Um pequeno review do teclado bluetooth Nokia

Cá estou eu aqui no aeroporto Tom Jobim (Galeão) aguardando abrirem o check-in do meu vôo para BsAs.

Como são duas horas da madrugada e eu já passei da idade de ficar passando trotes de madrugada para as pessoas, resolvi testar o N82 + Teclado Bluetooth e escrever um pouco no blog.

Não é das coisas mais confortáveis do mundo escrever com teclado bluetooth, mas quebra um tremendo galho quando você está sem um computador por perto.

As primeiras linhas saíram com mais dificuldades, mas, com o tempo, a taxa de acerto ficou bem maior e o post vai fluindo melhor.

Em comparação com o teclado bluetooth iGo que eu tenho, esse teclado da Nokia funciona bem mais facilmente e de maneira mais intuitiva.

Em primeiro lugar, existem teclas dedicadas para os celulares S60, como as teclas de função direita e esquerda, as teclas de navegação e os botões de menu e e-mail.

Depois, o programa que faz o papel de driver de teclado já vem instalado em vários modelos, e, nos que não vêm, é possível baixar diretamente do aplicativo Download!.

As teclas desse modelo da Nokia são um pouco mais apertadas que as do iGo Stowaway, mas ele é mais fácil de usar porque só tem uma tecla de função, que, combinada com o shift, dá acesso a todos os caracteres do teclado. Já o Stoaway tem duas teclas de função, Azul e verde, que, na minha opinião, confundem um pouco na hora de digitar.

Outro ponto positivo do teclado é o fato de ter um botão de ligar/desliga e três LEDs para indicar quando o Fn está travado.

Um ponto negativo é não ter um LED para indicar quando o CapsLock está ativo.

O sistema de dobra desse teclado funciona com duas engrenagens plásticas no meio do teclado. Se ele não estiver apoiado num plano, não fica muito firme, e parece que força o mecanismo de dobra.

O quesito acentos é idêntico a um teclado US-International. Nada de ficar fazendo malabarismos para escrever um til ou um acento. Só o trema (que desde ontem não existe mais na língua de Camões) é feito com as aspas, o que não é muito intuitivo.

Como o editor do blogger não é lá essas coisas no celular, vou ficar devendo uma foto do teclado. Quando eu estiver de volta faço um álbum de fotos do teclado para vocês.

A propósito, escrever no N82 é mil vezes melhor do que escrever no E51. Primeiro porque a tela é bem maior, segundo porque, com a rotação automática da tela, é muito melhor escrever com o celular na horizontal.

Como eu sou mono tarefa, tive que desligar a música, senão não conseguia me concentrar no texto que eu estava escrevendo.

14 comentários em “Um pequeno review do teclado bluetooth Nokia”