Usando Internet Móvel na Itália – Fail!

Depois de ter tido uma boa impressão do sistema de telecomunicações da Inglaterra, fui apresentado ao sistema italiano.

Pois bem, quem reclama da qualidade das nossas operadoras de celular e dos preços absurdos cobrados por elas, vai ficar feliz em saber que na Europa existe um mundo muito pior chamado Itália.

Minha experiência foi a seguinte:

Entrei numa loja da 3 da Itália para comprar dois SIM Cards para usar Internet. Depois de meia hora tentando explicar para a alface da atendente que meu celular iria funcionar com a operadora deles, ela me diz que não era possível usar a Internet com chip pré-pago, o que eu achava muito difícil. De qualquer forma, já estava chateado de ficar tanto tempo numa loja que desisti de discutir com ela e fui para a loja da Wind que ficava do outro lado da rua.

Chegando lá, fui recebido por um sujeito que me atendeu o tempo inteiro com a cara fechada, com uma mão na cintura e olhando para cima. Parecia que estava me fazendo um favor.

Depois de me pedir o passaporte, tirar cópia, jogar o chip em cima do balcão e me mandar assinar o contrato, ele me diz que o chip demorava 24h para ser ativado e que, naquele plano pré-pago, a Internet custava €1,00 por 15 minutos. Se eu quisesse aderir a algum plano de internet, deveria ligar para um número, quando o chip fosse ativado. Além disso, o chip custava €15,00 mas só dava €5,00 de crédito.

Vejam bem, a maneira padrão de tarifação da Internet é por tempo! Fiquei pensando, será que voltamos aos tempos dos provedores de Internet discada?

Depois de tanta grosseria, comprei só um SIM Card e fui-me embora da loja.

Passadas 12h (tempo record), recebi uma mensagem informando que meu chip havia sido ativado com sucesso. Usei um pouco a Internet e logo fiquei sem créditos. Só conseguiria comprar crédito novamente no dia seguinte pela manhã.

Na manhã seguinte, sem muita paciência, comprei €15,00 de crédito na tabacaria que ficava próxima ao hotel. Coloquei os créditos no celular e liguei para o tal número automático para aderir a um plano melhor.

O problema é que o telefone é hiper confuso (culpa minha, já que não sei muita nada de italiano falado rápido) e acabei comprando o plano ilimitado que custava €20,00. Fiquei com créditos negativos! Pior, os planos também demoram 24h para serem ativados! Só falam isso no final da gravação.

Com muita, mas muita raiva, vi que meus créditos foram comidos e que estava com créditos negativos e sem o plano ativado.

Resumo da ópera, no último dia em Roma recebi um SMS informando que eu não poderia ter comprado o plano ilimitado e que ele não havia sido ativado. Agora, me perguntem se eles devolveram os €15,00 em créditos que tomaram quando eu contratei o plano? Claro que não!

Roma foi, na minha opinião, uma das cidades mais bonitas e interessantes da viagem, mas o sistema de telecomunicações dele está mil vezes pior do que o nosso, que já não é lá essas coisas.

6 comentários em “Usando Internet Móvel na Itália – Fail!”