Google compra Motorola para fazer o que o Google critica

Há uns dias atrás o Google começou um #mimimi do tipo “ninguém me ama, ninguém me quer” acusando a Microsoft e a Apple de estarem comprando empresas para atacar o pobre Android. A Apple ignorou o chororô do Google, mas a Microsoft partiu para o pau e o tweet de um dos executivos de Jobs e um chute nos países baixos do Google:  “Free advice for David Drummond – next time check with Kent Walker before you blog. 🙂 http://t.co/PfKle9H

Ou seja, Microsoft, Apple e Oracle ofereceram ao Google para entrar junto com eles no pool de empresas que estava adquirindo as patentes e o Google declinou.

Hoje o Google anunciou que adquiriu a Motorola para fazer o que estava criticando. Obter patentes para o Android.

Vamos ver se o Google vai doar as patentes da Motorola para a caridade …

Comments on this entry are closed.

  • Passado o susto que ocorreu com a notícia, já estava esperando seu comentário sobre o assunto.

    Com essa mudança, o que você espera que mude no mundo Android?

    *Está parecendo entrevista, mas como seus comentários sobre o assunto costumam ser polêmicos, estou curioso a respeito das previsões sobre o mercado móvel.

  • Mas essa era a estratégia do google, fazer mimimi para distrair os concorrentes enquanto ela comprava a motorola por baixo dos panos.

    Pelo que parece deu certo…

  • McDowell

    Longe de doar. A Google sabe muito bem o que faz. O que ela fez com isso foi garantir o seu mercado de propaganda em celulares, que é a maior renda da empresa. A intenção é não agredir os parceiros que utilizam o Android com cobranças de royalties, mas abrir, jamais!

  • Roger

    Na verdade eu encarei como uma ação defensiva.

    A Motorola tem mais de 13mil patentes na área de telecom, muitas delas são base para a telefonia celular atual.
    Com isso fica montada uma defesa do Android na base do contra-ataque. Se a Apple e microsoft quiserem engrossar com royalties fora da realidade sobre os smarts com Android embarcado, a Google vai tomar de volat esse valor e mais ainda com as patetntes que ela tem.

    Foi uma forma de manter a balança equilibrada nesse sistema de “patentear idéia, e não execução/produto”.