Windows Phone 7.5 (Mango), impressões de um usuário

Este post vai ser um pouco diferente. Primeiro por não ser escrito pelo editores tradicionais do blog mas sim por um de nossos leitores, o Mark Bierast. E, segundo, por não se tratar de um review, mas da impressão de uso dele do sistema WP7.  Gostaria de agrader antecipamente ao Mark pelo tempo investido em escrever e compartilhar este texto com todos nós. Espero que venham outros ! Com vocês, Mark Bierast.

——

Este post não se trata de um review do Windows Phone. Como existem hoje vários aparelhos rodando Windows Phone, não seria justo focar em apenas um. A ideia do post é compartilhar a impressão do sistema, após alguns dias de uso. Vocês provavelmente não me conhecem, mas sou um usuário de longa data do iOS, tendo começado com o iPhone 3G, depois o 3GS e finalmente o iPhone 4.

Então, como explicar então um usuário de iOs comentando sobre Windows Phone? Simples, antes de mais nada, não sou fanático por nenhum sistema ou marca, sou um entusiasta de tecnologia em geral, principalmente em dispositivos móveis. Atualmente tenho em casa um iPhone 4, um Nokia E5 e, a última aquisição, um HTC Trophy rodando Windows Phone 7.5 (Mango), sobre  qual vou escrever um pouco aqui.

Desde o lançamento do WP, venho prestando atenção no sistema e lendo sobre ele na internet, já que me pareceu algo bem diferente de iOS ou Android (sim, já usei bastante o Android também, sendo que o último aparelho foi um Samsung Nexus S Branco, lindão) e muito embora os usuários detestem admitir, acho os dois sistemas (iOS e Android) muito parecidos, tanto em funcionalidades quanto em interface. Na minha opinião, ambos são uma evolução da interface do Palm OS, sistema que deu origem a minha paixão pela área (comecei com um  um Pilot e usei até o Tungsten). Quando digo interface me refiro à lógica de apresentar vários ícones, um ao lado do outro, que abrem aplicações ao serem tocados.

Embora funcionem muito bem, ambos os sistemas acabam tendo a mesma forma de operação, diferindo nos detalhes. Por exemplo, um tem widgets e outro não, em um pode-se personalizar a Lock Screen e no outro não, etc. No entanto, isto não altera o mecanismo fundamental de operação,  ambos tem vários ícones que abrem aplicações ao serem tocados.

Diante desta “mesmice”, eu achei o Windows Phone como um sistema com personalidade própria e, após algum tempo de uso, posso afirmar que ele é bem diferente no funcionamento também. A melhor explicação para diferenciar os sistemas que encontrei foi em um podcast que costumo ouvir (crédito ao Coca Tech e ao apresentador Gustavo Faria) onde ele dizia, em linhas gerais, que enquanto o Android e iOs funcionam basicamente focados em aplicações enquanto que o WP funciona em cima da pessoa, da comunicação online e todas suas vertentes. Entenderam? Não? Eu explico.

Ao ligar o Windows Phone, pode parecer bem esquisito, mas ele pede a sua ID do Windows Live (coisa que não tenho). Pulei essa parte e pensei ”droga, já não vai funcionar direito”. Ledo engano! Ele ligou e então fui explorar um pouco o sistema e me acostumar um pouco mais com os “quadradinhos” (tiles, em inglês e que a Microsoft traduziu como “blocos dinâmicos”) da tela inicial do sistema. Vocês podem pensar nela como a tela inicial do Android, pois é a que fica antes da tela dos aplicativos. Até aí, tudo bem, o sistema de organizar os blocos dinâmicos é muito parecido com o Android ou iOS. Basta tocar e deixar o dedo e pronto, pode-se mudar a posição deles. Alguns tem animações, como os dos contatos, da aplicação “EU”, que falo daqui a pouco, e aplicações de terceiros também, como o Foursquare, previsão do tempo, entre outros.

