Teste de Navegação do Ovi Maps no Nokia 5530

Como essa quarta e essa sexta foram feriados no Rio de Janeiro e a quinta é ponto facultativo para muitos, lá fui eu viajar.

Na segunda feira eu havia recebido um email da Nokia para baixar a nova versão do Ovi Maps com suporte à navegação gratuita, então resolvi testar essa funcionalidade na viagem.

O Ovi Maps pode ser baixado neste link. Para carregar os mapas para seu aparelho e, assim, não precisar de plano de dados para usar o programa, instale o Map Loader (O link para ele aparece após aceitar baixar o Ovi Maps) e escolha os mapas dos países que você precisar.

Como o Nokia 5530 que uso não tem GPS, ele não aparece listado no site da Nokia, mas baixei a versão para o 5800XM e instalei sem problemas. Foi necessário o uso de um GPS Bluetooth e dos mapas carregados no cartão de memória para poder usar o programa, já que não tenho 3G nem plano de dados.

GPS Bluetooth que usei - Esse está com uns bugs...

É preciso ativar a funcionalidade de GPS Bluetooth nas opções do programa “Localização”, que fica no menu de Aplicativos, para conseguir usá-lo. Não sei se isso vem desativado de fábrica ou se o desabilitei acidentalmente algum dia, mas só descobri o problema um pouco antes da volta da viagem.

Por ainda não ter carteira (no Rio não se fala carta) de motorista, pude ficar mexendo no programa durante o trajeto todo e deu para tirar várias conclusões:

Em comparação com aqueles GPS dedicados, o Ovi Maps não perde em nada. A tela do aparelho é de 2,9″, o que é menor que a média dos aparelhos dedicados, que têm de 3 a 5″. Mesmo assim, a resolução de 640×360 é suficiente para garantir bastantes detalhes, sendo visível o trajeto, a velocidade, tempo e quilometragem restantes, sinal GPS, a próxima ação, botões de zoom, além dos ícones de serviços, quando existentes.


Outro fator interessante é a grande quantidade de informação sobre postos de gasolina, hotéis, restaurantes e até oficinas mecânicas, entre as diversas opções de busca, algo que normalmente está desatualizado nos aparelhos dedicados (Nas imagens acima, estava no meio da estrada onde quase não havia civilização).
Quando o sinal de GPS está ativo, ele mostra as opções mais próximas:


Clicando num dos itens, o programa inclui automaticamente como uma parada na rota atual.

Em comparação com o Google Maps e outros programas que dependem de conexão com internet, você tem a vantagem de não precisar esperar o conteúdo carregar e não precisar rezar para a sua operadora cobrir toda a área por onde você estiver passando.

A interface do Ovi Maps não é como a interface padrão da maioria dos softwares da Nokia, que é engessada com menus de rolagem seguidos de outros menus de rolagem, algo que funciona bem em aparelhos sem touchscreen, mas não é a melhor opção para o Symbian 5th Ed. Neste caso, optaram por algo mais próximo ao que vemos no iPhone e Android, onde temos menus em grid e botões estrategicamente espalhados pela tela.

Arrastando o dedo horizontalmente pela tela, o programa muda entre as diferentes visualizações da rota, sendo elas: 2D, 3D, rota completa e simplificada (sem o mapa).

Além do Ovi Maps, eu também utilizei o “Localização”, que vem instalado de fábrica. Nesse programa temos outros dados não presentes no primeiro, como a altitude, o erro máximo de medida do GPS e a relação dos satélites encontrados.

Na imagem dá para ver que o GPS Bluetooth estava conectado à 9 dos 10 satélites visíveis no momento.

Sobre a navegação em geral, não vi nenhum erro na rota ou algo fora do comum. Como o programa não tem conhecimento do trânsito nos locais por onde passa, ele somente escolhe o caminho mais rápido. A ideia não é usar o aparelho se você sabe o caminho menos engarrafado, é para quem não conhece o local poder chegar ao destino.

Utilizei o 5530 como player de música ao mesmo tempo que usava o Ovi Maps, o “Localização” e a câmera sem verificar nenhum tipo de engasgo ou falta de memória, como acontece no uso o Opera Mobile, o que mostra que o programa foi otimizado para não ser gastador.

Para os usuários de N97, 5800XM, X6 e outros, acredito que a experiência com o programa será tão boa ou melhor (por terem telas maiores) que a minha com o 5530. Vale a pena atualizar o programa e baixar os mapas.

34 comentários em “Teste de Navegação do Ovi Maps no Nokia 5530”