Nokia com Android? Truco!

Desde a primeira vez que ouvi esse boato de que a Nokia iria lançar um aparelho com Android, venho repetindo a mesma coisa: “Duvido”. Não acho impossível, mas duvido.

As explicações para este boato são as mais variadas. “A Nokia está usando o mesmo verde do Android”, “Eles estão usando o X nesta série”, “A informação vem de um blog que não costuma errar”, e por aí vai.

Vou só comentar essas três suposições.

O verde, se não estiver enganado, é o mesmo que a Nokia usa há anos, sei bem que verde é esse por causa da confusão com o NokiaBR. Uma das reclamações deles, na época, era que eu usava o mesmo azul e o mesmo verde que eles usavam.

O X já apareceu em outras séries, vide o X1, X2, X3, X5, X6 e X7. E olha que esses aparelhos nem o mesmo sistema operacional usavam. Os aparelhos listados vão desde S40 a Symbian Belle, passando por alguns S60.

Sobre o blog que não costuma errar, talvez seja a primeira vez que ele erre. Nenhum blog é infalível. 🙂

Posso estar completamente enganado, mas, se a Nokia, que agora é da Microsoft, fizer um celular com Android, talvez a MS não fique muito contente com a coisa.

Se fosse para chutar alguma coisa relacionada com o Android, eu chutaria que este Nokia X é o primeiro aparelho com Windows Phone capaz de rodar aplicativos aplicativos Android. Isso parece que está sendo desenvolvido.

Mas isso tudo não passa de chute meu. Não tenho nenhuma pretensão de acertar e vamos saber segunda-feira, às 4:30 da madrugada aqui no Brasil, o que o Nokia X é na verdade.

Nokia Conversations

Nova aplicação para Windows Phone ajuda pessoas com baixa visão

De fato existe uma série de doenças que produzem perda de contraste. Existe também uma série de rótulos e placas que não ajudam muito quem tem problemas visuais.

A Netfilter lançou hoje um app para Windows Phone que tira vantagem das câmeras de ótima qualidade da série Lumia e do processamento de imagens em tempo real para fazer um visualizador de contraste variável.

Você pode conferir o App aqui: http://bit.ly/hcontrast

O fim de uma era na Microsoft – O adeus de Steve Ballmer

ballmer
As empresas tem rituais de passagem, para a Apple a morte de Steve Jobs foi um ponto de inflexão e de dúvidas, para a Microsoft a saída de Bill Gates foi gradual, lenta e ainda reversível.

Sexta-feira, Steve Ballmer fez seu último discurso como CEO da empresa para a qual trabalhou nos últimos 33 anos. Contratado em 1980, por Bill Gates, o funcionário de número 30 da companhia se tornou uma lenda entre funcionários e colaboradores da empresa.

Tratado por muitos como um cara bronco, Steve Ballmer não tem nada disso. Graduado em Harvard, casado desde 1990 com Connie Snyder, pai de três filhos, 18 bilhões de dólares na conta, Ballmer pode não ter sido melhor CEO que Bill Gates mas sem dúvida foi alguém que conseguiu levar adiante uma das maiores companhias do mundo em tempos de árdua competição tecnológica.

Assista abaixo a um trecho do evento: