O vídeo do Numberphile que me enganou, por pouco tempo

Antes de começar, um aviso. Este post é longo contém bastante matemática. Nada muito complexo, mas uma quantidade grande. Se você é sensível, não continue a ler. 🙂

Muitos devem conhecer o canal do Youtube chamado Numberphile que tem vídeos quase semanais sobre os mais diversos assuntos relacionados à Matemática. Se você ainda não conhece e gosta de matemática, recomendo que dê uma olhada. São vídeos interessantes e muito bem feitos. Aqui no blog já comentamos sobre ele algumas vezes.

Muitas vezes quem apresenta os vídeos é algum professor de matemática, mas muitas vezes também, quem o faz é algum professor de física. Este é o caso do vídeo desta semana. Foi apresentado por dois simpáticos professores do depto. de Física da Universidade de Nottingham, Ed Copeland and Tony Padilla.

O vídeo desta semana, e o vídeo relacionado com as cenas extras, renderam um caso curioso. No primeiro momento, ontem, logo depois de assistir aos dois vídeos, achei o assunto incrível. Até dei “joinha” nos dois vídeos. Mandei uma mensagem para o Pedro Paulo assim: “O segundo vídeo dessa semana do Numberphile está excelente.” e ele respondeu, “vou ver”. Mas não viu.

Fiquei pensando no assunto. Estava com uma pulga atrás da orelha (um monte de pulgas, pelo visto). Hoje insisti com o Pedro Paulo que visse o vídeo para poder discutir o assunto com mais alguém. Até que ele viu hoje. Depois de assistir ao vídeo, ele confirmou o que eu desconfiava. Tem angu nesse caroço (ou seria ao contrário?)…

Continuar lendo O vídeo do Numberphile que me enganou, por pouco tempo

Mario Kart para gente grande

O nome do veículo é ChibiKart e foi feito por alunos do MIT. É como um carrinho de rolimã, só que ele sobe ladeira. 🙂

Ele tem 4 motores que ficam diretamente nas rodas e fazem o kart chegar a 30km/h (Duvido que chegue a essa velocidade comigo em cima, mas tudo bem).

Já falei muito! Vejam o vídeos abaixo.

Página do projeto: http://www.etotheipiplusone.net/?page_id=1987

Parabéns Rio de Janeiro

Meio atrasado, mas em tempo de desejar os parabéns à minha cidade querida de São Sebastião do Rio de Janeiro, que completou 447 anos no dia 01 de março, fiz um Stop Motion bem simples.

No sábado passado fui ao mirante Santa Marta, apoiei a câmera no muro e fiquei tirando fotos a cada 10 segundos, mais ou menos. Dei umas tremidas, já que não estava com tripé, esqueci de bater algumas vezes, mas o vídeo ficou aceitável. No meio do filme, em um frame tem até um urubu passando. 😀

Para fazer o stop motion, fiz um scriptzinho em bash para converter as fotos para o tamanho definitivo e uni-las à musica para gerar um vídeo. Sou um zero à esquerda em bash e entendo menos ainda de FFmpeg, por isso não reparem se encontrarem alguma batatada no script. A proposta não é mostrar como se faz, e sim como foi feito. 😀

Para fazer isso, usei o ImageMagick para redimensionar as fotos e o ffmpeg para criar o vídeo. O áudio eu cortei de um mp3 com o Audacity.

Como a numeração das fotos não estavam começando em 1, tive que renomeá-las antes, porque o ffmpeg precisa que estejam em sequência os números e que comece em 1.

#!/bin/bash
 
j=1
 
mkdir output
 
echo "Renomeando os arquivos..."
for i in $(ls -tr *.JPG); do
	eval $(printf "cp $i output/IMG_%04d.jpg\n" $j)
	j=$((j + 1))
done
 
cd output
 
for i in $(ls -tr *.jpg); do
	echo "Redimensionando $i para 1440x1080..."
	convert  "$i" -resize 1440x1080 -normalize "$i";
done
 
echo "Criando o video..."
 
ffmpeg -r 8.6 -i IMG_%04d.JPG -i cidademaravilhosa.wav -b 7593k rio447anos.avi

Uma observação: Eu tirei 258 fotos e a música cortada tem 30 segundos. Por isso esse framerate doido de 8,6 (258 ÷ 30).

