Damas Deluxe lançamento com Multiplayer

Com o surgimento do iOS 4.1 a Apple introduziu o Game Center que é uma plataforma para suporte a tabela de recordes, multiplayer via 3G, WiFi e Bluetooth e gerenciador de proezas (achievements). Já falamos dele no Zeletron anteriormente.

Hoje saiu nosso primeiro jogo que suporta multiplayer usando este mecanismo, chama-se Damas Deluxe e permite que você jogue via multiplayer ou contra o IPad, IPhone e IPod Touch.

Vale a pena desembolsar a fortuna de US 0,99 para conhecer esta tecnologia. http://itunes.apple.com/br/app/damas-deluxe/id427160778?mt=8

 

 

Foursquare – Use a seu favor

O foursquare já não é um serviço novo há muito tempo. Dizem até que existem serviços melhores, mas não vou entrar nesse mérito. O que eu vou dizer aqui serve para qualquer serviço que misture localização geográfica com redes sociais.

Para quem não sabe, o Foursquare é uma mistura de jogo com rede social onde você pode compartilhar com outras pessoas o lugar onde você está no momento. A graça do 4sq (abreviação de Foursquare) é publicar no Twitter, Facebook e cia sua localização, juntamente com seus comentários.

Exemplo de post do Foursquare no Facebook
Exemplo de post do Foursquare no Facebook

A cada check-in no Foursquare você ganha pontos para competir com seus amigos. Se você vai muito a algum lugar, pode se tornar o prefeito (mayor) daquele lugar. Além disso, o serviço dá distintivos (badges) para alguns feitos (Fazer check-in com N pessoas, fazer N check-ins no mesmo dia, etc). Tudo isso conta no jogo.

Outra coisa interessante desse serviço é o fato de alguns estabelecimentos usarem os dados do Foursquare para darem descontos aos seus clientes, como forma de fidelizar os clientes. Apesar de já ter visto isso aqui no Brasil, essa prática ainda não está muito difundida por aqui, mas em outros países é bem utilizada. Na Escócia, por exemplo, vários pubs dão descontos ou bebidas grátis ao mayor do estabelecimento no Foursquare. Outros estabelecimentos dão descontos para os que fizerem check-in N vezes no Foursquare.

Para as empresas, isso é excelente, já que eles sabem exatamente o perfil de cada usuário do seu estabelecimento (o que usam foursquare, é claro), além de poderem descobrir os problemas que quase nunca saberiam, já que o check-in quase sempre vem junto com um comentário.

Até aí, tudo bem, mas agora vem o problema da brincadeira.

Algumas pessoas têm usado o foursquare de forma errada, inadvertidamente ou de má fé, e acabam se prejudicando ou até prejudicando outras pessoas. Me explico. Como isso é um jogo e cada check-in conta, as pessoas acabam apelando para conseguir ficar na frente de seus amigos.Tenho visto várias pessoas fazendo check-in em casa ou fazendo check-in na casa de outras pessoas. Alguns colocam até o número do apartamento para poderem criar lugares diferentes dos já existentes.

Isso acaba expondo o seu endereço ou, o que eu acho muito pior, expondo o endereço de outras pessoas que, às vezes, nem sabem que estão expostas. Um convidado que vai à sua casa, pode colocar seu endereço no Foursquare e você não poderá tirar o local da rede. Outra coisa, tão ruim quanto fazer check-in em casa, é fazer check-in no trabalho. Para piorar, não se pode apagar um lugar no Foursquare, ou, pelo menos eu não achei uma maneira de se fazer isso nem no site deles.

Um site americano quis mostrar o risco de abrir essa informação na Internet e criou o “serviço” Please Rob me (Por favor me assalte), que fazia justamente uma busca por “house”, “home”, “work” e cia no Foursquare e retornava os últimos check-ins na sua home para qualquer um ver. O serviço (http://pleaserobme.com/) já foi tirado do ar, restando só o site, mas, enquanto ainda funcionava, era assustadora a quantidade de pessoas que fazia check-in em casa ou na casa de alguém conhecido.

Deixo abaixo, umas dicas para você usar bem o foursquare:

  1. Nunca faça check-in em casa ou no trabalho
  2. O mesmo serve para a casa de outras pessoas
  3. Não aceite como amigos no foursquare pessoas que você não conheça.
  4. Só faça check-in em lugares públicos.
  5. Faça check-in na hora em que já estiver saindo.
  6. Por caridade com seus amigos, nunca faça check-in no banheiro (ex.: Fulano checked in @ banheiro do shopping)

Na prática, para mim o foursquare só serve para eu fazer check-in nos lugares que dão desconto por frequência ou, quando estou viajando, para os amigos e parentes poderem acompanhar um pouco da viagem. Às vezes dou check-in em lugares que estou passando próximo, só para ganhar pontos e bagunçar a vida de quem acha que vai descobrir alguma coisa sobre mim no foursquare. 😀

Isso não é neurose, é precaução. Nunca se sabe quando alguém usará essa informação para te prejudicar.

Resumindo: Pense bem antes de revelar para o mundo todo aonde você está ou esteve. Isso pode ser usado contra você ou contra outras pessoas.

Observação sobre os celulares na Europa

Desde 2003, quando vim pela primeira vez à Europa, sempre reparava que todo mundo por aqui usava um celular da Nokia. Era quase uma unanimidade.

Quando fui em 2009 aos EUA, a convite da Nokia, reparei que por lá o mercado era o oposto, quase ninguém usava Nokia. Na terra do Tio Sam era mais comum ver um o iPhone ou, principalmente, os diversos tipos de Blackberry.

No mesmo ano de 2009 fui à Inglaterra, Itália e Portugal, e ainda naquele ano a Nokia reinava no velho continente. Quase não se via iPhone por aqui.

De lá para cá muita coisa mudou. Em janeiro fui a trabalho a Madri e agora estou de volta à Europa de férias. Já fui à Alemanha e agora estou na Escócia. Amanhã sigo para a Hungria. Nos três primeiros países, a quantidade de iPhones e aparelhos Blackberry que eu vi foi muitíssimo maior do que celulares da Nokia. Uma mudança brutal. Vamos ver como estará a Hungria amanhã.

Curiosamente vi poucos aparelhos com Android e nenhum com WP7 nas mãos das pessoas. Nas vitrines vi vários dos dois tipos, mas em uso na rua, poucos. A quantidade de iPhone 3G S e iPhone 4 que eu estou vendo em uso é impressionante. O Blackberry também está bem.

Acredito que isso ainda pode ser revertido, ainda que parcialmente, com essa decisão de fazer aparelhos com Windows Phone 7. Resta só saber quanto tempo vai demorar para eles recuperarem o mercado perdido. Os aparelhos com WP7 precisam ser lançados o quanto antes para estancar o sangramento da Nokia e fazê-la voltar a ser pelo menos uma das maiores competidores deste mercado.

Criando uma comunidade para seu jogo

Uma das coisas que aprendemos com a criação do Boliche Medieval é que um jogo pode reunir uma comunidade de pessoas que gostaram e querem trocar dicas sobre ele.

O Boliche Medieval já teve 150.000 downloads aproximadamente e, apesar de não ser a nossa principal aplicação, é a que tem uma maior comunidade. Surgiu naturalmente, com pessoas usando a área de avaliação do produto para trocar experiências dos níveis mais difíceis e foi evoluindo com mensagens no twitter e no facebook.

Resolvemos potencializar a comunidade e ajudar os jogadores desesperados para passar uma determinada fase criando um Twitter específico: twitter.com/netfiltergames e um canal no Youtube com vídeos com dicas: youtube.com/netfiltergames

O resultado foi positivo, tanto em termos de downloads como em termos de satisfação dos usuários.

Acho que é uma dica importante para ser pensada por aqueles que querem desenvolver aplicativos que serão usados por grupos grandes de pessoas.

