Profecias para 2012

Não vai acabar o mundo em 2012, assim sendo farei como já fiz ano passado, minhas profecias tecnológicas. Vamos por ordem de tamanho das empresas:

Apple: Não precisa muita imaginação para prever o iPhone 5 e o iPad3, agora para prever o surgimento de um novo produto aí precisa. Principalmente após a morte de Steve Jobs. Este será um ano duro para a Apple, ser lider não é fácil e sem Jobs a coisa tende a complicar. Prevejo um ano sem novidades grandes. Umas pequenas mudanças aqui e ali até saberem se o Tim Cook tem ou não bala na agulha para substituir Steve Jobs.

Microsoft: A gigante de Redmond vai papar o Yahoo, terminar de se juntar a Nokia e comprar a RIM. Steve Balmer continuará a ser o CEO mas veremos Bill Gates no lançamento do Windows 8. O Windows 8 vai revolucionar o mundo PC e a Microsoft continuará a dominar 90% deste mercado. Com relação a Games o Kinetic integrado a um XBox 720 com um processsador 16 Core e uma placa de vídeo brutal vão colocar a Microsoft pela primeira vez no topo do mercado de consoles.

IBM: A IBM continuará crescendo baseado na sua paquidérmica estrutura. Nada de novo, tudo de velho e toca a crescer.

Google: O Google está numa encruzilhada. Os negócios vão bem, obrigado, mas esta coisa de Android em tudo não será possível. Ou se bloqueia o uso de Android nestas porcarias chinesas ou eles vão se tornar um sistema operacional de segunda linha. Prevejo que o Google passará a ter um sistema de aprovação para os App que vão para a Android Market, do contrário a casa da mãe Joana que é aquilo vai ficar cada dia pior. Mas o Google pode fazer de 2012 o ano em que será implantado o IPv6, eles tem cacife e interesse de fazer isto.

Oracle: Como é chato o mundo do software corporativo. Como deve ser chato ser um DBA Oracle! No entanto a Oracle tem se expandido com fusões e como não poderia deixar de ser prevejo que em 2012 eles comprarão a AMD.

Amazon: lançara um Kindle com Windows 8.

A Internet e o serviço 3G no Brasil continuaram um lixo. Vai continuar caindo ministro.

Medindo a velocidade da luz com uma barra de chocolate

Medir a velocidade da luz, ainda nos dias de hoje não é tarefa fácil. Galileu tentou uma medida com dois indivíduos postados em duas torres da cidade com lâmpadas de óleo. Considerando que a luz percorre 1km em 3.33 microsegundos, a experiência de Galileu falhou.

Formas precisas de medir a velocidade da luz são complexas e sofisticadas. No entanto há uma forma simples, não é nenhuma novidade, mas considerando este período de férias de fim de ano você pode querer ter uma mágica física na manga para mostrar para seus filhos e sobrinhos.

O princípio é simples. Você sabe que v = λf onde λ é o comprimento de onda e f é a frequência da onda eletromagnética. Logo se soubermos a frequência da onda e conseguirmos medir o comprimento da onda podemos calcular a velocidade da luz ao se propagar naquele meio.

Para medir o comprimento de onda vamos precisar de:

  • 1 forno de microondas (frequência 2.45Ghz)
  • 1 barra de chocolate de mais de 15cm de comprimento (você pode comer ela depois)
  • 1 régua escolar normal

Um microondas é basicamente uma caixa com uma onda eletromagnética que é estacionária e que tem uma frequência de 2.45Ghz. Você deve ter reparado que as coisas que colocamos no microondas giram (tem um prato giratório), isto serve para uniformizar o aquecimento. Em nosso experimento não queremos isto; tire o prato giratório.

Considerando a forma de onda abaixo você pode notar que o campo elétrico tem picos positivos e negativos.

Como a potência é proporcional ao quadrado do campo elétrico os picos de potência são espaçados por metade de um comprimento de onda conforme o gráfico abaixo.

Desta forma deixando o chocolate por uns 40 segundos no microondas (sem girar) você vai ter pelo menos dois pontos derretidos. Meça com a régua a distância entre eles em milímetros e use a seguinte fórmula para calcular a velocidade da luz:

v = 2* (d / 1000) * 2450000000

 

Este post é uma homenagem a Ana Paula em suas batalhas com ciências na 6a série.

 

Tchau Flickr – Até nunca mais.

Se arrependimento matasse eu já estava morto há quase um ano, quando resolvi transformar minha conta grátis do Flickr para a conta Pro.

Poucos dias depois de me tornar um “Pro” no Flickr, descobri um monte de coisas que o Picasa faz que nem o Flickr Pro faz e, com quase um ano inteiro pela frente, já estava arrependido de ter pago pelo péssimo serviço deles.

