Ubuntu 10.04 está lançado! Já estou baixando

Depois de abandonar a versão 9.10 Karmic Koala do Ubuntu no meu notebook por ter me apaixonado pelo Windows 7, eis que a Canonical (que desenvolve o Ubuntu) me lança, aos 45 minutos do segundo tempo, a versão 10.04 do Ubuntu com uma interface lindíssima e cheia de novidades. Bom, perto daquela interface marrom, tudo é lindo. 😀

Já estou baixando a nova versão para instalar na partição vazia que sobrou do finado 9.10. Comecei a baixar pelo mirror brasileiro do Ubuntu, mas a velocidade não passava de 13kBps. Passei para o link do Bittorrent (viu, ele não serve só pra pirataria) e já consigo baixar aos 200kBps. Sugiro que usem o Bittorrent.

Tanto a versão de 32-bits quanto a de 64-bits já estão disponíveis.

O link para download do Ubuntu 10.04 é o seguinte:

http://www.ubuntu.com/getubuntu/download

Assim que eu instalar o sistema no notebook deixo minhas impressões aqui no blog. Fiquem ligados.

HP compra a Palm por 1.2 bilhões de dólares

Pondo fim a semanas de especulação sobre seu futuro, a Palm foi finalmente adquirida pela Hewlett-Packard por US$ 1.2 bilhões, conforme ambas companhias anunciaram nesta tarde.

A sobrevivência do webOS, e sua dona, tinha sido posta em dúvida nas últimas semanas. As coisas só pioraram quando a RadioShack decidiu parar de vender os dois topos de linha da Palm: o Pré e o Pixi.

Agora, ao que tudo indica, a Palm e seu sistema operacional móvel ganharam uma nova chance. Segundo o CEO Jon Rubinstein disse num comunicado, “a cultura de inovação, escala e os recursos globais da HP a tornam o parceiro ideal para acelerar rapidamente o crescimento do webOS “.

O negócio bilionário coloca a HP diretamente de volta no jogo dos smartphones (atualmente eles vendem o iPAQ com Windows Mobile), um espaço onde a Palm foi pioneira em muitos aspectos na década de 1990, mas que, desde então, foi assumido pela Apple, Microsoft, Google e pela RIM. Até mesmo a maior rival da HP no segmento de PCs, a Dell, está entrando no mercado com smartphones Android.

Particularmente, acho essa notícia muito boa. Muita gente iria ficar desapontada, inclusive eu, com o fechamento da Palm, empresa que já fez produtos espetaculares e revolucionários (como o Palm IIIe, por exemplo).

O Império Contra Ataca – Android passa IPhone em acessos nos EUA

Em termos de sites móveis o AdMob (versão do Adsense para sites mobile) é uma das melhores métricas de estatísticas de acesso.

Segundo eles, os acessos provenientes de Android ultrapassaram os acessos vindos de IPhone numa taxa impressionante.

Dentre os Androids o acesse é bem representado pelos aparelhos da HTC de Taiwan.

Full disclosure: É importante notar que a AdMob foi comprado pelo Google.

Desenvolvendo para IPhone sem Objective-C (Epílogo)

Penso que cumpri o prometido nos posts anteriores e agora você é capaz de gerar uma aplicação para o IPhone. A grande pergunta é: vale a pena?

Para responder a sua pergunta estou disponibilizando os dados de hoje de nossas seis aplicações já aprovadas na loja da Apple. Apenas duas são pagas, outras 6 são grátis.

Acho que este tipo de informação pode ser muito útil para você e como não vi em nenhum lugar dados assim o Zeletron fornece eles com exclusividade para você.

Links para as apps:

http://itunes.apple.com/app/reversi-2010/id367683973?mt=8

http://itunes.apple.com/app/desafio3x3/id366676796?mt=8

http://itunes.apple.com/app/presidentes-do-brasil/id365306438?mt=8

http://itunes.apple.com/app/orationis/id367869456?mt=8

http://itunes.apple.com/app/zeroes/id368251065?mt=8

http://itunes.apple.com/app/id366287417?mt=8

Assim, encerramos esta série de post sobre desenvolvimento para IPhone sem Objective-C.

Teste de Navegação do Ovi Maps no Nokia 5530

Como essa quarta e essa sexta foram feriados no Rio de Janeiro e a quinta é ponto facultativo para muitos, lá fui eu viajar.

