há o lado humano, do rapaz que é genial, mas problemático que dá o grande toque de qualidade no filme. O seriado do Youtube Numberphile tem um episódio sobre a solução do problema do filme.

Gênio Indomável
Você sentiu falta de algum nesta lista?

Cinco filmes que os amantes da tecnologia devem ver

É difícil fazer uma lista de top 5 sem ser muito criticado, portanto coloco desde já minha cara a tapa na área de comentários. Vou listar abaixo os cinco principais filmes que as pessoas que curtem tecnologia deveriam ver ou ter visto 🙂

#5 – Matrix

Se você não viu Matrix sugiro que corra até a locadora e alugue ainda hoje. Feito em 1999 e devidamente complementado com duas continuações inferiores, Matrix é um dos melhores filmes em termos de roteiro bem bolado que dá pano para manga para muitos debates. Matrix coloca o problema que foi cunhado pelo filósofo Kant: como saber se o que vemos e sentimos é real? Não vou entrar aqui em debates filosóficos, nem discutir porque o real é real, mas você certamente vai colocar seu cérebro em ação com Matrix.

#4 – Star Wars

A história da ficção científica se divide em pré Star Wars e pós Star Wars. Apesar de não ser um dos meus filmes favoritos, não posso deixar de dar este lugar ao primeiro filme da primeira trilogia da série. Marcou o início de uma era no cinema e fez muita gente sonhar com sabres de luz.

#3 – Blade Runner o caçador de Androides

Nada de caçador de Androids, mas sim de Androides. O Google não tinha ainda lançado o seu sistema operacional Android, aliás nem havia Google, e Harrison Ford já aplicava sua versão cinematográfica do teste de turing. No caso de Blade Runner sua missão é “aposentar” (versão antiquada do encostar ou colocar na conta do Papa) Androides parecidos com humanos. Também é um filme que faz pensar no sentido da vida. Se você tem problemas com pensar não veja 🙂

#2 – Memento – Amnésia

Você achou que eu ia falar Star Trek? Se enganou, não suporto Star Trek e fico com Memento. Como seria nossa vida se não tivéssemos memória não volátil? Se a cada vez que dormíssemos se apagassem nossas memórias? Bom, existem algumas doenças assim, a síndrome de Korsakoff por exemplo, mas Memento mostra como usando estratégias que um computador usa para armazenar dados é possível viver com isto e investigar um crime.

#1 – Inception – A Origem

Recursividade é uma função ou subrotina que chama a si mesma. E numa subrotina, a pilha (stack) é utilizada para armazenar o endereço de retorno de forma a poder voltar ao ponto em que a função foi chamada. No caso de um programa de computador que chama muitas funções, para sair de uma função se utiliza o return, e uma vez chegado ao programa principal não se pode dar return sob pena de sair do programa. (Descrição à grosso modo)

No caso de Inception, a recursividade se manifesta no sonho. O sonho é um modelo recursivo da realidade, assim é possível sonhar que está sonhando. Em Inception a forma de sair de um sonho é morrendo no sonho. Só que é importante saber se estamos no sonho, já que morrendo fora do sonho não se sai do sonho, mas sim da vida. Os autores de Inception se basearam, eu acho, num conceito de computação para criar um token que é diferente na vida real de como ele é no sonho, com o token a pessoa pode identificar se é seguro sair do sonho ou se está no nível que não há mais sonho.

Nossa, não entendi nada, dirá você. Então corra até a locadora e alugue Inception, você não vai se arrepender.

Você não gostou? Então use os comentários para colocar seus Top5!

Quer aparecer num filme de Hollywood?

Prepare sua câmera no dia 24 de Julho deste ano e filme um momento da sua vida: aquele por do sol lindo em São Paulo, o carioca indo para o trabalho cedinho, você tomando seu café da manhã no boteco do Adão, a festa que você foi, a missa de sétimo dia, o casamento da sua irmã, seu irmão acordando …

O projeto do cineasta Kevin Macdonald (Ultimo rei da Escócia) com o famoso Ridley Scott (Black Hawk down, Gladiador, etc) é mostrar o dia comum ou não comum de várias pessoas no planeta e fazer um documentário baseado nas cenas que você gravará no dia 24 de Julho.

O Google está apoiando o projeto e há um site no qual você pode fazer upload do seu filme: http://www.youtube.com/lifeinaday

Além disso, vinte sortudos entre os que tiveram cenas escolhidas serão convidados para a estreia do filme no Sundance Festival de 2011.

Mãos a obra!

De volta para o Futuro (ainda não!!)

Um filme que marcou época para todos os que gostam de tecnologia é o De volta para o futuro (Back to de future). Eu lembro de ter assistido várias vezes com meus irmãos no nosso saudoso videocassete Sharp de Duas cabeças e controle remoto com fio. O filme terminava com um “To be continued” e ficamos todos ansiosos pela tal da continuação.

O filme acontece em 1985 e na parte II Marty McFly acerta o relógio para um dia no futuro. Ontem começou a correr um boato na Internet de que esse dia seria 06 de Julho de 2010 e para provar incluiam o fotograma que vai abaixo:

Várias pessoas acreditaram e isto causou uma grande comoção no Twitter (não me perguntem o porquê.)

Bom, estragando a notícia o site TotalFilm disse que tudo não passou de uma brincadeira que eles fizeram com o PhotoShop. Isto quer dizer que você vai precisar esperar mais uns anos para ver o Delorean 1985.

Visite o site do filme: http://www.bttfmovie.com/

Atualização: A data correta do filme é 21/10/2015. Vejam abaixo: