Nas nuvens

Menos de um mês atrás eu comentava sobre os serviços oferecidos nos smartphones atuais pelos grandes fabricantes. Vendo hoje o vídeo da apresentação oficial do Android Honeycomb, ficou claro que o seu smartphone Android vai ser mesmo uma extensão da rede, sua entrada na “nuvem”. Bom, primeiro assista o vídeo. Ele é de quase uma hora e em inglês. Se tiver dificuldades em acompanhar, recomendo ligar as legendas. Para isto, clique em CC, em vermelho no vídeo, na parte de baixo. Depois selecione o idioma como português. Não é tão bom quanto o original em inglês mas ajuda bastante para quem não consegue entender no idioma nativo.

Praticamente metade do tempo é gasto apresentando a nova interface. Novo Gmail, carrossel 3D, novo Maps, cópias do facetime, nova interface de foto e vídeo, novo chat, “task manager”, aplicações que podem rodar em smartphone e tablet, etc. Nem vou comentar sobre isso, veja e gere a sua opinião se é melhor ou pior que o iPad (é o que acabam fazendo, uma guerra que não vou financiar aqui).

Depois, parceiros e funcionários do Google são chamados para apresentar novas funcionalidades e aplicativos que as exploram. A aplicação da CNN é bem interessante, virando um “youtube das notícias”, além do conteúdo “live” de TV. A CNN também criou uma forma fácil de você ser o novo repórter chamada de “iReport”, subindo vídeos e imagens diretamente do tablet. Nada como usar o poder coletivo para se dar bem, não ? Fabricantes de jogos também aparecem, mostrando as novidades e a velocidade da nova engine 3D.

No entanto, o que chamou realmente a minha atenção foi a nova loja de aplicativos. Eles mataram o sincronismo tradicional, simplesmente. Nada de cabos, nada de USB, tudo pela rede. Você compra na loja e .. tchan ! Aparece um download no seu aparelho. E, claro, eles já sabem sobre tudo que você colocou nos seus aparelhos Android. Perguntas sobre segurança são pertinentes, mas não tenho nenhum dado mais técnico ainda.

Agora, aumente isto um pouco mais. Provavelmente vocês já escutaram sobre a futura loja de música do Google. Quer apostar que vai ser apenas um comprar e .. tchan! Aparece no seu smartphone ? E o melhor, com tudo salvo também na nuvem, para você usar de qualquer coisa que logue na sua conta do Google, seja do Android telefone, Android tablet, PC, Android som do carro, etc. Não tenho dúvidas que vários serviços virão.

Eu estou com medo.

Comments on this entry are closed.

  • Mark

    parabéns pelo ótimo post Marcelo, foi a exata sensação que tive ao usar o Android, e olha que só estou testando a 24 horas, e venho de 3 anos com symbiam e iOs.. sim, sou a minoria que também não financia essa guerrinha besta de internet… prefiro ir testando e avaliando por meu uso…

    Estou maravilhado com o sincronismo na nuvem, mudou algo nos contatos do email? Tá lá no smarth… mudou algo no smarth? Tá lá no PC..

    Impressiona mesmo, e até agora, encontrei no android market 99% do que eu uso no iOs.. e isso em apenas 24hs… mas como nem tudo são flores… a bateria vai embora rapidinho com todas essas opções on the air…

  • marcelobarros

    Android sem conexão o tempo todo não faz muito sentido pra mim. Perde-se muito do potencial do aparelho

  • Para quem veio do Symbian, como eu, Android é realmente outro mundo! Mas esse negócio de Google tudo também me assusta. Por enquanto tô indo na onda, vamos ver até quando.

    Forte abraço a todos

  • marcelobarros

    🙂 não demora muito surgirão entrincheirados, guardiões do último bastiāo do anonimato, gerenciando tudo à moda antiga. Conectar-se na internet será quase um pecado.

  • Mark

    Verdade Marcelo, porém eu pessoalmente estou adorando a vida on-line que o android proporciona… não sei se é por eu nunca ter usado ou se é característica do 2.2, mas é muito prático…