Segue abaixo o vídeo. O filme está em 1080p. Se clicar para assistir no Youtube e mudar para 1080p vai conseguir ver em tela cheia em FullHD.

iTunes Rental – Testei e gostei

Para os mais apressados, o título do post diz tudo. 😀 Para os outros sugiro a leitura.

Quando saiu o Netflix aqui no Brasil, fiquei animado com o serviço, mas me bastou um dia usando para cancelar a conta. O motivo é simples: Só tem filme de sessão da tarde no Netflix. Filmes velhos, filmes ruins, poucos títulos… Em resumo, não gostei nada. Desde então estava procurando um serviço semelhante que funcionasse.

Ontem, pela primeira vez, resolvi alugar um filme no iTunes para assistir aqui em casa com o notebook ligado à TV. Não é perfeito, mas gostei da experiência. (No fim do post falo da ligação do notebook com a TV)

Em primeiro lugar, a seleção de filmes do iTunes é bem maior e mais variada, além de trazer vários títulos recentes. Além disso, ao contrário do Netflix, caso você tenha uma conta na iTunes Store dos EUA, é possível alugar os filmes que ainda não estão disponíveis na loja brasileira. O único porém disso é ter que assistir sem legendas ou com legendas em inglês. Se você sabe inglês, a seleção de filmes na iTunes store norte-americana é bem maior do que a brasileira.

Um ponto ruim da iTunes Store é que alguns filmes não estão disponíveis para aluguel (outros não estão para compra). Essa, pelo que andei vendo nos comentários, é a maior reclamação dos usuários.

Outro ponto negativo é ter que baixar o filme inteiro antes de poder exibi-lo. Neste ponto o Netflix ganha, já que ele permite que o vídeo seja exibido sem precisar fazer o download inteiro. Por outro lado, o iTunes permite que se assista aos vídeos desconectado. Você pode alugar vários vídeos entrar num avião e assistir sem estar conectado à Internet. Apesar de haver alguns posts dizendo que isso não é possível, eles são antigos. Acabei de desligar a rede do notebook e mandei tocar o vídeo que aluguei ontem e funcionou perfeitamente.

Quando fazemos o aluguel de um filme no iTunes, é preciso baixá-lo, como foi dito acima. Depois disso, você tem até 30 dias para começar a assistir. Assim que se aperta o play, você tem 24 horas para poder ver o filme. Uma coisa que li em um post é que se você começar a assistir, der pause e voltar a assistir quase na hora de terminar o prazo de 24h, ele avisa que o filme vai demorar mais do que o prazo, mas te deixa terminar de assistir. Não fiz esse teste.

Um último detalhe é que os vídeos alugados ficam numa seção separada dos vídeos comprados, conforme a imagem abaixo.

Por último, algumas pessoas já me perguntaram como ligar o computador na TV. Existem várias maneiras. Muitas TVs hoje em dia têm entrada VGA e HDMI.

  1. Se seu computador tem porta HDMI é preferível ligar direto no HDMI da TV. Neste caso um cabo só levará audio e vídeo.
  2. Se ele não tem HDMI, mas tem mini Displayport (Macbooks novos e alguns notebooks HP, Dell e Lenovo) existe um adaptador mini Displayport<->HDMI. Neste caso também basta um cabo para audio e vídeo.
  3. Se ele tem DVI ou miniDVI, você vai precisar de um adaptador para HDMI (vídeo) e um cabo para o som.
  4. Se só tem VGA você pode ligá-lo direto via VGA e ligar o som com um cabo à parte.

No site Deal Extreme é possível encontrar qualquer cabo ou adaptador citado acima.

O primeiro vídeo de um Nokia com Windows Phone 7 vazou. Isso e muito mais.

