Nokia Lumia 710 – Primeiras impressões

Desde que comprei meu iPhone 4 em novembro de 2010, não compro um telefone novo, e não iria comprar um, ainda mais da Nokia, não fosse pelo desenvolvimento de aplicativos. Estou muito satisfeito com o iPhone 4.

Explico o porquê da escolha. Estamos portando alguns aplicativos do iOS para Windows Phone 7.5 e, por esse motivo, comprei um Nokia Lumia 710, o telefone entry-level da Nokia com Windows Phone 7.5. O famoso pé-de-boi.

A compra do telefone na loja online da Nokia foi perfeita. Comprei na quinta-feira e recebi no sábado. Parece que a troca do Submarino pelo Ricardo Eletro foi acertada (já vai tarde Submarino). Não sei se outras pessoas tiveram algum problema, mas eu nunca recebi um produto comprado pela Internet tão rápido como esse Lumia 710. Honra seja feita.

À primeira vista, o aparelho me pareceu bastante frágil, talvez pela tampa plástica barulhenta e pelo aparelho ser todo de plástico; talvez pelo fato de usar diariamente um aparelho de alumínio e vidro Gorilla (o iPhone 4). O fato é que o Lumia 710 me pareceu muito frágil. Em todo caso, estou usando bastante o bicho desde sábado e até agora ainda não aconteceu nenhum sinistro com ele. Vamos ver se é só impressão. Em comparação com o N9 (irmão quase gêmeo do Lumia 800), o acabamento do Lumia 710 é bem mais fraco. O N9 é o aparelho mais lindo e bem acabado que já vi até hoje. Pena que rode MeeGo. Talvez o João Bernardo possa fazer um review do celular dele um dia desses… 😉

Mas voltemos ao Lumia 710. Na caixa, vem um fone de ouvido que ainda não abri, um carregador de parede, que ainda não abri, um generoso cabo USB-micro USB que tenho usado para carregar o celular, uma bateria BP-3L, um pequeno manual de acesso rápido e o Lumia 710. Ao contrário do que disseram no release da Nokia outro dia, o meu Lumia 710 não foi fabricado no Brasil. Na caixa vem um “Made in Korea”, o que me surpreendeu. Esperava um “Fabricado no Brasil”, mas tudo bem.

Ele usa o mesmo micro SIM que o iPhone usa, mas só descobri isso depois de comprar o SIM card pré pago da TIM, achando que ele usava SIM card normal. Resultado, tive que cortar o chip. Se você não comprar na operadora, tome o cuidado de arrumar um cortador de chip ou uma tesoura bem afiada com um molde em papel. Parece que isso está virando um padrão. O Lumia 800 também usa micro SIM e o N9 também.

Não vou falar aqui do Sistema Windows Phone 7.5 por enquanto, até porque o Mark fez um post só sobre isso há algum tempo atrás e ficou muito bom. Talvez eu faça um post sobre o WP7.5 em breve, talvez. O que digo é que até agora estou gostando muito do sistema. Ao contrário dos Androids que usei e não me acostumei, esse sistema tem me agradado muito.

Esse post é só para dar as primeiras impressões de um aparelho que estou usando há pouco tempo. Acho que essa combinação Nokia + Microsoft pode trazer enormes benefícios tanto para a Microsoft quanto para a Nokia. Uma aumenta consideravelmente o mercado do seu sistema operacional. A outra ressurge de um nebuloso passado recente formado por pesadelos tais como N97, N900, N8 e outros Meecos. 😉

Deixo abaixo umas fotos do celular. Daqui a alguns dias faço um resumo geral do aparelho + sistema.

Na caixa cabiam duas caixas do aparelho.

Gostei do cliente de e-mails. Faz thread de mensagens e é leve.

Comments on this entry are closed.

  • Paulo

    Opa, acompanhando os futuros sopa, comprei um L800 e digo que para mim os melhores sopa até agora em beleza (construção) velocidade e integração foram os de rede social: Facebook ( o APP da MS) Foursquare ( achei bonitão ) e o APP do Twitter.
    Mas para quem estava acostumado com o teclado swype, ai ainda é uma luta 😀

  • Ricardo Bernigni

    O Windows Phone 7.5 é muito bom. Recomendo 100%.

    Se você não (gosta/não pode) ter um iPhone compre um Windows Phone.

    Die Android!

  • André Luís

    “N97, N900, N8 e outros Meecos.”

    Concordo com sua posição em relação ao N97 e N900, mas em que o N8, comparado ao iPhone ou qualquer Galaxy S, é um mico?

  • André, a quantidade de problemas com a bateria do N8 foi considerável. Além disso, ele vendeu muito pouco.

    Não dá para comparar a quantidade de N8 vendidos com o Galaxy S, por exemplo. O Samsung vendeu muito mais. iPhone então, nem se fala…

  • Paulo

    Rapaz o N8 vendeu pouco??? Sei não

  • Paulo, não é implicância…

    5 milhões de unidades do N8.
    10 milhões de unidades do Galaxy S
    30 milhões de iPhones (só de Out/2010 a Mar/2011)

    Para cada N8 vendido, a Apple vendia seis iPhones e a Samsung dois Galaxy S.

    A Nokia passou 2010 e 2011 vendendo muito telefone barato S40. Os smartphones passaram um mau momento nesses dois anos. Vamos ver se ela se recupera nesse mercado em 2012. Eu aposto que sim.

  • Paulo

    Não vamos se prender no passado, mas lembre que enquanto só existia um ou até 2 iphones no mercado, o N8 tinha que se dividir com E7; C6-01 ; X7 ; E6 …
    Como agente (antigamente) sempre falava, porque a nokia não fez o N8 com a tela e o teclado do E7 ???? seria matador hoje com Nokia Belle ( você deve ter visto, não sei, mas esta uma maravilha para os 680mhz e 256mb de ram do N8 )
    Outro exemplo agora, porque o Lumia 800 não veio com a camera do N8??? ainda bem que veio com o corpo do N9 (que se fizessem o mesmo esforço de lançamento e não dissesse que ia matar antes de nascer, estaria arrazando )

  • RHesus

    Grande José!!!

    Fique feliz em saber que temos o mesmo aparelho de novo, também comprei o meu essa semana! 🙂
    Mal posso esperar os proximos posts!
    Pra quem saiu de um N97 (eu) e foi direto pro Lumia 710 nem imagina a minha surpresa na estabilidade e velocidade de resposta, to até agora babando e carregando o aparelho umas 3 vezes por dia, ai é mea culpa e não da bateria. 🙂
    Só tem uma coisa que estou decepcionado, o Nokia Driver. Um dos meus motivos em escolher um WP7 da Nokia são os aplicativos que a Nokia faz, e o navegador da Nokia é meu favorito, de longe é o que mais usava no N97 e cheio de favoritos marcados por várias cidades que já passei, e as que ainda vou viajar porque me programo com antecedia pra onde quero ir e já coloco nos favoritos lugares que pretendo conhecer na cidade. Logo de cara vim que ele NÃO sicroniza com meus favoritos que já estavão na minha conta, nem tem a opção no aplicativo e nem deixa salvar nada de novo, apenas no Nokia mapas (que também não faz sync) e o que é salvo nele não aparece no Nokia Driver… Vai entender porque essa divisão, no N97 achava esse software perfeito e conseguiram estragar… 🙁

  • A bateria dura muito pouco mesmo. Deixando o celular parado em cima da mesa o dia inteiro, sem falar no telefone, ele acaba a bateria em um dia e meio. Imagino usando muito.

    Sobre o Nokia Drive, ele é um aplicativo bem diferente do Nokia Maps do N97. Muita coisa ainda não foi totalmente portada. Talvez futuramente eles deixem importar os dados do Nokia Maps do N97…

  • Paulo

    Mas você tem que ver que o aparelho fica conectado o tempo todo, e isso como se estivesse falando, digo isso que antes a duração do meu N8 era de 1 dia e hoje com a linha da empresa sem dados ta durando 2.
    Meu Lunia 800 sem o Update ainda e hoje usando muito (tô instalando tudo que vejo) esta dando 1 dia, vou mudar para a conexão Edge para ver a duração.

  • A bateria do meu iPhone 4 dura um dia com uso intenso. Ainda não testei o Lumia 710 com uso intenso. Deve durar menos da metade do dia se seguir nesse passo.

  • Rafael Donnici

    Zé, como estão as impressões com o 710?
    O Lumia 900 teve um bug de rádio detectado logo após o lançamento, estão substituindo algumas unidades. Algo parecido com o 710?

  • Rafael, a bateria dele é muito fraca. Tenho que carregar de manhã e de tarde.

    Fora isso, o celular é muito bom. Não deu nenhum defeito até agora. As chamadas são bem claras e o sinal parece até melhor que no iPhone.

    O sistema é bem redondo e o aparelho é rápido. Não travou nenhuma vez até hoje.

    Faltam programas para ele e algumas versões de programas existentes no iPhone, são mais fracas no WP7.5, mas acho que isso é questão de tempo.

  • carlos filipe

    Estou impressionado com meu Lumia 710, a fluidez é incrível. Só me incomoda um pouco a bateria, dura pouquíssimo, tenho que carrega-lo pelo menos duas vezes ao dia.