É preciso saber programar para conferir título de capitalização

Em primeiro lugar eu queria dizer que títulos de capitalização são a maior safadeza já inventada. É a típica parceria Caracu, onde o Banco entra com a cara.

Tendo dito isto, talvez você não saiba como é feito o sorteio dos tais prêmios. Um infeliz amigo que foi obrigado pelo seu gerente a fazer um título de capitalização pediu um help ontem e coloco abaixo a forma como resolvi.

Vamos às regras do título de capitalização do Banco Maldito (você sabe qual é):

  1. Só valem os sorteios da Loteria Federal feitos no último sábado do mês.
  2. Se o mês for Março, Junho, Setembro ou Dezembro vão ser escolhidos dois números. Um tradicional e outro especial.
  3. O número tradicional é formado pela dezena simples e unidade simples do primeiro prêmio da loteria federal e pela unidade simples do 2o, 3o, 4o e 5o prêmios da loteria federal.
  4. No caso do sorteio especial o segundo número é formado pela centena simples do primeiro prêmio da loteria federal e pela dezena simples do 1o, 2o, 3o, 4o e 5o prêmio.

Para resolver você precisa de uma tabela de resultados da loteria federal que pode ser conseguida aqui: http://www1.caixa.gov.br/loterias/loterias/federal/download.asp

Com isto em mãos e o programa em Python que vai abaixo você resolve seu problema. (obviamente os mestres de Python que leem o blog terão soluções melhores).

Mas o melhor conselho é *nunca* fazer título de capitalização.

Título de Capitalização é safadeza

#!/usr/bin/env python
import urllib
import time
import calendar
from bs4 import BeautifulSoup
 
fhtml = open("D_LOTFED.HTM").read()
soup = BeautifulSoup(fhtml)
meus_numeros = [
394465,558487,
572418,640294,
439592,329068,
368570,765895,
023206,847826]
 
l = []
for i in soup.table.tbody.findAll("tr"):
        a = []
        for k in i.findAll("td"):
                a.append(k.text)
        l.append(a)
 
def modalidadeMensal (a1):
        return int(a1[2][3:]+a1[3][4]+a1[4][4]+a1[5][4]+a1[6][4])
 
def modalidadeEspecial(a1):
        return int(a1[2][2:3]+a1[3][3]+a1[4][3]+a1[5][3]+a1[6][3])
 
def isLastSaturday(st):
        tupl = time.strptime(st,"%d/%m/%Y")
        if tupl[6]==5:
                if ((tupl[2])+7) > calendar.monthrange(tupl[0],tupl[1])[1]:
                        return True
        return False
 
def isEspecial(st):
        if (isLastSaturday(st)):
                tupl = time.strptime(st,"%d/%m/%Y")
                if tupl[1] in [3,6,9,12]:
                        return True
        return False
 
for i in l[1:]:
        if isLastSaturday(i[1]):
                print i[0],i[1],modalidadeMensal(i)
                if modalidadeMensal(i) in meus_numeros: print i
        if isEspecial(i[1]):
            print "*",i[0],i[1],%modalidadeEspecial(i)
            if modalidadeEspecial(i) in meus_numeros: print i

Comments on this entry are closed.

  • Deixa eu ver se eu acerto: santander?

    Eu estou tentando resgatar uma aplicação no mesmo banco maldito e olha que coisa bonita é o código da resposta do site quando clico em confirmar:

    <script>
    	var valorResgateErro = '';
    	onSelecionar('2', valorResgateErro.replace('.',''), 'N');
    	if(' - ' != ''){
    		alert(' - ');
    	}
    </script>
    

    Sim, ele só faz um alert com um traço e não me dá meu dinheiro!

  • Pedro Paulo

    Cade seu dinheiro @jbvsmo!!! Tem que fazer um programa em python para pegar a grana!!

  • Celso

    Pois é, há pouco mais de três anos fui seduzido pelo gerente de meu banco (maior estatal federal) e fiz logo de cara duas capitalizações para resgate em três anos. O grande chamariz era que concorreria a três sorteios de dez milhões – um por ano, – e muitos outros sorteios de valores bastante expressivos, alguns semestrais e muitos mensais.

    Fiz um raciocínio simples de probabilidades e achei melhor negócio do que ficar entrando na fila das loterias para concorrer às famigeradas MegaSenas acumuladas – o que também é uma enganação do cacildis (homenagem singela ao Mussum).

    Depois de quase três anos sem ganhar nada, procurei o gerente e solicitei uma relação dos prêmios distribuídos no período. Tive então a desagradável surpresa de constatar que haviam saído apenas dois prêmios de dez mil reais e um de cinquenta mil reais. Ora, na minha percepção, já era para terem saído dois prêmios de dez milhões e diversos prêmios de outros valores grandes (quinhentos mil, duzentos mil, cem mil reais). Foi quando soube que o banco não havia conseguido vender todos os números – havia vendido por volta de três por cento dos números – e assim o banco havia retido todos os prêmios quando os números sorteados não haviam sido vendidos! Detalhe: o banco colocou à venda um zilhão de números, evidentemente já sabendo de antemão que não conseguiria vender ao menos uma parcela decente.

    Para mim existe um nome curto e grosso para isso: ROUBO. Talvez até caiba outro nome, um pouco maior: ESTELIONATO!

    Estou examinando as condições e a conveniência de abrir um processo contra o tal banco para pelo menos me pagar o que renderia normalmente aquele dinheiro investido de uma vez só. Porque a balela de que ao final vc recebe o dinheiro corrigido pelos índices da poupança é para enganar trouxas. O problema é que ações judiciais na Brasilândia, ainda mais contra estatais federais, além de demandarem um custo que talvez supere os ganhos, demoram um século para chegarem a uma definição…