Nokia Developer Day com Windows Phone 8

Hoje houve em São Paulo, o Nokia Developer Day. O Zeletron compareceu, provando mais uma vez que lambanças do passado da Nokia não influem no presente.

O evento foi muito interessante pelas novidades faladas. Foi um evento politicamente importante para a Nokia porque estava um ministro de estado, tudo bem que quando soube que ia falar um ministro do PT escondi a carteira e quase dei o fora. Paulo Bernardo mostrou que como Ministro das Telecomunicações ele é …. bom, ele é um político, mas ele fica para domingo com vídeos.

A Nokia, prometeu no evento que entre janeiro e fevereiro chegaram ao Brasil os Lumia 920 e 820. Quem conseguiu mexer no 920 que estava lá percebeu que é um aparelho espetacular: câmera, tela, processador, conjunto.

Além disso deu para perceber quem é o principal alvo da Nokia nesta batalha por mercado: Android. É robozinho verde: a Microsoft e a Nokia vem babando para cima de vocês, já perceberam que não interessa brigar com a Apple e que o negócio é atacar os Androids por cima (Lumia) e por baixo (Asha). Aliás os Asha mais recentes estão sendo chamados de smartphones e não de feature phones.

Outra novidade que a Microsoft falou é que no Marketplace do Windows 8 vão respeitar as leis de cada países mas o consumidor escolhe em que país está. É fácil, quer comprar uma música que só tem na loja dos EUA, mude a região de seu aparelho para Estados Unidos que ela estará disponível e você paga em dólares com seu cartão daqui. Isto vai balançar o povo retrógrado de copyrights arcaicos, mas é algo bacana.

Além disso foram mostradas ofertas para seduzir desenvolvedores descontentes com outras lojas de Apps: um fundo de 16 milhões de euros para financiar idéias de Apps, um centro de desenvolvimento em Santa Rita do Sapucaí, um programa unificado de redes de anúncios, além de facilidades para desenvolvedores terem acesso à aparelhos e outras ferramentas.

É o velho mantra da Microsoft: Developers, Developers, Developers! Eu acho que pode dar muito certo.

 

 

 

 

Comments on this entry are closed.

  • Bem, creio que a Nokia está tentando se levantar de todas as formas, mas atacar o android? Sei não…melhor seria se juntar ao time rsrsrs. Força e Honra!

  • Francisco

    Com todo o respeito a Nokia, que fabrica ótimos aparelhos, e esse Lumia 920 está aí pra qualquer um ver, mas na minha humilde opinião, chamar um Asha de smartphone é querer enganar os mais incautos.Tive um 5800, que rodava o moribundo Symbian, e mesmo com a extinta Ovi Store era complicado chamá-lo de smartphone. Mas torço pelo sucesso da Nokia com o W8 e faço coro com o Fernando aí em cima, um aparelho top da Nokia com Android seria bem interessante…