 

Blocos dinâmicos do WP7

Mas voltemos a minha descoberta. Tratei logo configurar o Mail, coloquei minha conta do Gmail lá, ele aceitou de primeira e já começou a sincronizar. No entanto, quando saio do aplicativo de volta a “home”… meu bloco dinâmico dos contatos estava com várias fotos que tenho salvo nos contatos do Google rodando na tela principal. Ou seja, ele puxou os contatos do Google e já estavam no telefone. Vocês podem pensar: “grande coisa, meu Android faz isso desde sempre”. Mas a questão é essa, não é um Android com a alma do Google, isso aqui tem alma Microsoft. Eu gostei. Depois fui visitar o Marketplace para ver a quantas anda e,  aí sim, tive que criar um ID da Microsoft, pois sem ele nada de loja. No fundo isso se resumiu a criar um email no hotmail e funcionou a contento.

Com o acesso ao Marketplace ok, fui explorar a lojinha do Balmer. A primeira coisa que procurei foi o Twitter. E lá estava ele, embora muitos me falassem que não estava na loja aqui do Brasil, ele existia sim, apesar de todo em inglês, mas disponível. Baixei. Nada diferente dos demais sistemas. Tocou em cima, autorizou. Ele instala, sem sustos nem mistérios.

Após instalar, lá vou eu configurar o dito cujo. Tranquilo, configurou de primeira e permanece funcionando aqui. O que senti falta? Das notificações! O aplicativo não fornece atualizações automáticas, não avisa quando chega uma mensagem direta (DM), não avisa menções, nada. Mas para isso temos o aplicativo nativo “EU” que é mais um quadradinho na tela inicial e que eu não tinha a menor ideia para que servia. Mas pensando logicamente, imaginei que se ele puxou todos meus contatos do Google, deveria funcionar da mesma forma com os demais serviços que uso na Internet. E é isso mesmo, cliquei no dito cujo e ele pede para configurar quase tudo que se usa socialmente na Internet, como Twitter, Facebook, Gmail, tudo. Lá fui eu autorizar a Microsoft a ver todos meus dados online e, após configurar tudo, outra surpresa. O aplicativo é um agregador de tudo relacionado a você nessas redes, ele avisa (sim, no bloco dinâmico e na aplicação) que você foi mencionado aqui, que publicaram algo no Facebook relativo a sua conta acolá, e por aí vai. Um resumo bacana, já que tudo o que ele mostra é relativo de alguma forma a você, não à sua timeline toda.  Mais foco e menos perda de tempo, na minha opinião.

Agregação do "EU"

Foi aí que comecei a entender o funcionamento do Windows Phone e a proposta dele. Focar no usuário, não na Internet toda. É claro que ele tem um navegador, tem os aplicativos como os outros sistemas, mas todo o foco é em cima do usuário do smartphone. Ou seja, para quem gosta de interagir na Internet é perfeito, o aplicativo nativo EU deixa isso muito claro.

 

EU, foco no usuário

Mas como não só de redes sociais vive o usuário, vamos em frente. Outra coisa que sempre gostei no iOS e que me prende a ele é o Itunes. Tem quem deteste, mas eu sempre gostei, seja pela obrigação de ter minhas músicas e principalmente meus podcasts (sou viciado em podcasts) organizados, gerenciados de uma forma bem organizada. Isto representa grande parte do meu uso no iPhone. Como gosto de fazer caminhadas e academia, ele sempre foi meu companheiro nessas horas. Quando se pratica esportes, quanto menos aparelhos se leva, melhor. Então nada de levar iPod, celular, carteira, etc. Prefiro um aparelho que agregue tudo, é mais prático.

