O terceiro setor chega aos smartphones

Enquanto os donos de smartphones se digladiam, cada um achando a sua plataforma com mais aplicativos ou com a interface mais intuitiva, boa parte deles esquece a próxima briga no campo da mobilidade: os serviços !

Quem já acessou o seu email em um aparelho com Android entende bem o que eu estou dizendo. A experiência é muito boa, ainda mais em telas generosas como a do Milestone. Outros serviços do Google estão disponíveis, como Google Earth, Agenda, Documentos e Mapas, de forma totalmente integrada com o que você já está acostumado no seu computador. Viciante, uma verdadeira extensão da sua conta no Google.

A Nokia já sinalizava há um bom tempo a sua caminhada nesta direção. Hoje é possível acessar o Ovi Maps e programar uma viagem inteira, criando rotas e pontos de interesse. Depois, basta sincronizar o seu aparelho usando a sua conta Ovi e se beneficiar com os mapas e navegação offline. Se quiser registrar o percusso, o Sports Tracker pode salvar o caminho feito e, de quebra, fazer fotos e vídeos. Como esperado, tudo pode subir depois para a sua conta no Sports Tracker e ser compartilhado. Contatos, agenda, email, notas, fotos e vídeos podem todos parar no portal Ovi. Finalmente, os usuários de N8 tiveram o primeiro contato com o aplicativo “Social” para acesso a redes sociais. Bem modesto, ainda mais quando comparado com clientes sofisticados do iPhone ou Android, mas consistente com a tendência de serviços.

Vale lembrar que a RIM, com seus Blackberries, foi pioneira nesta área, agregando serviços corporativos de email, contatos, mensagem instantâneas, documentos e agenda. Fico também pensando no sucesso que Windows Phone 7 pode fazer nesta área se integrar adequadamente não somente o Exchange mas outros serviços corporativos como o SharePoint, por exemplo.

Mas você deve estar se perguntado: e a Apple ? Mesmo que os usuários de iPhone continuem achando que ele é a plataforma com mais aplicativos, mais “sexy” e mais intuitiva, não parece existir uma grande iniciativa em prover serviços por parte da Apple. O foco ainda continua no incentivo à criação de aplicações que integrem o iPhone a serviços de terceiros. Uma estratégia diferente, sem dúvida. Difícil é dizer qual delas é melhor, apesar de a primeira ser, provavelmente, mais barata e integrada para o consumidor.

Comments on this entry are closed.

  • Pedro Paulo Jr

    Acho que no caso de serviços o que você falou sobre Android é verdade, embora o Android peque por outros problemas graves que já falamos aqui, o que falou sobre o Blackberry é muito verdade embora a questão dos pacotes de dados Blackberry seja algo meio limitante para seu chip, e o que falou sobre o Windows 7 é verdade.

    Já o que falou sobre a Nokia não estou de acordo porque a Nokia tem o mau hábito de abandonar produtos pela estrada, que o digam os usuários do Ovi Files.

    Já o fato da Apple não estar investindo em serviços acho uma afirmação tendenciosa que não se traduz em fatos: a Apple tem o serviço Me.com, tem o iWorks.com, tem a ITunes Store que é a maior loja de conteúdo de midia do mundo.

    Mas o primeiro parágrafo explica bem estas diferenças de percepção.

  • Dario

    A última viagem grande que fiz foi frustrante de programar no Nokia E71. A interface web do Ovi Maps é péssima, fica te deslogando por timeout o tempo todo (embora você marque a opção de te manter online). Se marcar muitos pontos no mapa, o Ovi Maps do telefone dá pau (tudo bem que eu tinha centenas, mas não é desculpa). Não sei se mudou de lá pra cá… Provavelmente não, pois já vinham reclamando disso faz tempo!

  • Bucabala

    Concordo com o Marcelo, e relembro ainda que o android esta em pleno desenvolvimento e pesquisa, enquanto outra plataformas estao tendo que se retorcer completamente pra conseguir algo novo.

    Mas nao acho que a nokia tao ruim assim nao. Acho que isso, ou é ressentimento guardado, ou é em prol de marketing? Acredito ser idiotice manter projetos que nao dao resultados positivos. O negocio é cortar custos, anulando estes e criando outros mais ousados. Isso se chama capitalismo.

    A RIM teve a melhor ideia de todos os tempos, e há muito tempo atras, o unico porem é que na epoca nao havia hardware para para acompanhar esta ideia, hehe. Hoje, acabou ultrapassada pelas suas proprias ideias.

    obs.: alguem, pelamordiDeus, compra o meu n96 e o meu n97mini? é que to juntando grana pra comprar um iphone e um galaxy5. se interessar meu hotmail ta no meu nome mesmo, bucabala…

  • Aknaton

    Bom dia!
    Sou de mesma opinião do Marcelo Barros! Mas não vou me apegar a marcas e plataformas, pois todas tem seu ponto forte e fraco!
    O importante é os serviços oferecidos funcionam ?
    São para todos os usuários ou pra uma seleta casta?
    São fáceis de usar ? Qual a real utilidade deles ?
    A simplicidade é a resposta pra tudo !

  • Marcelo Barros

    Concordo, @Aknaton. Um mix de serviços Android+Nokia, com algumas coisas da interface do iPhone+Android e com hardware Nokia+iPhone daria um smartphone bem legal 😀

    @Dario, o ovi maps já deu trabalho, mas o atual está excelente. Só a capacidade de baixar todos os mapas via wifi direto no aparelho, sem precisar do ovi suite, já valeu a pena. Tem funcionado bem. Mas lembro do tempo do E71 onde bastava ir e voltar no zoom para o programa cair. Testa-se pouco, perde-se clientes. E recuperar é muito difícil.