Para começar, a interface de upload de fotos deles é péssima. Muito lenta, o organizador via browser é cheio de macetes e bugs e, o pior de tudo, você não tem como baixar suas fotos originais todas de uma vez. Precisa ir foto por foto, clicando em “Todos os tamanhos”, depois “Tamanho original”, depois “Download de imagem no tamanho original”. Outra alternativa é baixar com algum programa de terceiros, pago é claro.

A ideia tacanha deles é que desta forma, você faça upload de todas as suas fotos e, como não pode pegá-las de volta de uma maneira prática, fique refém da assinatura Flickr Pro ou COMPRE um CD com suas próprias fotos!

Minha assinatura do Flickr Pro termina no dia 08/01/2012 e hoje estou apagando todas as fotos que tenho cópia e fazendo o tedioso trabalho de baixar as que não tenho cópia porque foram enviadas diretamente da câmera ou do celular para lá.

Sem dúvida, foram os R$ 46,00 (US$ 24,95) mais mal gastos do ano passado.

A dica de hoje é: Não use o Flickr e NUNCA faça upgrade da sua conta do Flickr para o Pro. O Picasa faz muito mais coisas de graça e, se você precisar de mais espaço, em vez de pagar US$24,95 por ano para ter espaço ilimitado (e funções limitadíssimas), vai pagar US$5,00 reais por 20GB por ano e ainda aumenta a capacidade do seu GMail.

Deixo abaixo a resposta do FAQ deles a respeito do download de fotos:

http://www.flickr.com/help/photos/#91

How do I download a photo?

Select the photo and open the actions menu, then click the ‘”View all Sizes” link inside the menu. On the next page, choose the size you want to download and click the link in the “Download” section.

Bear in mind, you may not have permission to download the original file so you will not see “View all Sizes” in the actions menu or the “Download” section on the “All sizes” page of every photo. Please read “I’d like to use a photo I found on Flickr. How do I do that?”

On your own photos, you will always see the “All Sizes” button and the original is available with a pro subscription. There is no batch download option but you can have a CD made from QOOP.

Atualizando a Interface Gráfica durante um processo demorado no iOS

Já faz algum tempo que não colocamos uma dica de Objective-C aqui no Zeletron. Deixo abaixo uma dica legal.

Indicar que um processo demorado está sendo executado e que o aplicativo não está travado é uma das indicações do HIG (Human Interface Guidelines) do iOS. Para isso existem indicadores de atividade e barras de progresso, que indicam ao usuário que o programa está em execução ou o quanto falta para terminar a tarefa (no caso do ProgressView).

Activity Indicator
Activity Indicator
Progress View
Progress View

O problema é que qualquer alteração na interface gráfica precisa ser feita na Thread principal do programa e, se o processo demorado está rodando na thread principal, você vai ter problemas para atualizar um ProgressView ou mostrar um ActivityIndicator.

A dica é simples, você separa o código demorado numa thread em background e, sempre que precisar atualizar a interface gráfica, manda o programa fazer isso na thread principal. Assim, ó:

//Evento de um botão de "salvar"
- (IBAction)eventoBotaoSalvar:(id)sender {
    //Manda salvar numa thread em background
    [NSThread detachNewThreadSelector:@selector(salvaUmMonteDeCoisas) 
                             toTarget:self 
                           withObject:nil];
}
 
//--------------------------------------------------
//Dois métodos simples que atualizam a interface gráfica
//--------------------------------------------------
//Mostra o Activity Indicator
- (void)mostraActivityIndicator{
    self.meuActivityIndicator.hidden = NO;
}
 
//Esconde o Activity Indicator
- (void)escondeActivityIndicator{
    self.meuActivityIndicator.hidden = YES;
}
//--------------------------------------------------
 
//Salva a tralha toda
- (void)salvaUmMonteDeCoisas{
    //Mostra o ActivityIndicator antes de começar
    [self performSelectorOnMainThread:@selector(mostraActivityIndicator) 
                           withObject:nil 
                        waitUntilDone:NO];
 
    //Salva tudo (pode demorar à vontade)
    for (NSDictionary *d in meuArrayDeDicionarios){
        [self salvaDicionario:d];
    }
 
    //Depois de terminar tira o ActivityIndicator
    [self performSelectorOnMainThread:@selector(escondeActivityIndicator) 
                           withObject:nil 
                        waitUntilDone:NO];
}

Dessa forma, o programa não fica travado enquanto você está salvando aquele monte de dados. Você pode, inclusive, criar o ActivityIndicator na status bar do aparelho e deixar o usuário fazer outras coisas enquanto o App está salvando.

O código acima é só um exemplo de como podemos usar o detachNewThreadSelector e o performSelectorOnMainThread. Você pode encontrar, eventualmente, erros de sintaxe nele, mas a ideia é essa: Manda executar uma tarefa demorada em background e, sempre que precisar, atualiza a interface na thread principal.