Mas, e agora? Poxa, iTunes lembra Apple, que lembra iOS, que lembra iPhone, correto? Errado! O Windows Phone se conecta com o iTunes perfeitamente, sem gambiarras, sem “jeitinho”, basta baixar o Conector para Mac no site do Windows Phone, marcar o que quer sincronizar, sejam músicas, Podcasts, Vídeos, Fotos (ele manda as fotos para o iPhoto) e pronto. Espetou o WP no Mac (sim, aqui um detalhe, uso Mac em casa como meu computador principal) e ele já começa a sincronia perfeitamente, desconectou, está tudo no WP. Ouviu um Podcast? Ele exclui na próxima sincronia, igual ao iPhone. Ou seja, não tive nenhum contato com o programa Zune que é necessário para sincronizar o WP no PC. Eu diria que é mais fácil ele interagir com o Mac que com o próprio Windows. Estranho, mas é assim, da mesma forma que eu usava o iTunes no Windows sem problemas.. Na minha opinião, uma ótima sacada da Microsoft, não colocando empecilho tanto na sincronia com o Mac como na sincronia com o Google. Sem dúvidas isso pesou muito para eu gostar do sistema, já que eu não tenho preconceito com nenhuma plataforma, não quero que meu gadget tenha também.

As fotos, sim, as fotos! Isso vai depender muito do aparelho, lentes, etc, então vamos focar no aplicativo, não na qualidade delas ok? Como já tinha me cadastrado em tudo que é lugar no “EU”, assim que a foto é tirada, podemos escolher para onde mandar. Facebook? Fácil, Twitter? Idem. Email? Melhor ainda. Mais uma vez ele mostra toda sua rede pessoal e é só escolher. Clicou, tá lá, e faz isso bem rápido (igual ao iPhone, mesma velocidade). Muito prático também.

Da mesma forma que quando acessamos os contatos, ele já “puxou” os dados dele, então vão aparecer as opções para contatar a pessoa: Facebook, Celular, Casa, email, etc. Tudo comum clique.

As configurações do aparelho em si também são bem simples, sem nenhum mistério. Mas ele não permite muita personalização. A tela de bloqueio é ela mesmo e pronto, no máximo mudar o papel de parede. Pode-se mudar as cores do quadradinho e não muita coisa além disso. É claro, é possível personalizar os avisos, toques, etc, mas nem perto do que os mais nerds fazem com os Androids e afins (imaginem ainda o finado N900, o rei das personalizações).

 

Tela de entrada das configurações

O sistema em si é rápido e fluído, mesmo o Trophy sendo um dos primeiros aparelhos a vir com o Windows Phone embarcado e recebendo o update para o Mango,  ele está muito rápido e fluído. Em meus cinco dias de uso, não tive nenhuma travada, nenhuma reinicialização, nada do tipo, mas assim como qualquer smartphone, ele também gasta muita bateria. Mas me surpreendi ao chegar ao final do dia com cerca de 30% de bateria para o meu uso. Em geral fico conectado direto, com WiFi habilitado e 3G também, usando por cerca de 2h/dia de MP3 (olha os podcasts aqui).

Ele tem um GPS bem competente também, muito embora ainda não tenham mapas para o Brasil, a dona Nokia com o Lumia 800 e seu Nokia Drive deve mudar isso bem em breve. No Foursquare ou RunKeeper (sim, ele existe para WP já) ele fica bem rápido e com uma boa precisão aqui.

Agora, a pergunta que todos me fazem: ele é melhor que o Android? Que o iOS? Vai mudar do iOS para ele? Bom, eu diria que desde que passei a usar o Windows Phone, meu chip principal ficou nele, não voltou ao iPhone. Mas claro que cada usuário tem seu uso específico e isso é o que acaba pesando na escolha do aparelho. O sistema tem me suprido muito bem em minhas necessidades móveis e não senti falta de algo que me fizesse correr de volta ao iPhone, coisa que ocorreu em mais ou menos dois dias com o Android. Mas, como eu disse, esta decisão é completamente dependente do seu uso.

