[Breaking News] – Quebrada a criptografia do GSM

Como se sabe no regime policial que foi instalado no Brasil, não de direito, mas de fato, as chamadas telefônicas nem sempre tem a garantia da confidêncialidade.

No entanto, ao contrário do que muita gente acredita, esta confidêncialidade é quebrada tento acesso físico a circuitos dentro da operadora e não interceptando sua comunicação com a torre de celular.

Desde a criação do GSM toda a comunicação entre o terminal (aparelho celular) e a estação rádio base (ERB) é totalmente criptografado.

Ontem no CCC (Chaos Comunication Congress) o pesquisador de segurança alemão, vulgo hacker, Karsten Nohl, afirmou ter um algoritmo para quebrar a criptografia GSM e que ia distribuir a partir de hoje o próprio.

Portanto ao que tudo indica além de sermos espionados pela ABIN, Polícia Federal e sus muchachos, agora podemos ser escutados por outros bandidos, pelo detetive contratado pela sogra, pelos concorrentes, etc.

O 3G é imune ao ataque, portanto quando quiser privacidade na sua chamada, mude seu aparelho Nokia para UMTS no menu Ferramentas -> Configurações -> Telefone -> Rede -> Modo de Rede

10 comentários sobre “[Breaking News] – Quebrada a criptografia do GSM”

  1. Mas vem cá, é preciso um aparelho pra “sniffar” o sinal, certo ? Ou existe algum sim card mágico mais telefone chuck norris que façam isso ?

  2. Li por aí que é preciso 30k dólares em hardware. Relativamente barato pra ouvir conversas de armações/tramoias do Senado/Câmara. Ou para provar que o Lula sabia de alguma coisa sim.

  3. Falando da quebra de criptografia, acho que se este fato se comprovar as empresas vão investir um pouco mais na rede 3G ou até criar outro tipo de bloqueio no GSM.
    Do ponto de vista policial, não me lembro de nenhum inocente ter tido seu sigilo quebrado. Alias, tem muito “culpado” que ainda não foi investigado.

  4. A coisa nao é bem assim. No CCC falaram que iam soltar um guia de codigos para desencriptaçao – 2tb de dados.
    Ele serveria pra diminuir o tempo de quebra da encriptaçao do GSM (que já era possivel) de semanas para horas.
    E ele diz respeito ao padrao A5/1 que usa chaves de 64bits e é usado desde 1988. O padrao A5/3 com chaves de 128bits já existe e vai substituir o antigo.

  5. Aqui no Brasil só tem arapongas (menos no crime organizado, lá eles tem pessoal treinado e equipamento de primeira, incluindo armamentos), fiquem despreocupados que quando o pessoal daqui conseguir descriptografar esses dados, já estaremos usando 5G.

Os comentários estão fechados.