Na segunda feira eu havia recebido um email da Nokia para baixar a nova versão do Ovi Maps com suporte à navegação gratuita, então resolvi testar essa funcionalidade na viagem.

O Ovi Maps pode ser baixado neste link. Para carregar os mapas para seu aparelho e, assim, não precisar de plano de dados para usar o programa, instale o Map Loader (O link para ele aparece após aceitar baixar o Ovi Maps) e escolha os mapas dos países que você precisar.

Como o Nokia 5530 que uso não tem GPS, ele não aparece listado no site da Nokia, mas baixei a versão para o 5800XM e instalei sem problemas. Foi necessário o uso de um GPS Bluetooth e dos mapas carregados no cartão de memória para poder usar o programa, já que não tenho 3G nem plano de dados.
Continuar lendo Teste de Navegação do Ovi Maps no Nokia 5530

Desenvolvendo para IPhone sem Objective-C (Parte 3/3)

Terminamos hoje nosso tutorial de desenvolvimento para IPhone sem usar Objective-C. Não vou mais pedir que você compre a App de US$ 0,99. Já me convenci de que você não fa-lo-á (curtiu a mesóclise?).

Hoje vamos ver o processo com a loja da Apple e antes de começar tenho que dar uma má notícia. Para se inscrever no Programa da Apple você precisa pagar 99 Obamas. Se você vai fazer apps boas vale a pena porque isto se paga rapidamente. Para se inscrever no programa você deve entrar em http://developer.apple.com/membercenter/ e completar o cadastro. No momento de escolher como quer se inscrever no IPhone Developer Program há duas opções Pessoa Física ou Empresa, como Pessoa Física a liberação é imediata, como empresa há bastante burocracia (agradeça ao governo Lulla) e pode demorar até 10 dias.

Continuar lendo Desenvolvendo para IPhone sem Objective-C (Parte 3/3)

Desenvolvendo para IPhone sem Objective-C (Parte 2/3)

Ok, eu já percebi que você não comprou meu app na loja da Apple, mas tudo bem, você sabe que não escrevo isto por dinheiro e que “você não precisa me ajudar a lhe ajudar”. Feita esta lamentação, voltemos ao frango. Quer dizer ao software.

Espero que ontem durante a noite você tenha feito já sua web app para o IPhone e esteja craque no uso da biblioteca jQTouch. Como não houve perguntas nos comentários, ou ninguém leu, ou não há duvidas. Vamos em frente.

Hoje veremos como transformar uma web app num aplicativo que possa ser vendido na loja da Apple. Há algumas bibliotecas que prometem fazer isto, algumas delas não respeitam as condições da loja da Apple e fazem as aplicações serem rejeitadas e outras custam muito caro. A biblioteca Phonegap tem a vantagem de ser aceita pela Apple e de ser 0800, ou seja, não vamos perder tempo falando de outras. Phonegap na cabeça!

A Phonegap, além de permitir compilar web apps em aplicativos nativos, tem uma outra vantagem bacana: permite que você use o mesmo código para criar apps para Android, Blackberry, Symbian e Windows Mobile. Tudo bem que a parte do IPhone é a mais desenvolvida, mas é um trabalho de portabilidade muito promissor.

Também a phonegap dá acesso aos componentes do sistema operacional como a agenda de telefones, o gps, o acelerômetro, o magnetômetro, etc.

Agora a má notícia. Você precisará de um Mac, não porque a Phonegap exija, mas porque, para compilar apps para o IPhone, só usando Mac. Puxa vida, dirá você, macacos me mordam, um Mac custa muito caro e agora, quem poderá me defender? Eu não vou recomendar para você que monte um Hackintosh, viu? Não monte um Hackintosh, nem procure no Google sobre isto. Compre um Mac. Mais uma coisa: não procure no Google sobre Hackintosh nem OSX86, que pirataria é coisa feia.

Eu uso um Mac Mini com o Leopard 10.5.8 e dá conta do recado, o SDK do IPhone você pode baixar, juntamente com o compilador, em http://developer.apple.com O download é bem grandinho, coisa de 3.4GB, portanto, deixe baixando à noite…

Para criar seu ambiente de desenvolvimento IPhone você vai precisar apenas da ferramenta GIT que pode ser instalada do seguinte endereço: http://git-scm.com/

A seguir, execute a seguinte sequência de comandos no terminal do Mac OS, num diretório que você irá usar para desenvolvimento:

git clone git://github.com/phonegap/phonegap-iphone.git
cd phonegap-iphone
git submodule init
git submodule update
make

Pronto, agora você deve ter neste diretório um arquivo: PhoneGapLibInstaller.pkg

Com o XCode fechado, execute o PhoneGapLibInstaller.pkg e instale-o.