Hoje, como o Windows Phone é mais focado especificamente em minhas atividades na Internet, eu passo menos tempo com o smartphone na mão, o que me rende mais tempo com outras coisas, o que não deixa de ser bom também. Mas bem que podiam implementar algumas notificações a mais, não é Microsoft? Quem sabe na próxima atualização, pois na última (esta semana) já posso usá-lo como hotspot WiFi e o Marketplace, cresce todo santo dia.

Acho que com isso demos uma boa “pincelada” inicial no sistema, pelo menos na parte nativa dele. Existe muito mais a respeito dele a ser dito, mas caso gostem e meu amigo Marcelo me convide novamente, podemos falar sobre a loja e alguns aplicativos em especifico. É só comentarem o post !

Abração pessoal, e foi um prazer.

Comments on this entry are closed.

  • Rogério

    Parabéns pelo texto. Gostei do foco que você deu e da forma que apresentou.

    Mas uma coisa não ficou muito claro. Como é exatamente essa agregação do “Eu” de que “tudo o que ele mostra é relativo de alguma forma a você, não à sua timeline toda”?
    Por exemplo, no Twitter não aparecerá todos os twittes, mas apenas os DM e os em que eu sou mencionado? E no Facebook? Também apenas os que eu sou citado? Poderia explicar melhor como exatamente funciona o agregado do “Eu” nesses casos?

  • Mark

    Olá Rogério, obrigado pelo elogio, foi minha estréia e creio que o Post acabou saindo mais emocional que técnico,rs. Mas vou tentar explicar melhor:

    No Twitter, sim, ele mostrará apenas os tuites em que você foi mencionado por alguém, além das Dms, claro. Ele não possui uma “time line” dos seus amigos, isso fica com o aplicativo dedicado. O bacana é que quando você clica na informação, o “EU” te dá a opção de responder a DM ou a menção lá mesmo, ele não sai, vai para o tuiter e volta, tudo é centralizado nele. Você responde, ele manda para o tuiter e para sua time line.

    No Facebook, ele mostra o que ocorre no seu perfil ou nos grupos nos quais você é cadastrado, por exemplo: Se você postou uma foto e alguém curtiu ou comentou, ele informa. Se deixaram uma mensagem no seu mural, ele informa, e assim vai.

    Da mesma forma o “EU” agirá com todos os aplicativos que você permitiu que ele juntasse através do cadastro nele mesmo, pode-se agregar emails, redes sociais, mensagens, etc..

    Espero que agora eu tenha conseguido explicar melhor, qualquer dúvida, pode mandar.

    Abraço!!

  • bnlf

    para voce ver a timeline dos amigos ou no geral, basta vc entrar no People (nao sei o nome na versao brasileira), deve ser contatos. Lá voce pode selecionar uma pessoa e vc ve um agregado de tudo sobre ela se estiver conectado nas redes sociais. Também é possivel filtrar, caso só queira mostrar facbook por exemplo ou mostrar apenas pessoas que estao efetivamente na sua lista de contatos do celular ao inves de pegar todos das redes sociais.
    Não entendi o que quis dizer com a questão das notificaçoes. O wp7 funciona com push notifications nos apps que o suportam, ou seja, se vc instalar o whatsapp por exemplo e receber uma mensagem, ele avisa via push notifications para voce, seja com um sinal sonoro e com uma barra azul no topo da tela, seja no “quadrado” do aplicativo. Muitos apps funcionam desta forma. Por exemplo, o proprio “EU”. A medida que as atualizacoes nas redes sociais vao acontecendo, o “quadrado” do “eu” vai atualizando com as informações.