Hoje vazou o primeiro vídeo de um aparelho da Nokia rodando Windows Phone 7, na versão sua mais nova, chamada de Mango. Uma das novidades dessa versão do WP7 é o Internet Explorer 9, que, segundo o sujeito que apresentou, é exatamente igual ao da versão do PC. 😮

Por fora, o aparelho é quase igual ao N9, exibido pela primeira vez nesta semana. Ainda não há um nome oficial para o primeiro WP7 da Nokia, mas o codename dele é “Sea Ray”.

Nokia "Sea Ray". Um N9 com miolos de Windows Phone 7
Nokia "Sea Ray". Um N9 com miolos de Windows Phone 7

O vídeo mostra o Presidente da Nokia, Stephen Elop, demonstrando o celular para funcionários da Finlandesa e falando sobre o futuro da empresa. No início ele pede para que todos desliguem as câmeras e insiste para que ninguém fotografe. O mais esquisito é que foi o vídeo oficial do evento que vazou.

Para os mais curiosos, apressados e desesperados, deixo o link da página que colocou o vídeo no ar. O site está em húngaro, mas o vídeo está em inglês. Para os mais calmos, sigam lendo esse post antes de clicar no link, para alguns comentários a respeito.

Link da Página: http://www.technet.hu/telefon/…_az_elso_windowsos_nokiat/
Link direto do Vídeo: http://apps4.trilobita.hu/mch3_media/…ayer.swf?code=4i38t5

Prosseguindo:

Conforme eu disse antes, não sei até que ponto esse vídeo foi vazado. Ele pode muito bem ter sido intencionalmente vazado por alguns motivos:

  1. Muita gente ficou decepcionada com a ausência de um aparelho com WP7 no Nokia Connection 2011 (inclusive eu 🙂 )
  2. O que ele mostra, apesar de ser confidencial, é um aparelho matador, com o hardware excelente do N9, rodando WP7
  3. No fundo no fundo, tudo que ele fala é boa notícia.
  4. No final, ele alfineta o povo da Califórnia – Google e Apple? :). Isso não teria nenhuma graça se ficasse escondido num HD de servidor na Finlândia

Teorias à parte, o discurso do Stephen Elop é extremamente positivo e otimista. Ele insiste em agradecer aos funcionários

Primeiro ele fala sobre a pergunta que não quer calar (tradução minha):

“Ok, vocês estão lançando esse aparelho (N9 com MeeGo), mas todos sabem que a empresa está fazendo uma transição para Windows Phone 7. Qual é o sentido disso tudo?”

Segundo ele, existe uma grande quantidade de inovações no N9 que vão seguir vivas no WP7. Um exemplo que ele deu foi o Qt (para a alegria do Marcelo Barros), que deverá sobreviver e transcender o MeeGo. Outro exemplo que ele deu foi que a interface do MeeGo (tão parecida com o WP7) será transportada para outros aparelhos. Ou seja, o hardware do N9 é a base para um aparelho WP7 e vários desenvolvimentos feitos para o N9 serão aproveitados nos aparelhos com WP7.

Depois de falar um pouco, ele chamou outra pessoa para demonstrar o aparelho, que gastou +/- 60% do tempo do vídeo.

Quando acabou a demonstração, o Stephen Elop voltou ao palco para fechar o discurso e falar sobre o futuro da empresa. Ele dividiu em 4 prioridades para eles:

1) “Sustaining our business” (Manter o negócio da Nokia) – Fazer os produtos da Nokia continuarem sendo vendidos, falados, usados.
2) “Transistion” (Continuar trabalhando duro na transição) – Fazer a base de aparelhos e serviços migrarem para a nova organização.
3) “Deliver and launch” (Entregar e lançar) – Manter os lançamentos dos aparelhos Symbian Anna, MeeGo (N9), WP7 e S40.
4) “Change how we work” (Mudar a maneira de trabalhar) – Mudar a atitude dos funcionários, principalmente na comunicação interna dos problemas.

Por último veio a alfinetada nos concorrentes da Califórnia.