Abra o XCode e, ao criar um projeto novo, você verá na parte de User Templates a opção: Phonegap.
Selecione esta opção e voilà! Criado seu projeto.

Agora, basta mover a Web App que você criou para o diretório www do projeto que está aberto em sua tela. E compilar para o simulador de IPhone e começar a brincar.

Algumas funcionalidades interessantes do Phonegap (uso de câmera, acelerômetro, gps, etc) você encontra em: http://docs.phonegap.com/

Um guia introdutório do Phonegap para caso tenha alguma dúvida pode ser visto em: http://phonegap.pbworks.com/Getting-Started

Caso você tenha outras dúvidas deixe um comentário neste post. Aliás, você já passou do nível anta na App que você comprou?

Parte 1: http://www.zeletron.com.br/2010/04/desenvolvendo-para-iphone-sem-objective-c-parte-13.html

App de Demo : http://itunes.apple.com/app/zeroes/id368251065?mt=8

Desenvolvendo para IPhone sem Objective-C (Parte 1/3)

Aplicação usada como exemplo:
http://itunes.apple.com/app/zeroes/id368251065?mt=8

Havia prometido o tutorial e finalmente chegou o dia. Vamos ver se conseguimos fazer as 3 partes em 3 dias consecutivos. Talvez, você que esperou tanto tempo esteja se perguntando porque ele demorou tanto para fazer o tutorial? Demorei porque esperei o programa que vou usar como modelo ficar aprovado na loja da Apple, o tempo de revisão é de 5 a 7 dias e hoje pela manhã ele foi publicado. Este programa que vou usar como modelo chamado Zeroes é um jogo de raciocínio que custa US$ 0.99 (você gostará tanto do tutorial que vai comprar ele, não vai?)


O caminho convencional de desenvolvimento para o IPhone é usando o compilador XCode com a linguagem Objective-C (que de C aliás tem muito pouco), este caminho não é acessível a todos os desenvolvedores e tem uma curva de aprendizado bastante lenta. O outro caminho, aprovado pela Apple, é o do desenvolvimento Web com Javascript + HTML5 + CSS3. No entanto o desenvolvimento Web não permite que o aplicativo seja vendido na loja da Apple a menos que você compile ele em um executável e este é o objetivo do tutorial.

Continuar lendo Desenvolvendo para IPhone sem Objective-C (Parte 1/3)

Kindle no iPhone/iPod Touch – 1 mês usando

O que me motivou a compra do iPod Touch 1ª geração, há um mês atrás no Mercado Livre, foi o fato de poder ler livros do Kindle sem precisar comprar um Kindle.

Eu sei que é possível ler livros do Kindle no PC, e já li algumas coisas assim, mas no iPod a leitura é muito mais agradável e prática do que na tela do PC. Primeiro porque você pode ler antes de dormir, no banheiro, no metrô, no ônibus, na fila do banco (ainda se fica em fila de banco?), na sala de espera do dentista, no barbeiro, em reunião chata, no avião, no aeroporto, aguardando o vulcão Eyjafjallajokull acabar sua festinha etc.

Outra coisa interessante de poder ler no iPod e no computador é que, se você estiver lendo o livro no computador e quiser passar a ler no iPod, basta fechar o livro no PC e abrir no iPod que ele vai abrir na página que você parou no PC (ele pergunta antes). Isso só funciona, é claro, se o PC e o iPod ou iPhone estiverem conectados.

Olha só o cadeado lá embaixo.

Outra coisa interessante é que você pode ler deitado sem que a tela vire sozinha. Quando o iPod gira, ele mostra um pequeno cadeado na parte de baixo da tela para que você escolha se quer ou não virar a tela. Se você não fizer nada, ele some alguns segundos depois. Ler livros tradicionais pesados deitado é uma coisa muito desagradável. Você precisa ficar toda hora se ajeitando para não ficar com dor nos braços. Com o Kindle no iPod/iPhone isso não acontece. A experiência é muito mais confortável. (A tela ao lado está reduzida para não ocupar muito espaço do post. Mais para frente eu coloco as telas no tamanho real)

Outra coisa interessante de ler no iPod é poder guardar anotações ou destacar partes do texto. Só sinto falta da multi tarefa do PC para poder selecionar uma palavra ou expressão e procurar no dicionário o significado dela. No iPod/iPhone você tem que fechar o Kindle e ir ao dicionário, depois fechar o dicionário e voltar a abrir o Kindle.