  • AndreHBuss

    Parabéns e obrigado. Não é sempre que temos um usuário analisando um OS de forma imparcial. Eu sempre digo e peço para muitos postadores de plantão. Antes de malhar o Windows Phone por favor use, MAS USE. Gosto é pessoal. Eu tenho amigos que só usam Nokia simples não querem saber de smart phone e ponto final. Tem o pessoal que usa iOS Andróid. Eu sou Windows Phone ROXO. Jamais poderia escrever um post com essa imparcialidade. Novamente parabéns e obrigado. Eu abri um sorriso quando li seu post. Você captou tudo. Windows Phone não vai prender você a Microsoft. Ele vai ser como VOCÊ quiser que ele seja :)

  • AndreHBuss

    Apenas para deixar registrado, apra quem gosta de notificações em tempo real para twitter recomendo o ROWI é muito bom. Vale a pena testar :)

  • Ygor

    Excelente o post e estou recomendando aos meus amigos para que leiam… Sou fã de Sos móveis e também encontrei uma excelente plataforma nesse WP7! Acompanho o mesmo desde o seu lançamento a um ano atrás e estou maravilhado com o SO. E o que mais me identificou com o seu post é que vc assim como eu, não é fã de nenhum sistema em especifico! continue assim, excelente post!

  • Mark

    bnlf
    Olá, verdade, acho que não me expressei corretamente, eu quis dizer notificações sonoras, tipo as que o Android faz. As visuais ele faz sim, ocorre que eu gostaria que mesmo com ele no bolso, tocasse um bip ou mesmo o vibracall para saber que tenho alguma notificação. Como ele faz com os emails, mas usando no geral, nos aplicativos que tenho instalado.
    Abraço e obrigado pelas informações, como falei, também sou usuário e aprendo todos os dias alguma coisa nova com os posts e blogs e claro, com os amigos que postam aqui também,
    Abraço

  • Mark

    AndreHBuss

    Muito obrigado, realmente eu gosto de todas as plataformas e sempre que surge uma oportunidade, vou testando e importunando os amigos para saber sobre o sistema, que diga o Marcelo Barros, de tanto que pergunto do Meego para ele, é outro sistema que quero testar assim que possível…

    Gosto mesmo é de tecnologia, deixo a briga entre sistemas para os fabricantes…

  • Mark

    Ygor

    Muito obrigado, com certeza eu gosto de todos os sistemas de s40 a Meego… deixa a briga de Sos para os fabricantes, eles ganham dinheiro com eles, nós só usamos…

  • O texto ficou muito bom. Consegui ter uma impressão que não tive com nenhum review e isso tornou muito mais clara a proposta do Windows Phone 7 que vai além da metáfora nova da interface. Tudo de forma imparcial.

    Parabéns para Mark pelo texto e para o blog pela visão de convidá-lo para escrever sobre as impressões tidas com o sistema.

  • Muito bom o post. Por esse motivo que gosto desse blog, pela imparcialidade com que as matérias são postadas, pela educação e respeito por parte das pessoas que fazem comentários.
    A matéria esclareceu muitas das minhas dúvidas a respeito do WP, só estou esperando os primeiros Nokia com WP chegarem ao Brasil.
    Parabéns pelo post!!!

  • Mark

    Vegetando e Oscar,

    Muito obrigado, realmente a imparcialidade é total aqui no Zeletron, do contrário nem haveria espaço para esse tipo de Post, ainda mais vindo de um simples leitor como eu, democracia total aqui.

    Abraços

  • Rogério

    Muito obrigado pela resposta Mark. Foi muito esclarecedor.

    E um agradecimento especial também ao bnlf. Seu comentário foi muito bom para eu ter uma visão melhor de como funciona a plaraforma WP.

    Aliás, de modo geral, parabenizo todos os que comentaram pelo bom nível, sem aquelas insuportáveis guerras entre fãs de plataformas e/ou marcas.

    Rogério

  • Renato

    Blog patrocinado?

  • MauBirochi

    Parabéns pelas impressões Mark !
    Tive a oportunidade de mexer no aparelho do Mark e olha eu estava com um pé atrás em relação a estes quadrinhos, mas mexendo nele gostei bastante , a fluides do sistema é bem legal e as transições de tela são maravilhosas. Qdo comentei que achava aquele azul calcinha dos quadrinhos muito feio, prontamente foi mudado para outras cores, pink (Uiii) e verde, e vermelho que ficou bem legal.
    Se for possível coloque uma foto tirada com ele para vermos a qualidade.
    Um grande abraço.