Recuperando o Ovi Store do N8 após hard reset

Se você é um daqueles infelizes que fez um hard reset no N8 (versão 011.012) e não conseguiu reinstalar o aplicativo Ovi Store, a boa nova é que agora é possível, com o firmware 013.016 (PR1.1).

Basta reinstalar o firmware (cerca de 173MB), via Ovi Suite, e depois ir no aplicativo de atualização de software do aparelho. Ele irá listar o Ovi Store como disponível para instalação (uns 15MB). Instale, atualize e terá novamente o aparelho funcionando normalmente.

Eu passei por isso e, confesso, foi irritante. Usuário antigos de Nokia sempre fizeram hard reset. Estão habituados. E, de repente, perdem um dos aplicativos mais importantes por quase 3 meses. Eu tentei de tudo, nenhuma dica mágica encontrada na internet funciona de verdade. Pra piorar, quando saiu o firmware 013.016, eu fiz update via OTA e não tive a opção de atualização do Ovi, era preciso fazer via Ovi Suite. Ao tentar fazer via Ovi Suite, descobri que a opção “reinstalar” não estava disponível. Ela só apareceu cerca de duas a três semanas depois, permitindo a correção da falha.

Por alguns momentos quase cometi uma besteira, pensando seriamente em usar ferramentas como Phoenix Service ou Nokia Care, encontradas no submundo da internet. Como o NaviFirmware não mostrava o firmware correto para o meu product code, acabei desistindo. Aliás, não parece ser possível mudar o product code do N8. O Nessus não consegue, nem o Phoenix.

Microsoft e Nokia, os próximos passos

O dono deste blog está nestes dias numa região estratégica do mundo, não muito longe da Finlândia. Segundo ele é passeio, já a teoria da conspiração pensa diferente.

De qualquer forma, quem assistiu ao Keynote do Steve Jobs ontem terá notado que uma empresa foi poupada dos jabs que Jobs desferiu contra seus concorrentes e esta empresa é a Nokia.

Alguns dirão que é pelo fato de a Apple depender da boa vontade da Microsoft de fazer o pacote Office para Mac, outros dirão que a Nokia não está envolvida diretamente em concorrentes para o IPad, eu não sou profeta mas ousaria dizer que Steve tem um respeito pelo outro Steve (o Balmer) e por Bill Gates. Além disso a Apple sabe do poder de fogo da Microsoft e que o real adversário será o Windows Phone 7 com hardware Nokia.

Eu penso que se a Nokia fizer um celular com o acabamento genial que tinha o E71, com a qualidade de Câmera que ela domina, com um sistema de navegação bom e com uma versão mais maturada do WP7, tudo isto antes do verão no hemisfério norte, há uma grande chance de voltar a ser um dos maiores players do mercado e concorrente direto do IPhone no segmento high-end.

Vocês apostariam no nome do primeiro WP7 da Nokia?

The empire strikes back

IPad 2, iOS 4.3, novo ITunes: a ressurreição de Steve Jobs

Steve Jobs voltou. Vivo e em forma, ainda de licença médica, mas com boa disposição.

Apresentou números impressionantes (US$ 2 Bilhões pagos para os desenvolvedores), tripudiou dos concorrentes, mostrou emoção quando aparece a mãe de uma criança autista dizendo que o IPad mudou a vida deles: “With the iPad, it makes him happy and independent”.

imagem @arstechnica

E ainda sobrou chumbo para o Android que segundo Steve Jobs está lançando tablets com umas 100 apps, isso, segundo ele, para ser generoso.

imagem @arstechnica

E apresentou o IPad 2 que será 33% mais fino e terá as seguintes características:

  • 10hs Bateria
  • Giroscópio
  • Saída HDMI (com adaptador que custa 39 obamas)
  • Video em 1080p
  • Processador Dual Core A5
  • Gráficos 9x mais rápidos
  • 2 Câmeras para Facetime e filmagens

Aproveitando o embalo Steve Jobs anunciou o iTunes novo com Home Sharing e o iOS 4.3 com uma engine Javascript 2x mais rápida que a anterior e com personal hotspot (para IPhone 4)