Nokia N8 – prefácio

Confesso que tive uma impressão bem positiva do Nokia N8. O N8 é o primeiro equipamento a rodar o Symbian^3. Gostaria de ter tido esta mesma impressão nos quinta edição anteriores (N97, XM5800, entre outros) mas infelizmente não fiquei tão satisfeito com eles. Acredito que a tela resistiva e a necessidade de duplo toque nas listas contribuíram grandemente para isso, diminuindo a usabilidade. Com o uso, é fácil perceber algumas mudanças importantes e notar que o sistema está muito mais fluídico e responsivo, mesmo guardando uma grande herança do quinta edição. No entanto, não esperem uma interface totalmente nova no Symbian^3, isto só irá acontecer no Symbian^4, em 2011.

Também fiquei bastante satisfeito ao ver o N8 chegar rapidamente ao mercado nacional, sem os longos atrasos (veja o caso N900), mostrando um novo posicionamento da Nokia na América Latina. O preço de lançamento praticado também é bastante atraente, por volta de 1400 reais, desbloqueado. Imagine o quanto deve cair alguns meses depois ou em planos pós-pagos. A facilidade de desenvolvimento provida pelo Qt, o grande investimento na plataforma de desenvolvimento e o forte apoio ao desenvolvedores pela Nokia deve gerar uma onda de novos aplicativos para o primeiro semestre de 2011. Adicione a isto uma nova Ovi store no N8, totalmente remodelada, fácil de usar e que permite downloads simultâneos de forma bastante simples.

Vale ainda lembrar que a versão de firmware disponível no meu equipamento é ainda uma “PR1.0” (Pre-Release – pré lançamento), e que alguns problemas que existem devem ser corrigidos em um release final.

Eu optei por tomar um caminho diferente para publicar avaliações do N8: deixar com o usuário a análise. Se por um lado isto pode tornar a avaliação menos técnica, por outro pode deixar uma visão mais próxima do nosso leitor. O primeiro escolhido para tal tarefa foi o @Valtinho, amigo real e virtual. O Valter é dentista (ok, odontólogo), logo não reparem em “caras e bocas” evidenciadas nas fotos. No próximo post ele começará a sua avaliação, provavelmente focada em multimídia, o ponto forte do equipamento e necessidade primária dele. Vou me limitar a comentar os pontos que julgar necessário.

Caso desejem ver algo não coberto aqui, comentem no post e eu posso dar mais detalhes para vocês.

Nokia N8

Nokia N8

Comments on this entry are closed.

  • Milton T

    Vou aguardar as considerações, mas agora acho difícil eu retornar aos symbians

  • Marcelo Barros

    @Milton
    Recuperar o cliente não é nada fácil 🙂
    Eu até gostei do Android (tenho um Milestone) pela riqueza de aplicações e interface, mas não gostei da parte multimídia. Adorei a integração com gmail, mas não gostei dos mapas, por exemplo. O Nokia Maps é bem melhor. Enfim, é uma decisão com uma grande parte pessoal e relacionada aos serviços que cada um precisa. Eu, por achar que os serviços são mais importantes que aplicações, continuo gostando do que a Nokia oferece: contatos, agenda, fotos, vídeos, notas e mapas em rede, tudo sincronizando. Adoro fazer rotas no Ovi maps e apenas sincronizar depois, por exemplo. iPhone não me interessa, fechado demais, limitado demais. As milhares de aplicações não me seduzem. Saindo da Nokia iria pra um Android 2.2, sem dúvida.
    Bom, N8 em uso contínuo à partir de hoje. Vamos ver se não tenho recaída com o E72. Mais detalhes em breve …

  • Será que blogueiros menos importantes que o Sr. conseguem um desses pra testar com a Nokia algum dia (nem precisa ser tão logo)? Já nos negaram o N900, mesmo depois de tudo o que já escrevemos sobre ele… =/

  • João Bernardo

    A parada não é ser blogueiro. Tem que ser Forum Nokia Champion! 🙂

  • Olá amigos, antes de tudo, sou o “sumido” tiranorex…..
    Panaggio, realmente depois de tudo que fizeram pelo N900 deveriam era ter ganho um de presente pela NOKIA, mas todos que acompanhamos o Zé desde a epoca de NOKIABR sabemos muito bem que a politica da empresa é mais louca e sem parametros do que a da Apple pra aprovar app né???

    O que o João BErnardo falou tem muito sentido, acho que é por ai o caminho.

    Agora falando do N8, eu depois do N900 não consigo me acostumar mais com aparelhos full touch, o teclado real é uma necessidade, atualmente alem do meu N900 estou com um Ipod touch e um Omnia, e nenhum dos dois é tão bom de digitar qto o N900…desse modo só usando o N8 pra saber se consigo ter aquela sensação gostosa que tive qdo comprei meu 5800 e que sumiu com o N900 rsrsrsrsrs.

    Outra coisa, depois de usar o Maemo, a gente fica mal acostumado para voltar a “velha” cara do Symbian… mesmo que por dentro ele esteja mais robusto e reformulado, acho que deixar a aparência quase igual as versões anteriores não foi uma boa jogada não… vide Microsoft e seu OS, bateu tanto nessa tecla que as fabricantes lançaram suas rooms customizadas (htc principalmente). será que o N8 só vai ficar com “cara de novo” com o SPB MOBILE SHELL???? espero que não.

    Por ultimo, já havia dado os parabéns pelo twitter mas reforço aqui, Marcelo Barros, vc é “flórida” meu amigo, foi um dos primeiros com o N900, me fazendo ter uma inveja sadia do fundo do meu coração kkkkkk e agora mais uma vez sai na frente com o N8… igualmente eu falei qdo da epoca do N900 se quiser me vender seu N8, estamos ai kkkkkk

    Grande abraço a todos
    REVIGORARE/TIRANOREX

  • Pedro Paulo

    O Tiranorex se revigorou 🙂

  • kkkkkkkkkk Pedro Paulo essa foi otima…. kkkkkkkkkk
    Eu já tava com saudades disso aqui tenho que confessar kkkkkkkkk

  • Davis

    Troquei os ponto de fidelidade da operadora pelo nokia N8, aparelho muito bom.
    Só que tem que tomar cuidado para não riscar, o meu caiu do bolso ao sair do veículo e risco a tela, já fiz a encomenda da capa e película na loja novidi.com.br,