Review do 5530 – Parte 1

Texto escrito pelo João Bernardo (vulgo @jbvsmo):

Na sexta-feira à noite, meu irmão José Antonio me convenceu a comprar o Nokia 5530 XpressMusic, um Symbian S60 5th edition com tela de toque e sem teclado físico.

img1

Como as pessoas devem saber, o 5530 é a miniatura do 5800, mas capado em alguns recursos. Não tem GPS, não tem 3G, só tem um led (flash) na câmera e vem com cartão de memória de 4GB.

A tela de 2,9″ dele tem a mesma resolução de 640×360 pixels do 5800, que tem uma tela de 3,2″. No browser as letras ficam meio pequenas, mas no geral, dá pra usar perfeitamente, mesmo se sua visão não for das melhores.

img4

O aparelho em si, é bem bonito e leve. Tem a famosa rolagem cinética em alguns lugares (contatos, por exemplo) e também gira a tela bem rapidamente quando o aparelho é virado para a esquerda (Se usar deitado pode acontecer da tela ficar girando toda hora).

img2

img3

Como a Vivo personalizou o aparelho, ele veio com 10 músicas do Skank, inclusive aquela super chata que tem sido tocada sem parar nos últimos meses no Rio de Janeiro. Eu troquei o meu cartão de 8GB do N800 (que tem mais um cartão de 16GB) por esse de 4GB que veio no aparelho e agora posso encher de músicas que eu gosto, já que essa funcionalidade é a principal do aparelho.

Ele vem com dois alto-falantes estéreos na frente e o som é bom e até bem alto. O aparelho chega a tremer um pouco com o som no máximo (não sei se isso é bom ou ruim… 🙂 ).

Os fones de ouvido vêm com aquelas borrachinhas que os prendem dentro do ouvido. Eu acho isso bem desconfortável, mas isso faz com que o som vá direto para seus tímpanos. Com isso eles fazem fones de menos potência ou que te deixam surdo mais cedo. Pelo menos gostei bastante da qualidade do som nos fones também.

O que eu menos gostei foi da câmera de 3.2MPx em ambientes internos. A imagem fica bem granulada, já que o flash ilumina bem até uns 50 centímetros. Fotos em macro ficam legais. Depois tento fazer um comparativo entre as imagens do 5530 e as do 5800 nas mesmas condições. Acho que o irmão mais velho ganha.

img7
Foto com macro e Flash.

Sobre o fato do aparelho não ter 3G, isso não é problema para mim que não tenho plano de dados e uso Wi-Fi, mas para outras pessoas esse pode ser o fator para não comprar o aparelho.

A reprodução de vídeo no aparelho ocorreu sem engasgos nos vídeos que testei, mas percebi que ele estica a imagem para caber na tela em alguns vídeos. Talvez seja por causa do formato.

Uma coisa engraçada é que, se o cabo USB que veio com o aparelho fosse 5cm mais curto, ele não existiria. Ainda bem que tenho Bluetooth no meu computador.

img8

Por fim, uma comparação de tamanho com o enorme N800 e meu antigo celular S40, o Nokia 3555. Dá para ver como esse 5530 XpressMusic é bem compacto.

img5
img6

Vou continuar testando e depois escrevo uma parte 2 desse review.

16 comentários em “Review do 5530 – Parte 1”