O que aconteceu com o blog NokiaBR

Escrevo esse post para explicar aos leitores e colaboradores o que houve com o blog NokiaBR, que foi fechado em 05/01/2010.

Como muitos de vocês repararam, o blog NokiaBR saiu do ar desde o dia 05/01/2010, dia em que recebi uma notificação extrajudicial do escritório de advocacia responsável por defender as marcas da Nokia.

A notificação exigia, dentre outras coisas, que eu cancelasse imediatamente o domínio do blog. Ora, o simples fato de cancelar um domínio sem poder nem apontar para outro lugar, ainda que temporariamente, enterra qualquer site ou blog. E, infelizmente, assim foi feito no mesmo dia da notificação.

É justo que o escritório responsável pela defesa das marcas de sua cliente esteja preocupado em defendê-la e assim o faça, mas a maneira como a notificação foi feita me surpreendeu.

O blog sempre foi do conhecimento da Nokia, que desde o início se manifestou favorável e viu com bons olhos a iniciativa, enviando aparelhos para testar, promovendo viagens, eventos e fornecendo releases de imprensa para serem publicados.

Acredito que o cancelamento do domínio do blog NokiaBR tenha prejudicado mais à Nokia do que defendido sua marca. Aproximadamente 3.000 pessoas tinham, diariamente, uma visão extremamente positiva a respeito dos aparelhos e serviços da Nokia.

Lamento muito ter que terminar prematuramente esse blog, que completaria três anos no próximo mês, porque gastei milhares de horas escrevendo posts, respondendo comentários e atendendo pessoas e tinha intenção de continuar esse trabalho ainda por um bom tempo. Repito, eu sempre tive as melhores intenções ao fazer o blog NokiaBR. Nunca tive intenção de concorrer ou prejudicar a Nokia de forma alguma, muito pelo contrário.

Como eu não tenho o tamanho proporcional ao da Nokia para encarar um processo dessa magnitude e como o meu único interesse era contribuir com os usuários e fãs da Nokia, resolvi acolher às solicitações da notificação e cancelei o domínio no Nic.br. Não quero mais problemas do que os que eu já tenho, assim como não quero criar problemas para ninguém.

De qualquer forma, vou encontrar uma solução técnica para voltar a colocar no ar o conteúdo dos posts aqui no Zeletron. Além do mais, o conteúdo em si não era o problema e não foi nem mencionado na notificação.

Para não me alongar mais com o assunto, gostaria de agradecer às pessoas da Nokia que me apoiaram desde o início até hoje, de forma especial neste episódio final. O bom trabalho não parará por aqui e continuo contando com o apoio de vocês para fazer do Zeletron um sucesso.

Agradeço especialmente também aos leitores e colaboradores que tanta força me deram nesses 3 anos.

Muito Obrigado.

José Antonio Oliveira.

P.S.: Como sei que muita gente ficará contrariada com o término do blog NokiaBR, os comentários serão moderados. Comentários que eu achar ofensivos ou exaltados demais não serão aprovados.

P.S.: Não se esqueçam de atualizar o RSS para o do Zeletron e, se puderem, avisem aos amigos sobre essa mudança.

Placa nVidia superaquece no meu Dell vostro 1310

Comprei meu vostro 1310 em setembro de 2008, equipado com uma nVidia 8400M GS justamente porque precisava de uma GPU decente no notebook. A necessidade principal de uma GPU era a manipulação de grandes imagens, execução de alguns programas baseados em CUDA e programas gráficos como o Inkscape e o GIMP.

Raramente jogo alguma coisa, mas existem dois jogos que gosto bastante, o Audiosurf e o Trackmania. Esses dois realmente são bem bacanas e puxam um pouco a GPU.

No final de setembro de 2009, meu notebook começou a apresentar um defeito. Travava esporadicamente e a imagem ia se dissolvendo em barras verticais. Em outubro de 2009 começou a ficar impossível de trabalhar no notebook porque ele travava umas três ou quatro vezes por dia até que não ligava mais.

Já fora da garantia, resolvi buscar na internet casos semelhantes ao meu e encontrei vários. Muitos! Em todos esses casos o vilão da história era o superaquecimento da GPU nVidia. Em foruns norte-americanos, todos os consumidores diziam ter recebido uma placa mãe nova e vários deles haviam ganhado uma extensão de garantia por mais um ano.

Um pouco mais animado telefonei para a Dell e fui infomado que não estava mais em garantia. Devolvi o problema para eles dizendo que a Dell dos EUA estava trocando as placas defeituosas sem custo nenhum para os consumidores. A atendente me pediu para aguardar enquanto ela confirmava essa informação. Demorou um século para retornar, mas retornou dizendo que iria trocar a placa mesmo fora da garantia porque esse problema da GPU era um problema de fabricação realmente. (Mais um ponto para a Dell!)

Dois dias depois eu estava com o notebook com a placa mãe trocada por uma novinha (aparentemente).

Achei que o problema estava solucionado, mas no final de dezembro (menos de 3 meses depois da troca da placa mãe) o problema do travamento começou a aparecer novamente.

Hoje instalei um widget do Windows que mede a temperatura da GPU do computador. Quando não estou com nenhum jogo ou programa de edição de imagens (GIMP, no meu caso) aberto a temperatura da GPU é de 64°C. Agora vejam a que temperatura ela chega com apenas 5 minutos de Trackmania rodando em uma janela.

Quando chegou a 93°C eu tirei esse screenshot e fechei o programa.
Quando chegou a 93°C eu tirei esse screenshot e fechei o programa.

Isso, mesmo, a GPU da nVidia estava a absurdos 93°C enquanto cada um dos dois núcleos da CPU estava a 45°C. Fechei o Trackmania assim que tirei esse printscreen e não abro esses jogos tão cedo.

Além de banir os jogos do notebook, outra coisa que eu fiz foi desativar o Aero do Windows (todas aquelas transparêcias), o que reduziu a temperatura padrão de 64°C para uns 59°C (sem ar-condicionado ligado). Parece pouco, mas 5°C de diferença podem significar mais algum tempo de vida do notebook.

Eu acredito que a Dell precise trocar também o cooler e o dissipador de calor do notebook porque eles não foram trocados junto com a placa mãe (não sei porque não trocaram) e parece que eles são os verdadeiros vilões dessa história. Já vi em alguns foruns que existe uma distância entre o dissipador e a GPU e eles acabam não se tocando para trocar calor. Vou dar uma pesquisada melhor no assunto para ver o que descubro.

E você que tem um Dell com placa nVidia, já experimentou medir a temperatura da sua GPU? Espero que não tenha as mesmas surpresas do que eu.