Polaris para Android

Quem diz que eu sou contra o Android está coberto de razão. Não sou tão xiita como outros que escrevem aqui no blog, mas detesto Android e seu sistema de desenvolvimento.

Tendo dito isto, algumas vezes fazemos ports de títulos que vão bem no iOS para o Google Play. Este é o caso do jogo Polaris.

Um arcade clássico da época do Atari 2600 e Odissey agora em versão Android.

Confira no Google Play: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.netfilter.polaris

unnamed

Pic Something – Novo jogo que você vai gostar

Compartilhamento de fotos? Rede social? Mini blogger? O que é o Pic Something?

Segundo a QDF, publicadora do jogo:

Em um jogo com conceito de quiz, Pic Something é também um App para compartilhar momentos, emoções e informações capturadas em fotos.

O usuário tira fotos de lugares, viagens, pessoas, animais, objetos, acontecimentos, detalhes do cotidiano e envia para seus amigos adivinharem o que ele está querendo mostrar. Diferente de outros jogos, no Pic Something é o usuário que propõe a resposta correta. Veja algumas formas de jogar:

Para tornar o jogo mais desafiador, é possível aplicar filtros e efeitos nas fotos que apresentam maior grau de dificuldade para os jogadores, mas também pontuam mais.

Mas no Pic Something é o usuário que coloca a criatividade para funcionar, compartilha fotos e cria infinitas formas de jogar.

Principais características:

■      Envio de convites a amigos do Facebook ou por e-mail

■      Automatch: permite encontrar automaticamente novos amigos para jogar

■      As fotos podem ser tiradas na hora ou podem ser do seu próprio arquivo

■      Possui filtros e efeitos para aplicar nas fotos

■      Mais pontos podem ser ganhos alterando o nível de detalhe da imagem

■      Os pontos podem ser utilizados para aumentar o poder de acerto da resposta correta

■      As fotos podem ser compartilhadas no Facebook e Twitter

Pic Something é uma resposta ao desejo que as pessoas têm de compartilhar fotos. Mas o Pic Something torna lúdico esse hábito e ainda estimula a competitividade e o desafio. Assim como tirar fotos e compartilhar experiências e emoções, Pic Something é um jogo para todas as idades.

Pic Something: 1 imagem, 3 olhares.

picsomethinggame.com

Os 10 melhores Jogos para iOS

Algumas vezes, perdido em meio a inúmeras opções, o pobre leitor, não sabe qual jogo escolher no seu iPhone/iPod Touch/iPad. Jogo este que pode ser jogado na fila do banco, na espera do dentista, no ônibus interestadual, no avião, até …. bom você já sabe.

Aqui vai uma compilação dos meus 10 mais. Para evitar conflitos de interesse não estou indicando nenhum dos nossos jogos.

1) Angry Birds, Angry Birds Seasons, Angry Birds Rio e Angry Birds Space – Dispensam comentários. Se não jogou, precisa conhecer. Recomendo os 4, e para não saturar a lista agrupei eles num só.

2) Tiny Wings – Já era um grande jogo. Ficou mais legal ainda na versão 2.0. Além disso o desenvolvedor é tão legal que não cobrou nada pelo Tiny Wings 2.

3) Peggle – Um jogo que lembra vagamente um pinball, é extremamente criativo e muito divertido. Vale a pena conhecer.

4) Plants vs Zombies – Um classico da Popcap. Muito bem feito, muito divertido, e nota 10 em criatividade. Vale a pena conhecer só pelo personagem do vizinho seu no jogo.

5) Where is my Water – O simpático jacarezinho da Disney que quer tomar banho e precisa da sua ajuda proporciona muitas horas de passatempo. Usando um modelo físico de partículas para simular água, é um jogo que consome bastante bateria, mas é muito dinâmico.

6) Abelhas Estressadas – Feito por um brasileiro, assíduo frequentador deste blog, o Abelhas Estressadas mostra um novo conceito de puzzle. Eu pelo menos nunca havia visto nada similar. Muito divertido mesmo.

7) Temple Run – Simplesmente genial. Já não diria o mesmo da continuação que a Disney fez para ele chamado Temple Run: Brave.

8) Tower Defense Lost World – Os três últimos da lista são do gênero Tower Defense, embora este chame exatamente Tower Defense. Objetivo, impedir que os alienígenas invadam sua base. Gráficos e sons bem decentes, exige bastante estratégia.

9) Stick Wars – Feito com bonequinhos tipo XKCD, este jogo é uma batalha medieval, onde você não pode deixar que os stick inimigos invadam seu castelo.

