Blackberry Developer Day

Está acontecendo hoje aqui em São Paulo, o Blackberry Developer Day. Como a Netfilter está desenvolvendo aplicações de filtro para dispositivos móveis, fui convidado a participar do evento. (Aliás, se você ainda não conhece a Netfilter, dê uma olhada em www.netfilter.com.br)

Em geral, o que se pode dizer da RIM, é que seus aparelhos Blackberry não são brinquedos, mas robustas ferramentas de trabalho. E eles estão investindo pesado em desenvolvedores, como diria meu amigo Steve Balmer. O evento de hoje é uma prova disto (O vídeo abaixo é puramente ilustrativo):

Baseado no IDE gratuito do Eclipse ou no Visual Studio da Microsoft, o desenvolvimento para Blackberry apesar, de ser baseado em Java, tenta ser bem acessível aos programadores.

Sua interface não é bonita como a do iPhone, variada, em termos de dispositivos, como a da Nokia, integrada em Cloud Computing como a do Android, mas é, definitivamente, a melhor solução para o mercado corporativo. A quantidade de soluções para ERP, BI e bases de dados corporativas é enorme.

A RIM pode ser chamada de empresa de um produto só, no entanto é um produto robusto e eficiente para executivos.

Para os preocupados com a segurança há várias funcionalidades interessantes como a capacidade de instalar, editar e remover remotamente aplicações, dados e arquivos. Para empresas isso pode ser útil para controlar o celular corporativo.

Deixo abaixo algumas fotos do evento (desculpem as fotos tremidas):

Comments on this entry are closed.

  • Pedro Paulo

    sortearam 6 blackberries. obviamente não ganhei. nunca ganho nada em sorteio.

  • Pedro Paulo. Eu tive um blackberry nas minhas mãos essa semana por uma manhã. Não achei lá essas coisas não, ou talvez não tenha sabido extrair todo o potencial desse mobile. A propósito, tenho um E-71.

  • Pedro Paulo Jr

    O E71 é o melhor celular já feito. O Blackberry é inferior como celular, mas penso que como plataforma corporativa é atraente