A leitura é muito confortável na tela do iPod. Você pode regular o tamanho da letra, mas o tamanho padrão já é o ideal para mim. Como a tela é iluminada, você pode ler no escuro sem incomodar sua esposa/marido com o abajur aceso.

Existem livros gratuitos para o Kindle, mas os livros mais interessantes são pagos. Você precisa ter um cartão de crédito internacional para comprar os livros. Eles não são mais baratos que os livros de papel (a Bia Kunze fez um excelente post nessa semana explicando os porquês desse fato), mas a facilidade de poder ler a qualquer hora e de não ter que esperar a entrega nem pagar o frete compensam.

A única desvantagem dos livros do Kindle para os livros em papel é o fato de não podermos emprestar livros para outras pessoas. Isso é uma coisa ruim. Eu costumo emprestar livros bons que eu li para outras pessoas poderem aproveitar também essa leitura. Afinal de contas, fora um livro ou outro, nós só os lemos uma vez e depois ele fica lá guardando poeira até nós o doarmos para uma biblioteca ou vendê-lo por uns trocados para um sebo. Isso não é possível no caso dos e-books. Parece que os livros do Nook da Barnes & Nobles permitem um empréstimo por mês do seu livro. Ainda não conferi isso, mas se for verdade, a Amazon está perdendo tempo em não oferecer o mesmo serviço.

Termino o post com mais screenshots (em tamanho real) do Kindle na tela do iPod.

Continuar lendo Kindle no iPhone/iPod Touch – 1 mês usando

Falha de segurança gigante no IPhone

Uso automático de Geotagging (inserção de coordenadas GPS nas suas fotos) é uma gravíssima falha de segurança que os iPhone apresenta.

Descobri por acaso da seguinte maneira:

– Tirei uma foto com o IPhone e mandei para mim mesmo por e-mai pelo próprio aparelho.

– Como queria saber as propriedades da câmera que tirou a foto (abertura, tempo de exposição), cliquei no arquivo com o botão da direita, selecionei propriedades e escolhi a aba detalhes.

– Qual não foi a minha surpresa ao ver ali as coordenadas GPS do local em que estava.

Tudo bem, e daí pode pensar o leitor agora. Se você não apreciou ainda a gravidade da situação vou dar um exemplo bem bobinho:

Você acabou de comprar seu IPhone novo e vai tirar a primeira foto, ele pergunta se pode usar o GPS,  você todo empolgado com seu novo brinquedinho diz que sim, note que nunca mais ele vai perguntar isto de novo para você. Ainda animado com seu novo celular você tira uma foto da sua casa e coloca no seu blog para mostrar como é legal a camera do iPhone.

A partir deste momento qualquer pessoa esperta vai conseguir saber exatamente onde é a sua casa, e que você tem um iPhone, e acho que você concorda comigo que isto não é legal.

Acho que você consegue pensar em exemplos mais trágicos do mau uso desta funcionalidade … Portanto cuidado!

Più Smart con Vodafone – Dominós de Smartphone

Quem é que nunca jogou The Incredible Machine? (Quem ainda não conhece, precisa conhecer esse jogo!)

A Vodafone da Itália fez um vídeo com a mesma idéia do jogo, onde os Smartphones eram peças de dominó, para a campanha Più Smart con Vodafone. Assistam abaixo. Vale os 1:47 minutos.

Tenha uma HP 48 GX no seu iPod/iPhone

Você que é engenheiro ou estudante de engenharia, tem um iPod Touch ou um iPhone e não está querendo gastar grana com uma calculadora HP 48 GX já pode uma dessas no seu aparelho de graça. O programa i48 for iPhone é um emulador de HP 48GX perfeito. Vejam os screenshots que eu tirei no meu iPod Touch 1ª Geração.

Para baixar grátis, clique aqui: http://itunes.apple.com/br/app/i48/id329454950?mt=8

Mais screenshots depois do break. 🙂

Continuar lendo Tenha uma HP 48 GX no seu iPod/iPhone