10) Kingdom Rush – Só tem para iPad pois precisa de uma tela grande para um dos melhores jogos de tower defense e estratégia. Além disso é bem divertido. As batalhas são longas (15 min) portanto não é um jogo tão casual assim. Recomendo muito!

Acho que qualquer um destes 10 é um bom investimento para uma ou duas moedinhas de um dólar.

Kingdom Rush Gameplay - Fase difícil
Kingdom Rush Gameplay

 

Aproveite os comentários para nos dar dicas de novos jogos que você curtiu!

Tiny Wings 2 – Dia 12 de Julho

Andreas Illiger é um alemão que até então era conhecido apenas por um jogo: Tiny Wings. Pouca gente sabe bem quem ele é, quantos anos tem ou o que pensa. O fato é que Tiny Wings foi um sucesso que teve 10 milhões de cópias vendidas a US$0,99.

Andreas foi competente, mas pode-se dizer que acertou o jackpot, apesar disto segue vivendo no mesmo apartamento e não tirou a carteira de motorista nem tem carro. E quando pensávamos que ele não faria mais nada, eis que anuncia o Tiny Wings 2 e lança um trailer simpático.

Confira abaixo. Tiny Wings estará disponível dia 12/7 na AppStore.

 

Power Berry Jump – Controles inovadores

Um ano de desenvolvimento, mais de 20.000 linhas de C++ e Objective-C. Apresentamos hoje o Power Berry Jump. Pensei bastante em como escrever a apresentação deste jogo desenvolvido pela Netfilter em parceria com a Spark Studio, mas acho que não consegui um texto que descreva bem o produto, talvez o vídeo e a experiência de jogo (ele é grátis) falem mais que minhas palavras.

Power Berry Jump é um jogo de ação onde você desenha elásticos embaixo do personagem para que ele suba e vá conquistando galáxias. A grande diferença em termos de design é que é algo que foi feito especialmente para plataformas touch usando gestos típicos de aparelhos móveis.

Veja o vídeo abaixo:

O hotsite do jogo é powerberryjump.com

O download gratuito pode ser feito em http://migre.me/9bbLC

Manobrista Maluco em versão Android (celular + tablet)

Este post vai deixar o Mobile Analyst de cabelo em pé. Diria ele comendo seu ovo (não lembro agora se frito ou cozido) “como os caras do Zeletron me traíram e fizeram um port do Manobrista Maluco para o Android? E ainda não fizeram para o Windows Phone 7.5?”

Pois é:  Agora você pode baixar diretamente deste link da Google Play: Manobrista Maluco 2

Chamamos de Manobrista Maluco 2 porque por algumas tosquices do Google Play não foi possível atualizar mais o Manobrista Maluco que havíamos portado de modo provisório.

Manobrista Maluco no Android
Rodando no Galaxy Tab 2

iTunes Store Brasileira, jogos e os desenvolvedores: um texto que você precisa ler.

Ontem, como publicamos neste Blog, a Apple liberou a venda de jogos na iTunes Store brasileira. Escrevo um texto longo, mas acho que vale a pena ler.

O Brasil, por incompetência já conhecida do governo federal, era dos últimos países que não permitia a venda de jogos na loja da Apple.

É uma coisa a ser comemorada, todos ficamos felizes pelos consumidores; no entanto muitos desenvolvedores, eu me incluo entre eles, tinham um certo receio do que poderia acontecer com as suas vendas quando isto ocorresse. Eu pretendo analisar esta questão e deixar alguns conselhos.

Até ontem, um brasileiro que quisesse comprar um jogo, Angry Birds por exemplo, precisaria criar uma conta na iTunes Store Americana e comprar gift cards. O fato é que nem todos sabiam ou conseguiam operar desta maneira. Uma consequência, pelo menos muitos percebíamos assim, era que colocar um jogo entre os Top25 da iTunes App Store brasileira não era algo difícil. Muitos desenvolvedores locais estavam tendo boas receitas vendendo seus produtos aqui no Brasil.

A coisa funcionava como uma reserva de mercado, para os que são muito jovens para lembrar desta época da história recente do brasil deixo este link. Por falta de competição de alta qualidade, muitos de nós conseguíamos vender ou ter muitos downloads de jogos inferiores aos que os americanos, ingleses, japoneses e até argentinos compravam.

Agora, penso que todos os que fazemos jogos estamos com um certo receio: o que vão ser das minhas vendas e dos meus downloads? Será que vou perder muito dinheiro?

