Brasil escolhe o Gripen NG

Gripen test platsform NG with new droptanks
O governo brasileiro anunciou ontem a encomenda de 36 caças Gripen NG para o programa FX-2. Foi o fim de uma novela de 15 anos e apesar de o escolhido não ser o meu preferido, é uma escolha interessante pelos motivos que vão abaixo:

  • A Suécia não é uma potência militar e pode ajudar o Brasil a ter um caça supersônico nacional.
  • O Gripen NG é bastante versátil e pode operar, em sua versão naval de porta aviões, desta forma a Marinha poderia ser modernizada.
  • É um caça que pode operar de pistas curtas e teoricamente isto é uma vantagem para combate ao narcotráfico, lembrando que o A-29 é a principal força de ataque neste caso.
  • É fácil deixar algumas unidades em locais secundários remotos para decolar próximo da fronteira surpreendendo o inimigo.
  • É um excelente parceiro para o F-5EM, que modernizado ganhou mais uns 20 anos de vida.
  • Em conjunto com AWACS e REVO que o Brasil já possui fazem do Brasil a força aérea mais poderosa da América Latina.

O ideal na minha opinião seria o F-18E/F, mas o affair Snowden criou um clima político desfavorável para a Boeing e prejudicou a Embraer. Mesmo assim acho que o Gripen NG foi uma boa escolha, talvez a única que este atual governo fez em quase 12 anos, o erro seria o Rafale ou não escolher.

A íntegra da nota da SAAB

18 dezembro 2013, in Press releases
 O Governo Brasileiro anunciou hoje a escolha do Gripen NG. O anúncio será seguido de um período de negociações com a Força Aérea Brasileira para a compra de 36 caças.

A oferta apresentada ao Governo Brasileiro pela Saab inclui o Gripen NG, os subsistemas para o Gripen NG, um pacote extenso de transferência de tecnologia, pacote de financiamento e um acordo bilateral de colaboração entre os governos do Brasil e da Suécia.

O anúncio será seguido de um período de negociações com a Força Aérea Brasileira para a compra de 36 caças. Depois deste período, um acordo pode ser alcançado entre a Saab e o Brasil e uma ordem de compra do Gripen NG feita.

”Estou muito orgulhoso da confiança depositada pelo Governo Brasileiro no Gripen NG. A Saab acredita que o anúncio de hoje representa um forte compromisso do Governo Brasileiro e estamos ansiosos para prover à Força Aérea Brasileira com o caça líder mundial e com melhor custo-benefício”, diz Håkan Buskhe, CEO da Saab.

Caso o Brasil adquira o sistema Gripen, estará se unindo aos seguintes países que já o operam hoje: Suécia, África do Sul, Hungria, República Tcheca, Tailândia e o UK Empire Test Pilot School (ETPS). A Suíça também escolheu o Gripen como seu futuro caça. Entre Agosto e Setembro de 2013, ambas as câmaras do Parlamento Suíço votaram sim para a compra do Gripen. Um referendo sobre a compra está programado para ser realizado em 2014.

A Saab atende ao mercado global com produtos, serviços e soluções, líderes mundiais, abrangendo defesa militar e segurança civil.  A Saab mantém operações e funcionários em todos os continentes e constantemente desenvolve, adota e aperfeiçoa novas tecnologias que atendam à evolução das necessidades de seus clientes.

Para mais informações:
Centro de Imprensa da Saab Press Centre, +46 (0)734 180 018,

 

Comments on this entry are closed.