Resolvendo facilmente o problema do botão do iPhone

Essa é a dica do ano para quem tem um iPhone!

Sabe aquele problema de você apertar o botão home uma, duas, três, quatro, cinco vezes até ele funcionar? Pois é, parece que não é problema só de hardware, pode ser que seu iPhone precise recalibrar o botão. Há uns três meses eu troquei meu botão home justamente por isso, e agora ele estava voltando a dar o mesmo problema. Testei esses passos e ele voltou a ser como antes!

Antes que me xinguem, que digam que estou louco, que isso é história da carochinha, efeito placebo, que isso é impossível; tente no seu iPhone se ele estiver com o problema. Se não funcionar, aí você pode me xingar com propriedade. Mesmo assim, se não funcionar, seu botão pode estar quebrado mesmo. 🙂

Li dica no site “Cult of Mac“, que, por sua vez, tirou do site “iDownloadblog.com

Vamos aos passos para calibrar seu botão Home:

Passo 1: Abra o aplicativo “Bolsa” (Stocks) ou o “Tempo” (Weather) ou ainda o Relógio. (Eu testei com o “Bolsa”)

Passo 2: Fique segurando só o botão de “Liga/Desliga” até aparecer a mensagem “Desligar”. Quando ela aparecer, solte o botão.

Passo 3: Aperte o botão home e fique segurando até que a mensagem “Desligar” e o aplicativo aberto sejam fechadas. Pronto. Seu botão home deve estar mais esperto agora.

E aí? Testou no seu iPhone? Funcionou? Deixe seu recado após o bip!

Tudo o que sobe desce …

Leia a matéria do G1, volto em seguida para comentar:

Uma bola metálica com pouco mais de 1 metro de diâmetro e 6 quilos caiu em uma região desabitada na Namíbia, país no sul da África. A imagem do artefato foi divulgada pelo National Forensic Institute nesta quarta-feira (21).

A bola foi achada a 750 quilômetros da capital Windhoek. Segundo o diretor de polícia forense local Paul Ludik, a esfera é feita de uma liga metática “conhecida pelo homem”. Ele afirma que habitantes do vilarejo local escutaram várias pequenas explosões há cinco dias e encontraram o artefato agora.

Feita com dois hemisférios soldados, a esfera foi achada em uma cratera com 3,8 metros de diâmetro e 33 centímetros de profundidade.

Autoridades locais entraram em contato com as agências espaciais norte-americana (Nasa) e europeia (ESA) para tentar desvendar a origem do objeto. A Nasa já havia alertado no passado para o volume de entulho orbitando a Terra recentemente, todos a mais de 28 mil quilômetros por hora. Só até julho de 2011, eram 16.094 objetos catalogados girando ao redor do planeta.

Eis a foto da bolinha

Agora a pergunta para você que acabou de entrar de férias da faculdade e está tinindo em física: com os dados acima, qual a densidade da bola?

Não deve ser nada agradável tomar uma dessa na cuca.

 

P.S.: Para quem não sabe calcular densidade o valor está abaixo em QR-Code

qrcode

Cuidado com o golpe – Fake Santander

Banco Maldito, Banco Maldito, venha comigo atolar

Se você recebeu o e-mail acima, não clique em nada. É um golpe. Delete o e-mail ou caso use GMail reporte como Phishing Scam.

Note que o e-mail não vem do Banco maldito Santander. Ele vem de contato@santandercorretora.net.br. Uma busca no Whois para este domínio dá:

% Copyright (c) Nic.br
% The use of the data below is only permitted as described in
% full by the terms of use (http://registro.br/termo/en.html),
% being prohibited its distribution, comercialization or
% reproduction, in particular, to use it for advertising or
% any similar purpose.
% 2011-12-20 16:10:40 (BRST -02:00)

% No match for domain "santandercorretora.net.br"

% Security and mail abuse issues should also be addressed to
% cert.br, http://www.cert.br/, respectivelly to cert@cert.br
% and mail-abuse@cert.br
%
% whois.registro.br accepts only direct match queries. Types
% of queries are: domain (.br), ticket, provider, ID, CIDR
% block, IP and ASN.

E ele tem um link para: http://www.acesso-santandernetservicos.com/IBPF/santander/home/defaultx5.php?GCMRequest.do?page=Santander&entryID=servicos

Domain Name: ACESSO-SANTANDERNETSERVICOS.COM
Registrar: TUCOWS.COM CO.
Whois Server: whois.tucows.com
Referral URL: http://domainhelp.opensrs.net
Name Server: DNS.TECHNORAIL.COM
Name Server: DNS2.TECHNORAIL.COM
Status: clientTransferProhibited
Status: clientUpdateProhibited
Updated Date: 16-jul-2011
Creation Date: 16-jul-2011
Expiration Date: 16-jul-2012

Internet Explorer 6 – Microsoft desligando os aparelhos

Nessa semana, a Microsoft finalmente resolveu que vai desligar os aparelhos do já morto Internet Explorer 6. Eles decidiram que em algum momento do próximo mês vão acabar compulsoriamente com o navegador, que já tem mais de uma década de vida, atualizando os sistemas “automaticamente”.