Sem fazer um exercício de adivinhação não consigo escrever uma resposta, ainda não tenho dados reais para sustentar uma análise precisa. Mas vamos ver alguns cenários, se você tiver paciência de seguir lendo.

É de se esperar que alguma perda financeira irá acontecer nos primeiros dias. Haverá, já está acontecendo agora enquanto escrevo, uma avalanche de pessoas comprando Angry Birds, Where is my Water, PvZ, etc. Isto significa que estas pessoas ficarão ocupadas com estes jogos e não irão baixar o SEU jogo: Boliche Medieval, Desafio das Bolinhas, etc.

Por outro lado, é de se esperar um aumento de tráfego na App Store brasileira. Muita gente que comprava via gift cards na loja americana vai parar de fazer isso e preferir comprar com seu cartão de crédito na loja brasileira. Alguns que faziam jailbreak para piratear jogos de 0,99 centavos vão ver que não compensa o trabalho e irão pagar .99 para ter o jogo de maneira mais confortável. Outros que compravam Apps mais esporádicamente serão mais assíduos frequentadores da App Store para adquirir os games best sellers e consequentemente podem comprar outros jogos e produtos.

Outro fato positivo: os desenvolvedores brasileiros não precisarão colocar seus jogos na categoria Entretenimento e por conseguinte terão uma maior exposição fora do Brasil.

Há desafios e oportunidades. É possível ter mais sucesso, mas é preciso mudar a estratégia. No início dos anos 90, quando o ex-presidente Collor acabou com a reserva de mercado em informática houve empresas que se reinventaram e prosperaram outras continuaram como estavam e morreram.

E que conselhos você daria para os desenvolvedores brasileiros? Confesso que venho pensando neste cenário há muitos meses, mas ainda não tenho uma resposta definitiva; não é fácil fazer uma boa análise sem dados reais. Posso oferecer algumas sugestões de bom senso e no futuro, espero que seja breve, quando tiver uma estratégia mais concreta, escrever outro texto.

  1. Melhore a qualidade do seu jogo: é um conselho obvio, mas que não é tão fácil de implementar. “Adapt or die” – ou você faz algo que as pessoas queiram jogar por algum tempo ou você será engolido pela avalanche de títulos de jogos que serão ofertados por aqui.
  2. Pense em aplicativos fora da categoria jogos: o mercado não jogos é bem menor e exige muito mais suor para crescer, mas não é desprezível. Você diversificando pode conseguir compensar em outra categoria o que perdeu com jogos. Posso dizer que há alguns meses conseguimos subir nossa fatia de vendas de aplicativos não jogos de 15% para 30%.
  3. Estude formas de comer parte do mercado que você tinha menos acesso antes. O mercado de Apps no Brasil é 20 vezes menos que o dos EUA, metade da Austrália, 5 vezes menor que a Inglaterra, oito vezes menor que o Japão, um terço do mercado chinês, metade do mercado coreano, etc. Antes você estava confinado na categoria entretenimento, lance uma nova versão e mude-se para a categoria jogos. Traduza seu jogo em outras línguas: há serviços em conta para fazer isto.

Não poderia deixar de mencionar a importância, já aqui comentada, de pressionar o governo. Os últimos dez anos com Lula e Dilma trouxeram um grande atraso tecnológico para o Brasil. Os danos que o enfraquecimento das agências reguladoras (em especial a Anatel) trouxe sentiremos e estamos percebendo. A falta de infra-estrutura, os impostos achacantes, a dependência de um estado paquidérmico e ineficiente, juros elevadas, praticamente inexistência de capital de risco sendo investido, a falta de mão de obra qualificada, as leis de trabalho da época Vargas; tudo isto faz com que seja mais difícil ser competitivo no novo cenário. No entanto, esta é uma variável sobre a qual temos pouco poder e só de quatro em quatro anos.

Não é um momento de pessimismo, mas sim de reflexão para buscar tirar uma oportunidade de um cenário difícil que os desenvolvedores teremos pela frente com esta abertura.

Promoção do Poderoso Copão

Aproveite a promoção do Poderoso Copão (AKA: Desafio dos Copos)

Quer concorrer a uma camiseta exclusiva do Desafio dos Copos? o procedimento é simples, basta baixar o jogo através do link http://itunes.apple.com/app/desafio-dos-copos/id495716534?mt=8 e tirar uma shoot do nível em que você conseguiu chegar e colocar na nossa Wall no Facebook! Os participantes serão sorteados e o vencedor poderá escolher a cor da camiseta! Boa Sorte!

Desafio dos Copos

E não se esqueça de curtir nossa página no Facebook

Bons jogos!