  • Pherrugem

    Cara, mandou bem nas impressões. Eu também acho que o iOS é um aperfeiçoamento do Palm OS (ainda hoje uso meu Palm TX diariamente), tanto no visual quanto na proposta de simplicidade e facilidade de uso.

  • raladoshow

    Parabéns pelo texto Mark; muito bem escrito, imparcial, praticamente à prova de fanboys de qualquer sistema.

    Grande abraço.

  • Mark

    Mau, Vegetando e Ralado,

    Muito obrigado amigos, com certeza é um sistema bem gostoso e liso de usar, e com as trapalhadas que o ios anda fazendo, sei não se ainda não fica com uma boa fatia do mercado esse Windows Phone..

  • AndreHBuss

    Mark, aproveitando o post. existe alguma coisa na programação do site que é incompatível com os complementos básicos do IE. Para acessar o site eu preciso usar o meu IE sem complementos. Poderias dar uma verificada nisso? Desde já muito obrigado :D

  • Lívia

    Mark, gostei muito do que escreveu !
    Acredito que o WP é uma tríade entre pessoas, internet e aplicativos inteligentes. Só precisa melhorar na questão das conexões VPN dentre outras coisas. Eu não me acostumei com a interface minimalista, sinto falta do colorido do Android e IOS (Rs). Entretanto, a fluidez que menciona, minimaliza essa sensação.
    Na Vivo só existem dois modelos com WP: HTC Ultimate e Samsung W. 1799 e 1349, respectivamente. Particularmente, gostaria de ter opções mais baratas para atingir o maior número de público. O percentual de usuários de smartphone é relativamente pequena, 27%, se não me engano. Fiquei feliz pela decisão da Nokia de utilizar esse sistema operacional porque ela pode ajudar a aparar essas arestas. É uma pena que não virá para o Natal.
    Abs,
    Lívia

  • Mark

    Olá Livia,

    Muito obrigado, realmente ele ainda está mais “verde” que o iOs e Android, mas acredito no potencial da plataforma, a médio prazo, pois o nome Windows ainda traz muita familiaridade com o usuário… junte-se a isso nomes de peso em nosso mercado como Nokia e teremos um belo futuro, assim espero, pois quanto mais concorrência, melhor para nós consumidores…

    Eu continuo com o iPhone também, tenho usado ambos os sistemas e acompanhando o crescimento do WP dia a dia…

  • david

    Eu curto adoro nokia.. gostei do seu texto.. o que me diz a respeito do nokia lumia 710? uma boa investida?

  • O preço do Lumia 710 é bom, comparado com alguns Androids. Ainda estou com ele há pouco tempo para poder dizer se é bom ou não.

    Até agora estou gostando do aparelho.

  • ulisses

    Parabéns pela analise…
    Tenho algumas duvidas…
    1. Como selecionar um contato para fazer uma discagem direta
    2. Como assistir um filme com legenda
    Um abraço

  • Luís Magalhães

    Mark, parabéns pela ótima análise! Comprei um Windows Phone há 2 dias e também tive uma agradável surpresa. Acho que tua análise abordou pontos importantes deste sistema e foi de uma precisão sensacional!! Acho sim que há pontos a melhorar, mas o sistema tem seus méritos e merece sim o crédito!
    Abraços!!

  • Andreh

    Muito boa a analise.. Sou usuário do sistema há alguns meses e adorei o sistema.. Enxergo como uma saída aos atuais.. Uma verdadeira inovação.. Muito eficiente mesmo jovem. Como todos, ainda há o que melhorar.. Espero atualizações periódicas para ir corrigindo os detalhes que peca. No geral é ótimo! Inclusive estou escrevendo dele.. Haha’
    Parabéns!