Celulares e erros de continuidade em Tropa de Elite 2

Tropa de Elite 2 bateu todos os recordes de público do cinema nacional, e apesar de não ser tão bom como o primeiro pois o Padilha se rendeu à patrulha ideológica está muito bem feito.

Mas nosso assunto aqui não é sociologia e sim tecnologia e portanto gostaria de chamar a atenção para o fato de que celulares e outros aparelhos tecnológicos apresentam um grande desafio para a continuidade e realismo dos filmes. Quando saiu o Tropa de Elite um mostramos como ele tinha um erro de anacronismo ao colocar um celular CDMA em 1997.

Agora no Tropa de Elite 2, aproveitando que já está nas locadoras, gostaria de lançar um desafio aos leitores do Zeletron: há muitos erros de continuidade no Tropa 2 (abaixo mostro um) e vários deles estão ligados a trocas de celulares ou não prestar atenção a modelos. Quem identificar erros assim pode colocar nos comentários.

Exemplo de erro básico de continuidade.

Soldado branco e com cabelo raspado vira soldado negro e com cabelo não raspado.

Alguns celulares no filme


Comments on this entry are closed.

  • Carlos

    Seria impressão minha?
    Pelo que percebi todos os vilões tinham celulares Nokia, enquanto os mocinhos tinham celulares Samsung.

  • Pedro Paulo

    Eu não havia notado isto.

  • JK

    Olá,

    Um dos erros que percebi no Tropa de Elite 2 foi a idade do filho doNascimento, se o filho dele nasceu na historia do Tropa de Elite 1 que se passou em 1997, como que o filho dele tinha 16 anos na historia do filme atual, que se passou em 2010?? Outro erro fou no enterro do Matias, o Nascimento e o ex comandante da PM, que estavam paisanos, prestam continencia, não sou militar, mas até onde sei os militares só prestam continencia fardados. Outro erro se baseando na ordem cronologica que se passaram os filmes foi a de um dos vilões do ultimo filme, o Rocha, onde no primeiro filme ele era sargento e no ultimo filme era major, como falei não sou militar, mas a duvida é, existe a possibilidade de um praça chegar a oficial superior, e se existe, pode ser em tão pouco tempo???

  • JK, prestar continencia estando em paisano é permitido sim, inclusive todos os militares da reserva fazem isso.
    Quanto a questão de promoção, no exercito seria meio impossível, mas na PM com todos sua maracutaia foi recentemente veiculado nos telejornais que em Goiás, existe a promoção por “merecimento” e aí meu amigo, bastava ter um QI forte pra subir de cargo rapidinho… e mesmo sendo um praça chega oficial superior sim, meu pai entrou como recruta no exercito e após arduos 30 anos de serviço se aposentou como capitão…