Revisão do 6555

Depois de todo esse tempo usando o celular, só hoje consegui escrever a revisão do 6555 por causa dos diversos problemas de computador e internet que tive nos últimos dias.

Agora de noite tive a Internet de volta da Sibéria e posso começar a colocar em dia as postagens e os mais de 350 feeds que ficaram por ler. Espero que em breve o Google Reader tenha uma versão para celulares, porque quando acontece esse tipo de coisa, deixo acumular todos os feeds.

Mas vamos ao que interessa. O novo Nokia 6555, um celular GSM Quad Band (GSM 850MHz, 900MHz, 1800MHz e 1900MHz) e 3G Dual Band (WCDMA 850MHz e 2100MHz).

Não foi à toa que eu escolhi esse aparelho. O motivo principal da escolha foi a possibilidade de acesso 3G em toda a rede nacional da TIM (850MHz e 2100MHz). Além disso, o desenho do aparelho e a quantidade de funcionalidades embutidas nele me chamaram a atenção, mesmo ele sendo um aparelho S40.

Além disso, o preço dele não é nada ruim, para um celular 3G Dual Band. Comprando o aparelho avulso ele custa entre R$550,00 e R$650,00 no mercado. O meu custou R$ 550,00 na Fastshop depois de uma pechinchada padrão com o vendedor. Acredito que se ele for associado a um plano de uma operadora, esse valor caia pela metade, o que não é nada mau. Na verdade ele parece que é mais caro do que realmente custa.

Para as pessoas que não gostam de aparelhos pequenos porque o microfone fica colado no rosto, esse celular é perfeito. Fechado ele fica do tamanho do E65 e aberto vai da orelha até a boca sem nenhuma dificuldade, facilitando a conversação.

A câmera do celular fica na parte de cima do flip e tira fotos com 1.3MPixels (nada impressionante), mas quebra uns galhos de vez em quando. Na luz do dia tira fotos razoáveis e sob iluminação artificial faz fotos impressionistas, hehehehe, mesmo com o modo noturno ativado. Seguem abaixo umas fotos que mostram o que eu estou dizendo.

No caso dessas fotos, a iluminação estava bem razoável, mas mesmo assim, sem o modo noturno a foto ficou horrível.



De qualquer forma, o forte desse celular não é a câmera, mas, como eu disse ela serve para quebrar um galho numa emergência.

Outro ponto fraco do aparelho é o compartimento para microSD card que fica embaixo da bateria e te obriga desligar o celular para trocar o cartão. Sinceramente eu acho que não custava nada colocar um buraco na carcaça, como foi feito nos outros celulares que eu conheço.

Esses são os únicos pontos fracos que eu reparei no 6555 até agora. Fora isso, ele tem vários pontos positivos.

O primeiro é o som Stereo com fone de ouvido também stereo. Ouvir MP3 com ele é muuuuito melhor do que ouvir com o E65. Além disso, o viva voz é excelente, bem melhor do que o do meu falecido E50 que era o campeão na minha opinião.

Outra vantagem dele para mim é a bateria que ele usa, a famosíssima BL-5C, a mesma do 1100 e de muitos outros aparelhos. Com isso tenho várias peças de reposição aqui em casa, e, se deixá-las todas carregadas, posso ficar mais de uma semana sem me preocupar com alimentação do 6555.

A duração da bateria não é ruim. Ela dura normalmente comigo três dias falando bastante, enquanto a do E65 dura dois. Levem em consideração que o 6555 é o celular que eu mais uso para fazer e receber chamadas, enquanto o E65 serve principalmente para navegar via WiFi e EDGE e guardar minhas informações de agenda e outras coisas que um Smartphone sabe fazer bem.

A interface gráfica dele já está na atualizadíssima S40 5th Edition, com ícones animados e espera ativa (isso mesmo, muito parecida com a dos S60 novos). Outro ponto a favor dele é o reconhecimento de voz para discar que acerta tanto quanto o do E65 e ainda dá alternativas para aumentar os acertos ou discar para pessoas com mais de um número na agenda. Achei muito legal essa opção.

O display interno tem uma resolução de 240×320 pixels com 16 milhões de cores (24 bits). O externo tem 128×160 pixels com 262 mil cores (18 bits). Com isso tudo fica bastante nítido em ambos displays.

Coloquei no meu Ovi uma série de fotos do 6555 e comparações dele com o E65, E61, E62 e 1100. Vale a pena dar uma olhada. Relembro o endereço do meu Ovi Share:

http://www.twango.com/channel/javsmo.E65

Por hoje chega de falar do 6555. Estou gostando muito do aparelho e acho que ele casa muito bem com o E65 na tarefa de celular para voz enquanto o outro é usado para navegar.

Ele não vem com cabo de dados (micro USB), mas nada que USD 8.00 não resolvam no eBay com frete e tudo. Minha esposa me deu de presente um invisible Shield para ele. Assim que chegar mostro como ficou o bicho.

15 comentários em “Revisão do 6555”