Durante todo o vídeo vocês vão encontrar frases de incentivo e agradecimento aos funcionários. Como as que deixo abaixo. (Clique para traduzir no Google)

You are getting stuff done.
Do you get the sense that the things are moving forward?
We are making tremendous progress!
This is what inspires me!
This is a begining of new season.

Para mim, mais importante do que a demonstração do “Sea Ray” foi a visão do futuro da empresa. Dá para ver que eles estão seguindo num bom caminho e que têm tudo para entrar na briga do iOS e Android com o WP7.

Romário e o Facetime

Simplicidade e Beleza são a perfeição

Quando a Apple lançou o Facetime, no IPhone 4, muita gente comentou: puxa, vídeo chamada já existe há muito tempo. Ou então: os celulares da Nokia tem isto mesmo nos modelos mais baratos como o 6120.

Para explicar o que quero dizer vou recorrer a uma metáfora. Se o Bebeto cruzasse aquela mesma bola do vídeo acima e o centroavante que estivesse com a camisa 11 da seleção fosse:

  • Obina: Teríamos uma pancada que talvez estufasse as redes, talvez saísse do estádio.
  • Robinho: Ia tentar bater de letra, talvez um golaço, talvez nas mãos do goleiro.
  • Ronaldo: Daria um chute certeiro. Gol, mas nada de especial.
  • Denilson: mataria a bola e tentaria driblar o zagueiro e o goleiro.

Já o Romário fez talvez o gol mais bonito e plástico que a situação permitia com um toque de infinita simplicidade. Ali não havia nenhum movimento sobrando ou faltando, mas a medida exata e aquilo fez a beleza do Gol. Se chutasse mil bolas como aquela as mil entrariam.

E o que o Facetime tem a ver com isso? De certa forma o Facetime é o mesmo que já existia antes: video chamada. No entanto é diferente: neste produto, mas que em outros a Apple conseguiu unir a beleza e a simplicidade e fez funcionar algo que era usado mas sentíamos que estava faltando algo.

Antes que os leitores chutem o balde dizendo que estou bajulando a Apple, pediria que em primeiro lugar testassem o Facetime, além disso que considerassem que não creio que a Apple seja em tudo melhor que a Nokia, Google, Microsoft ou RIM, mas que ao unir a beleza e a simplicidade ela consegue inovar fazendo mais do mesmo.

Quer aparecer num filme de Hollywood?

Prepare sua câmera no dia 24 de Julho deste ano e filme um momento da sua vida: aquele por do sol lindo em São Paulo, o carioca indo para o trabalho cedinho, você tomando seu café da manhã no boteco do Adão, a festa que você foi, a missa de sétimo dia, o casamento da sua irmã, seu irmão acordando …

O projeto do cineasta Kevin Macdonald (Ultimo rei da Escócia) com o famoso Ridley Scott (Black Hawk down, Gladiador, etc) é mostrar o dia comum ou não comum de várias pessoas no planeta e fazer um documentário baseado nas cenas que você gravará no dia 24 de Julho.

O Google está apoiando o projeto e há um site no qual você pode fazer upload do seu filme: http://www.youtube.com/lifeinaday

Além disso, vinte sortudos entre os que tiveram cenas escolhidas serão convidados para a estreia do filme no Sundance Festival de 2011.

Mãos a obra!

Più Smart con Vodafone – Dominós de Smartphone

Quem é que nunca jogou The Incredible Machine? (Quem ainda não conhece, precisa conhecer esse jogo!)

A Vodafone da Itália fez um vídeo com a mesma idéia do jogo, onde os Smartphones eram peças de dominó, para a campanha Più Smart con Vodafone. Assistam abaixo. Vale os 1:47 minutos.

O novo iPhone – Séráááá?

O pessoal do Gizmodo afirma que encontrou um iPhone da 4ª Geração (4G) em cima da mesa de um bar em Redwood City, que fica a uns 15km do QG da Apple, em Cupertino.

Vamos aos vídeos, depois às dúvidas:

Essa história de achar num bar está mal contada. Isso está me cheirando a vazamento proposital. O que vocês acham?

