Nokia E65 – Primeiras impressões

Depois de usar por quase um mês o E65, já tenho material suficiente para fazer uma revisão do celular quase completa.

O modelo não é muito novo, mas também não é dos mais velhos. Foi lançado pela Nokia em Fevereiro de 2007 e aqui no Brasil só começou a ser oficialmente vendido no meio do segundo semestre pela Vivo e pela Oi. Depois outras operadoras passaram a vendê-lo.

Ele possui um hardware muito parecido com o E61, mesma CPU (Dual ARM9 220MHz), WLAN 802.11 b/g, WCDMA 2100 e 64MB de SDRAM. Só não tem o mesmo telão e o teclado QWERTY, é um aparelho com slider vertical e teclado numérico.

Uma coisa interessante nele é a tecla configurável, que você pode associar com qualquer aplicação, como as duas teclas superiores de seleção. Além disso, não tem o tão odiado joystick do E60, E61 e E62. Ele possui uma tecla de navegação com 5 direções com a borda cromada, como o E61i. Outras três teclas interessantes são as teclas exclusivas para contatos, conferência e mudo, bem no painel frontal do aparelho.





Como um bom aparelho da série E, a câmera não é o forte desse celular, mas isso não é ponto forte de nenhum aparelho voltado ao público corporativo. De qualquer forma, a câmera consegue algumas fotos excelentes com iluminação natural e razoáveis com iluminação artificial.

Fiz um álbum no flickr sobre isso (como vocês podem conferir aqui), mas seguem abaixo algumas fotos de exemplo:





A bateria que veio no aparelho é uma BL-5F de 1100 mAh que dura, com bastante uso, pelo menos dois dias e meio. Com o uso normal, ela dura uns três dias ou um pouco mais.

A rede sem fios do celular é, pelo que eu reparei, muito mais sensível e estável que a do E61. Em alguns lugares da minha casa onde o sinal do meu pobre roteador WiFi não faz nem cócegas no E61, ele funcionou normalmente. Não sei explicar, mas é fato, como os screenshots mostram abaixo. Fiz o teste no mesmo lugar com os dois celulares.


Estou bastante satisfeito com o celular e, se ninguém me roubar, estou bem servido de smartphone por um bom tempo com a dupla E61 e E65. Espero conseguir consertar o E61 para poder usar GPRS e EDGE nele também. Vamos torcer.

Atualização: Fiz um videozinho mudo do E65 para mostrar algumas funções. Não ficou com foco, apesar de todos os meus esforços. De qualquer forma, dá para se ter uma idéia.

4 comentários em “Nokia E65 – Primeiras impressões”