“Há 10 anos atrás, um browser nasceu. Seu nome era Internet Explorer 6. Agora que nós já estamos em 2011, numa era de modernos padrões da Web, é hora de dizer adeus.”

Este texto está no site “Internet Explorer 6 Countdown” que a Microsoft criou para acompanhar o número de usuários do IE6 até ele ficar abaixo de 1% dos computadores do mundo.

 

A cada país que for ficando abaixo de 1% eles vão colocando esse país em verde no mapa e fazendo menção a isso no rodapé da página.

A China é a campeã, com 27,9%. A Coréia do Sul está em segundo lugar no ranking de maiores utilizadores do IE6, com 8,9%. No Brasil estamos bem, com 1,4%.

Essa medida da Microsoft de banir de vez a praga do Internet Explorer 6 já vem tarde, mas antes isso do que nunca.

Manifesto pela Tecnologia

Nós aqui virtualmente reunidos, oprimidos pelo paquidérmico estado brasileiro, escravizados por uma burocracia brutal, espoliados por um absurdo sistema tributário lançamos este manifesto em defesa da modernidade.

Tivessem Steve Jobs e Wozniack nascido no Brasil ou se aqui tivessem crescido Bill Gates e Paul Allen, estariam até os dias de hoje tentando desembaraçar seus equipamentos na receita federal, teriam levado meses para abrir suas empresas, lhes seria pedida propina por políticos e a quantidade de reconhecimentos de firmas e recolhimento de guias de tributos lhes roubaria toda a criatividade.

O Brasil é um pais atrasado, lento e inimigo dos empreendedores. O Brasil trata as pessoas honestas como suspeitos e os desonestos como homens de reputação ilibada. O Brasil tolera a mentira, a incompetência e outros vícios. O Brasil necessita de uma mudança de rumo.

Por isso exigimos:

Que o desenvolvimento tecnológico seja estimulado com:

  1.  isenção de impostos de importação para tecnologia que nao existe por aqui.
  2.  que seja simples e fácil comprar bens e tecnologia necessária para seus empreendimentos.
  3.  que haja infra-estrutura decente – conexão 3G estável e rápida. Banda larga com alta velocidade.
  4.  que haja uma carga tributaria justa e simples para as áreas tecnológicas e que o uso do dinheiro do contribuinte seja muito bem cuidado.
  5.  que as relações de trabalho sejam flexibilizadas. Os profissionais de TI nao somos débeis mentais que precisam de tutela do estado.
  6.  queremos agencias reguladoras que controlem o setor de telecom e energia.
  7.  queremos honestidade sem complicação nas compras do governo.
  8.  queremos poder pagar fornecedores no exterior e receber pagamento do exterior sem ser tratados como criminosos.
  9.  que se reforme o funcionalismo publico para que o servidor publico sirva e não seja servido da coisa publica.
  10.  que o estado se enxugue para dar espaço ao empreendedor.
  11. que a Universidade Pública sirva a sociedade e não seja, com raras exceções, um antro de egos e baixa produtividade.
  12. que também que a Universidade Pública estimule o empreendedorismo e faça pesquisa em áreas que interessam ao país.
  13. que se revise a CLT lei trabalhista, ridícula, impeditiva, fruto de uma época do governo integralista de Vargas

Não pedimos, exigimos, porque somos nós os vossos chefes, nós os empossamos como governante e não estamos de forma alguma satisfeitos com vosso trabalho.

Convites para um curriculum legal

Um serviço muito útil é o StackOverflow, todos nós já o utilizamos algumas vezes para descobrir como se faz para consertar aquele bug maldito ou para aprender uma nova técnica de solução de um problema.

A comunidade StackOverflow cresceu, se tornou StackExchange e aí surgiu a idéia: porque não criar um banco de curriculums para os que trabalham com tecnologia?

Surgiu assim o Careers. Além de divulgar o seu curriculum, principalmente para empresas estrangeiras, ele ajuda você a fazer um curriculum bem feito e apresentável. Não como aquele que mencionamos em outro post.

Mas nem tudo é perfeito: o Careers é sob convite, e os convites são contados e valiosos na comunidade de TI. Então você dançou?

Não, para isto está o Zeletron. Estamos disponibilizando n convites no link abaixo. N é desconhecido para você então visite logo.

Só peço que você use bem seu convite e faça com capricho seu curriculum.

Link: http://bit.ly/uAUzDe