Será que isso não é só um teste para ver o que acham desse protótipo? Será que não estão em dúvida a respeito da mudança externa e estão testando o público com essas imagens? Porque o sujeito não ligou o aparelho? Será que ele está com medo de o encontrarem ou não quer devolver mesmo? Será que isso não é uma brincadeira do Gizmodo? Sérá? Sérá? Sérá? 😀

Virginia e seu primeiro computador aos 100 anos

É impressionante esse vídeo que vi no IntoMobile.

Independente de você gostar ou não do iPad da Apple, vai gostar de ver com que encanto essa senhora de 100 anos começou a descobrir a tecnologia com um iPad que ganhou no seu centenário.

Segundo o vídeo, ela já leu dois e-books e compôs 12 poesias (quintilhas) como essa abaixo:

“To this technical-ninny it’s clear
In my compromised 100th year
That to read and to write
Are again within sight
Of this Apple iPad Pioneer”

(Repare nela usando o teclado e perguntando onde está a vírgula, e achando sozinha logo em seguida)

Discos de Vinil no Microscópio Eletrônico

Vocês lembram dos discos de vinil? Eu quando era pequeno tinha uma vitrolinha e ouvia muitos discos com histórias infantis. Sempre imaginei como podia aquilo guardar o som. Veja a resposta nas imagens de microscopia eletrônica de um disco de vinil.

Veja no vídeo como é feito um disco de vinil.



Dica: http://reckon.posterous.com/vinyl-record-grooves-under-electron-microscop

Um vídeo incrível de um mundo virtual

Pegue um artista que tenha uma enorme habilidade em usar programas de modelagem e animação 3D e some com programas cada vez melhores e computadores cada vez mais rápidos.

O resultado é um vídeo de um lugar que parece ser real, mas não é. É totalmente feito no computador. Um lugar virtual que você poderia jurar que existe em algum canto do nosso planeta redondo.

Assista o vídeo abaixo (de preferência em HD e em tela cheia) e veja o resultado final do trabalho. (Além de tudo ele tem um tremendo bom gosto com a música que escolheu)

Eu sei, você não acredita que isso seja virtual. Eu também fiquei boquiaberto. Mas veja esse outro vídeo, mais curtinho, que prova que é tudo obra de computação gráfica saída das mãos (e do mouse) de um artista muito talentoso.

Por último, para deixar o assunto bem claro para os mais céticos, deixo um vídeo de 15 minutos que mostra o artista (Alex Roman) criando, a partir de um modelo de uma biblioteca real obtida no Google, o ambiente da cena final do filme.

Uma verdadeira aula de escolha e preparação de texturas e iluminação.

Esses vídeos foram uma dica do meu amigo Dario, também apaixonado por computação gráfica, como eu.

Mikrokopter Okto – Incrívelmente divertido (e caro)

Conheço um sujeito que vai enlouquecer quando vir esses helicópteros de 8 ou 6 hélices.

Ele tem uma agilidade impressionante que pode ser conferida no vídeo abaixo. Além disso, tem GPS, controle de altitude, suporte para câmera digital e aguenta levantar pesos! Mesmo que ele suba muito ou vá para muito longe que não possa mais se comunicar com o controle remoto, usando o GPS ele volta ao mesmo ponto de onde os motores foram ligados.

O primeiro vídeo é do Mikrokopter Hexakopter com seis hélices e mostra todas as características do helicóptero.

O segundo é um pequeno vídeo mostrando o Okto em ação.

Esse brinquedo de gente grande é feito na Alemanha e custa a bagatela de €1.500,00 (R$ 3.750,00) desmontado. O kit completo com controle-remoto, GPS e outros acessórios sai por € 2.500,00 (R$ 6.200,00) já com o frete da Alemanha para o Brasil (mas sem os enormes impostos da nossa alfândega). Se somar os impostos ele custará pouco menos que um carro usado. 😮

Se você gostou do brinquedo (na verdade não é um brinquedo), ganhou na Mega-Sena e quer ver como montar o seu, visite o WiKi do MK-Okto.