Android: seu fim está próximo!

by Mobile Analyst on 29/03/2012 · 15 comments

Vários comentaristas deste blog tem como esporte preferido bater neste pobre analista que vez por outra, usa o espaço que lhe é oferecido aqui para expressar suas opiniões. Acredito que hoje vou apanhar mais que cão danado.

O fato é que há alguns movimentos nos submundos do mundo mobile, aqueles que só ficamos sabendo quando comemos nosso ovo cozido na Cinelândia que fizeram as sombrancelhas arquearem.

Vamos aos fatos para meus leitores não dizerem que só chuto:

  1. O processo da Oracle contra o Google começa esta semana. O alvo é o Android.
  2. O Android, o próprio Google revelou isto, dá menos dinheiro ao Google que o iOS. Coça o olho, volta para o começo da frase, e não, você não leu errado. Eles ganham dois terços da receita deles com mobile no iOS.
  3. O Android ainda é um sistema tosco, com milhares de cópias XingLing que só servem para denegrir a marca.
  4. A Nokia vem babando para cima dos Androids com seus Windows Phone. E Tio Bill apoia a Nokia.

Resumo da coisa que saiu no nosso papo tomando cerveja e comendo ovo cozido: “O Android tem seus dias contados”.

Xinga eu! Xinga eu! Conta até dez agora para continuar a ler.

Seus pensamentos agora são: “Seu analista mané: quer dizer que o mundo vai se dividir em iOS, Windows Phone e Blackberry?” e eu respondo: Tira o Blackberry daí que morreu faz tempo e só não contaram para eles. O que vai acontecer, na modesta opinião deste analista, é o Android tomar o lugar dos S40, Bada e feature phones da vida e virar pó no high-end.

Isso tudo pode ser apressado pelo processo da Oracle contra o Google.

Agora, podem me xingar (mas podiam xingar também o pessoal da Fortune que falou algo similar)


Poderoso Copão

{ 12 comments }

1 Julio Bastos 29/03/2012 às 12:47

Mobile Analyst, para incrementar o debate e o exercício de elocubrações:
1) e se o Google revisse a estratégia de distribuição e passasse a exigir requisitos mínimos de configuração para ser embarcado nos high-ends?
2) e se o Google revisse a estratégia de atualizações, tirando da equação as operadoras que estabelecem suas prioridades no momento de liberar a atualização para determinados aparelhos? (p.ex. O Galaxy W tem configuração para receber o ICS mas a Samsung não o fará para não canibalizar o S2 e o lançamento S3, junto com a pressão das operadoras, já que o aparelho tem um custo x benefício muito bom)

Posso estar viajando, mas são pontos pertinentes…

2 Marcelo Barros 29/03/2012 às 16:10

Analista, aprendi uma coisa vendo empresas gigantes de tecnologia como a Microsoft operarem: elas tem poder, conhecimento e dinheiro pra mudar o rumo das coisas. É só por isso que não concordo com a sua afirmação. O renascido “Google Play”, ex “Android Market”, é uma prova de que estão cientes disso tudo e, melhor, estão agindo. Mas confesso que estou gostando, faz tempo que as peças não se mexiam tanto !

3 Ricardo Bernigni 29/03/2012 às 21:54

A RIM segue seu caminho rumo ao fim também. Espero que a Microsoft compre eles.

E o Android vai se juntar ao Buzz, Wave e outros Google Dead Products?

4 Vegetando 30/03/2012 às 8:03

>> “O processo da Oracle contra o Google começa esta semana. O alvo é o Android.”

Vamos ver no que vai dar, mas duvido que a Oracle consiga tirar tanto dinheiro assim da Google a ponto de inviabilizar o Android.

>> “O Android, o próprio Google revelou isto, dá menos dinheiro ao Google que o iOS. Coça o olho, volta para o começo da frase, e não, você não leu errado. Eles ganham dois terços da receita deles com mobile no iOS.”

Quem apresentou os resultados foi a Google, num processo em que dizer que o Android rende mais do que o iOS é prejudicial. :P Os cálculos podem ter sido feitos de forma a deixar de fora outros rendimentos que são impulsionados pelo Android. Só o fato de o SO ter forte integração com os serviços Google e de gerar mais informações sobre os usuários, acho que vale o investimento para uma empresa que vive de propagandas…

>> “O Android ainda é um sistema tosco, com milhares de cópias XingLing que só servem para denegrir a marca.”

O ICS mudou isso. Pode ser que demore para aparelhos chegaram a essa versão, mas isso está acontecendo aos poucos. Sem falar que outras empresas arrumam problemas de interface, como o bom trabalho da HTC com o Sense.

Sobre o Android ser usado em aparelhos baratos, vamos ver como as coisas vão ficar com o Windows Phone “Starter Edition” (:P) em aparelhos com hardware bem mais limitado e recursos do sistema capado.

>> “A Nokia vem babando para cima dos Androids com seus Windows Phone. E Tio Bill apoia a Nokia.”

Pode ser… Mas a Microsoft tem gastado um bom dinheiro para conseguir vender os aparelhos e, ainda assim, há notícias desagradáveis vindo http://itknowledgeexchange.techtarget.com/mobile-cloud-view/microsoft-loses-us-smart-phone-market-share-again/. Pode ser que as coisas comecem a mudar com a propaganda agressiva, a chegada dos Lumia e o amadurecimento do sistema, mas se alguém pode fazer diferença chegando tarde, por que alguém melhor estabelecido não pode?

