A Nokia e os seus defuntos

Há uma hora, no evento Nokia Connection 2011, em Singapura, houve o lançamento oficial do N9, o futuro topo de linha da Nokia.

O aparelho tem um Hardware de tirar o chapéu. Vejamos:

* Tela AMOLED de 3,9″ de vidro resistente a riscos
* Resolução de 800×480
* Câmera de 8MP com foco automático e lentes Carl Zeiss
* Captura de vídeos em HD
* Som com tecnologia Dolby Digital Plus e Dolby Headphone
* NFC (maneiro!)
* Processador 1GHz (gostaria de saber qual é)
* 1GB de RAM
* Armazenamentos de 16 e 64 GB

E aquelas outras coisas que a gente nem presta atenção:

Bluetooth, aplicativos Qt, vídeo player em 16:9, bateria interna (bate na madeira para ser melhor do que a do N8), Sistema MeeGo…

Peraí!!! MeeGo? Eles disseram MeeGo???

Isso mesmo. A Nokia parece que tem pena de enterrar seus defuntos.

20110621-015307.jpg
Montagem com a tela do jogo Plants vs. Zombies

Neste evento de hoje, além do N9 com MeeGo, anunciaram o Nokia Maps para S40 (não escrevi errado) e que o Symbian Anna será lançado até Julho. Conseguiram falar de todos os Zumbis num evento só.

E os aparelhos com Windows Phone 7? Bom esses não participaram da festa para os Zumbis.

Pode parecer implicância minha esses comentários, mas eu estava torcendo para ver um WP7 neste evento ou até um celular com Symbian Anna. Confesso que fiquei decepcionado com o MeeGo.

Minha única esperança desse N9 não virar o mico que o N900 foi, é o Qt. Talvez, com a facilidade de se portar programas, o sistema tenha bons aplicativos.

Mas será que os consumidores, vacinados por causa do N900, vão acreditar que dessa vez “tudo vai ser diferente”?

7 comentários em “A Nokia e os seus defuntos”