Mercado de Trabalho – A dificuldade de arrumar um bom programador

Na empresa em que trabalho estávamos precisando de alguns bons programadores C/C++ ou no caso dos sonhos Objective-C para tocar alguns projetos que estavam emperrados por falta de gente. Passaram a busca deste programador para mim.

Confesso que fiquei surpreso após meses de busca de não encontrar ninguém disponível, acabamos contratando um programador equatoriano que vive em Quito e está trabalhando via home-office. Mas ainda sigo buscando uma solução local.

Tudo isto fez com que eu refletisse a razão desta dificuldade. Em primeiro lugar o mercado de TI está aquecido e os bons profissionais estão empregados e em geral satisfeitos com seu emprego. Há um fator que não pode ser desprezado que é a falta de pessoal qualificado: muitas faculdades de TI/Ciência da Computação/Informática não tem bons cursos, não vou citar nomes para não constranger ninguém, mas creio que todos sabem o que falo.

No entanto há um terceiro ponto: muita gente que se candidata a uma vaga em TI não é geek. É isso mesmo, para ser um bom programador é preciso ter algo de geek, gostar de tecnologia, gostar de desafios de lógica, estar antenado nas novidades.

Bom se você souber de um bom programador pode mandar o curriculum dele no meu gmail (ppaulojr). Enquanto isto continuo a minha busca por um programador Jedi. Pode até ser o Mel 🙂

Real Programmers

10 comentários em “Mercado de Trabalho – A dificuldade de arrumar um bom programador”