Computação é a mais masculina das profissões

As senhoras que leem este blog, por favor, não se chateiem. Não é nada pessoal, mas sim uma constatação e uma questão.

Existem pilotas de avião, jogadoras de futebol, engenheiras civis e até urologistas. No entanto é raro, muito raro encontrar uma programadora.

Já tinha pensado nisso, mas nunca tinha chegado a uma explicação. Não tenho também uma estimativa estatística sobre o assunto, mas o fato é que a profissão onde tenho visto menos mulheres é a computação.

Na faculdade conheci uma programadora boa, que até onde sei continua exercendo a profissão com competência. Depois nunca mais vi uma programadora competente e que gostasse de computação.

Será que os interesses profissionais de homens e mulheres são tão distintos que as mulheres não se interessam por algoritmos, ponteiros, classes, métodos? Será que é o ambiente ogro dos desenvolvedores? Será uma questão cultural.

Você leitor, e sobretudo você leitora, dê uma luz para nós nos comentários.

Francis Allen da IBM trabalhou e trabalha com otimização para compiladores
Francis Allen da IBM trabalhou e trabalha com otimização para compiladores
Jeri Ellsworth fabrica máquinas de Pinball
Jeri Ellsworth fabrica máquinas de Pinball

4 comentários em “Computação é a mais masculina das profissões”