>> “Agora, podem me xingar (mas podiam xingar também o pessoal da Fortune que falou algo similar)”

A Fortune divulgou, mas pelo que entendi, não é exatamente alguém que faz parte da equipe. É um colaborador externo. Não que ele não tenha crédito, mas “o pessoal da Fortune” pesa mais do que “alguém que postou em seu blog e acabou sendo divulgado na Fortune”. :P

>>‘Seus pensamentos agora são: “Seu analista mané: quer dizer que o mundo vai se dividir em iOS, Windows Phone e Blackberry?”’.

Na verdade, essa era sua previsão (furada :P): “O BlackBerry é lider absoluto no mercado corporativo e parece muito pouco ameaçado neste setor, além disso o Blackberry OS6 com suporte a HTML5 vai vedar uma das atuais fragilidades da plataforma.” http://www.zeletron.com.br/2010/08/so-vao-sobreviver-3.html

Como o Marcelo Barros e o Julio Bastos disseram, acho a própria Google pode mudar algumas políticas e resolver problemas do sistema. Se você mesmo acredita que a Microsoft pode crescer tendo chegado tarde ao mercado, imagine a Google com um sistema mais maduro, com uma boa quantidade de usuários e com dinheiro para investir…

5 Carlos Eduardo 30/03/2012 às 14:27

Prezado Diogo Mainardi, digo Mobile Analyst, suas previsões são sempre furadas. Por que seria diferente agora?

6 Fábio Emilio Costa 30/03/2012 às 15:54

Quanto ao que você disse…

O que falta é aculturamento de Android… Toda vez que na rua ou no ônibus vejo alguém sofrendo com algum recurso Android que ela pode melhorar, eu dou o caminho das pedras. Já ajudei uma menina com Swype, aconselhei outra sobre a melhor opção Android para dual-chip (não, não foi correr para os xingling) e por aí afora.

É muito fácil malhar a Google, mas é justamente ela que está mais interessada em popularizar smartphones (e não apenas por filantropia). Atualmente você encontra bons smartphones na casa dos 300 a 500 reais (estou dizendo BONS smartphones como um todo: não estou entrando no top de linha), enquanto a estratégia de Apple e Microsoft é se focar no highend (só vou acreditar que elas levam smartphone a sério o dia que ver um Windows Phone ou iPhone na faixa dos 500 reais ou menos).

Não acredito que a Oracle vai invalidar o Google. É que nem as famosas 450 patentes MS que o Linux viola: é jogado no esquema do “não dizer o que você tá me violando, mas você está!” Vai virar um esquema de quem pode mais.

Dizer que o Android é tosco… Defina tosco, por favor. Se você acha que eu poder customizar e azeitar o SO para o que eu quero, como quero, é ser tosco, prefiro que seja assim. Não me acostumo a usar iPhone e suas “walled gardens”, e tenho uma birra pessoal com o Windows Phone (que é bom).

7 McDowell 30/03/2012 às 16:31

Aquele processo da Oracle contra o Google, que foi sendo limado até o ponto onde eles só podem reclamar por 100mil dólares? De fato, acabou o Android.

Sistema tosco, isso é mais opinião pessoal do que fato.

A Microsoft tem dado múltiplos tiros no pé com a campanha “meu smartphone comeu poeira de um Windows Phone”. O sistema é bom para tarefas simples. Qualquer coisa mais complicada e ele se embanana.

8 Ricardo Bernigni 31/03/2012 às 12:09

Alguém aí em cima disse que o ICS mudou isto. Ice Cream Sandwich você encontra aonde mesmo? Se liga, na loja da Claro tem Android 2.2 vendendo. Tá cheio de mané com Android 1.6 ainda …

Vai ter ICS aqui quando lançarem o PIA nos EUA – Pepper in the …

9 Vegetando 01/04/2012 às 8:03

Ricardo,

Encontro no meu Xoom, com versão oficial. Também encontrava no meu Nexus S, mas achei que o Galaxy Note, mesmo na versão 2.3, é melhor para mim. Se a interface for um problema, tem-se à disposição diferentes launchers, sem nem precisar usar firmwares alternativos ou ter acesso como root.

Tem versão 2.2 vendendo? Se isso acontece, é mais um argumento contra a morte do Android do que a favor. Quer dizer que mesmo em versão antiga do sistema a pessoa julgou que o aparelho satisfaz alguma necessidade.

10 drbambei 02/04/2012 às 14:07

Sem entrar no mérito de este sistema ser melhor que aquele, não existe um perfeito. Existem os fáceis, para 99,99% da população que compra smarts e não entra em blogs de tecnologia. Para esses, sobram iOS e Windows Phone. O iOS está datado, então…

11 Alexandre Novello 24/05/2012 às 16:12

Ué, o Mobile Analyst não vai comentar sobre o veredito? Não vai admitir que estava totalmente errado em suas previsões apocalípticas exageradas? :-D

12 Vegetando 24/05/2012 às 16:17

@Alexandre,

Ontem vim aqui postar comentário semelhante, mas resisti. Já que você falou, reforço o pedido de novas previsões e análises do Mobile Analyst. :D

Comments on this entry are closed.

{ 3 trackbacks }

Previous post:

Next post: